Globo fecha contrato com a Warner

Parceria entre rede Globo e o estúdio Warner

Globo fecha contrato com a Warner
Warner e Globo juntas (foto:edição/Vavel)

Recentemente, a emissora Globo formou uma parceria prioritária na compra de séries, longa-metragens e animações produzidas pelo estúdio Warner. O canal definitivamente irá se beneficiar com essa parceria, tendo firmado contrato com os maiores estúdios de televisão e cinema americanos, pois possui a sua disposição produções da Columbia, Paramount, MGM, Walt Disney, DreamWorks, Sony e Fox.
Atualmente diversas séries da Warner são transmitidas no SBT como “Two and a Half Men” (Dois Homens e Meio), “The Big Bang Theory” (Big Bang: a Teoria), “Mike & Molly” (Mike e Molly), “The Following”, “Major Crimes” (Crimes Graves), "The Middle" (Uma Família Perdida no Meio do Nada), “Dallas”, “The Vampire Diaries” (Diários de Um Vampiro) e “Revolution” (Revolução). É possível que grande parte dos telespectadores estejam se questionando se os produtos da Warner irão deixar de serem exibidos no SBT. Ainda não há uma resposta definitiva, mas a possibilidade existe. A Emissora poderá dar continuidade a exibição destas séries até que o seu contrato com o estúdio se dê por encerrado, já a Globo poderá transmitir tanto as temporadas anteriores como as inéditas na TV aberta, contanto que o SBT não possua mais os direitos sobre elas. Vale destacar que a escolha da Globo sobre a programação terá maior relevância. Ou seja, as produções poderão ser adquiridas por outras emissoras caso a rede global não possua interesse em determinados filmes e séries. 
A Globo já possuía os direitos para exibir os produtos televisivos e cinematográficos da Marvel Studios, agora os projetos do estúdio rival Warner/DC também farão parte de seu catálogo. Contudo, é possível que as animações, praticamente extintas da programação do canal, continuem não sendo de interesse da emissora e não sejam adquiridas por ela, possibilitando que o SBT possa continuar transmitindo-as normalmente durante sua programação. A continuidade da exibição dos desenhos animados “Looney Toones” no catálogo do SBT depende essencialmente da Globo. Infelizmente, meu palpite é que o canal pretende tomar as animações para si, mesmo que acabe deixando de exibi-las, fazendo com que o público não possa acompanhá-las em emissoras rivais.
Como o SBT não terá mais os produtos da Warner a seu dispor, é provável que os seriados gradativamente acabem sendo exibidos com menos frequência na programação do canal. Acredito que, devido a este contrato, as séries e filmes produzidos pelos estúdios norte-americanos passarão a ficar cada vez mais restritos da grade de programação da Globo e isso não é necessariamente benéfico para quem depende das emissoras de TV aberta para ter acesso as produções estrangeiras. Além da emissora Globo, somente a Record terá contrato com um estúdio de grande calibre(Universal). Imagino que a melhor opção seria que cada canal aberto possuísse contrato com ao menos um grande estúdio, trazendo para os telespectadores opções mais diversificadas. Devo ressaltar que com o fechamento desse contrato, o público geral fica cada vez mais preso à um único canal, sendo prejudicial para a TV brasileira.