Croácia bate Brasil com show de Bogdanovic e complica situação canarinha no basquete masculino

Ala-armador croata marca 33 pontos e é essencial no triunfo da sua seleção

Croácia bate Brasil com show de Bogdanovic e complica situação canarinha no basquete masculino
Foto: Mark Ralston/AFP/Getty Images
Brasil
76 80
Croácia

Nesta quinta-feira (11), Brasil Croácia fizeram sua terceira partida pelo basquete masculino nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Em um jogo decidido no fim, os croatas levaram a melhor com grande atuação do ala-armador Bojan Bogdanovic, que terminou a partida com 33 pontos e garantiu a segunda vitória croata no torneio.

A situação brasileira complicou um pouco, tendo em vista que precisa vencer Argentina, adversário do próximo sábado (13), e Nigéria para não passar em quarto e encarar precocemente os Estados Unidos. A Croácia encara a Nigéria e deve confirmar a classificação.

Bolas de fora colocam croatas em boa vantagem

O primeiro quarto foi bem igual na Arena Carioca 1. O Brasil começou com tudo, impondo uma grande intensidade na defesa e conseguindo contra-atacar muito bem. A Croácia tinha dificuldade para jogar na tábua, mas no perímetro os croatas levaram muita vantagem sobre os brasileiros, trabalhando e girando muito bem a bola no ataque e achando seus jogadores para os arremessos de três. Após 10 minutos, jogo bem parelho: 19 a 17.

O grande fator do primeiro tempo veio no segundo quarto. O Brasil se perdeu defensivamente, enquanto os croatas, liderados pelo talentoso Bojan Bogdanovic, começaram a abrir vantagem, principalmente por conta das bolas de 3. Além disso, o Brasil errou demais no ataque, com turnovers infantis e não conseguindo furar a boa marcação adversária. Jogando melhor, os croatas venceram o segundo quarto por 22 a 14 e foram para o intervalo na frente: 41 a 31.

Brasil reage, luta, mas Croácia leva a melhor

Altos e baixos. Assim foi o resumo do terceiro quarto no Rio de Janeiro. O Brasil voltou muito bem, com bastante intensidade no ataque e marcando bem melhor, tanto que conseguiu baixar a diferença para quatro pontos até. Porém, a Croácia entrou no jogo mais uma vez e conseguiu controlar a vantagem usando os erros brasileiros, que voltaram a aparecer mais uma vez. A seleção brasileira ainda venceu o terceiro quarto por 19 a 18, porém os croatas seguiram na frente por nove pontos: 59 a 50.

O último quarto foi sensacional. Mais uma vez a seleção brasileira voltou voando à quadra, mais até que no terceiro quarto. Mas o grande diferencial veio no final do jogo, com Bogdanovic liderando os croatas e acertando tudo, além da falta de regularidade brasileira nos arremessos. Brasil lutou como sempre, mas não deu e os croatas saíram vencedores por 80 a 76.