Goalball: Brasil goleia Argélia e garante vaga nas quartas

Seleção masculina brasileira de goalball goleia a Argélia por 12 a 2 e avança às quartas

Goalball: Brasil goleia Argélia e garante vaga nas quartas
(Foto: Pedro Henrique/ Vavel Brasil)

Favorita ao ouro, a seleção masculina brasileira de goalball garantiu diante da Argélia, na manhã deste domingo (11), na Arena do Futuro, sua vaga às quartas de final do torneio paralímpico. Em mais uma partida de muitos gols, onde os brasileiros tiveram domínio e controle do jogo a todo instante, o Brasil fez 12 a 2 aos cinco minutos da etapa final e se aproveitou da regra de dez gols de diferença para pôr fim à partida antes do final do tempo regulamentar. O triunfo contabilizou a terceira vitória brasileira na compatição, onde na estreia venceu a Suécia por 9 a 6 e depois passou fácil pelo Canadá por 11 a 3. 

A primeira etapa da partida foi inteiramente dominada pelo Brasil. Com três minutos, a seleção já vencia a Argélia por 3 a 0, com dois gols de Leomam e um de Romário. Sem passar por dificuldades, a seleção abria vantagem com tranquilidade praticamente a cada três ataques. Com isso, o goleador Leomam pôde marcar mais três vezes, abrindo 6 a 0 com apenas cinco minutos de jogo. A seleção da Argélia diminuiu Mohamed Mokrane. No entanto, pouco pôde comemorar. Logo em seguida, Romário fez 7 a 1. Sem força de reação, os africanos tomaram mais um gol do brasileiro Romário, em lançammento da marca de nove metros. Faltando cinco minutos para o fim do primeiro tempo Mokrane anotou mais um: 8 a 2. Mas, de pênalti, Leomam fez 9 a 2 e o Brasil levou ao vestiário a ampla vantagem de sete gols de diferença. 

No segundo tempo, o domínio brasileiro seguiu, e o Brasil logo fez um gol com Alexsander e mais um, em seguida, com Josemarcio: 11 a 2. Com apenas cinco minutos da etapa derradeira, Josemarcio ampliou para 12 a 2, colocando fim ao jogo, pelo critério de dez gols de diferença. A seleção brasileira ainda tem mais uma partida válida pela fase de grupos na terça-feira, às 10h15, diante da Alemanha, onde briga para avançar em primeiro lugar. As quartas de final estão marcadas para quarta-feira (14).

A seleção brasileira é uma das favoritas ao ouro no Rio de Janeiro. A equipe foi prata em Londres 2012 e em seguida conquistou dois títulos. Foi campeã mundial em 2014 e no ano passado foi ouro no Parapan de Toronto, no Canadá. A Paralimpíada é disputada por dez equipes, com dois grupos de cinco em cada um. A primeira fase da modalidade exclusivamente paralímpica se encerra na próxima terça-feira (13). Os quatro melhores de cada chave avançam às quartas de final.

Um pouco sobre o goalball

O goalball foi criado em 1946 pelo austríaco Hans Lorenzen e pelo alemão Sepp Reindl. A ideia era ajudar na reabilitação de combatentes da Segunda Guerra Mundial que perderam a visão. Com estreia nos jogos de 1975, em Toronto, no Canadá, o goalball é uma modalidade exclusivamente paralímpica. A disputa acontece com duas equipes com três times cada. As linhas da quadra são táteis, para que os jogadores se localizem. Em cada extremidade há um gol gigante, de 9m. Os atletas lançam a bola, que contém um guizo, e tentam marcar o maior número de gols possível.