Festival do Rio: Longa 'O pequeno segredo' é ovacionado

Filme vem de polêmica após indicação ao Oscar

Festival do Rio: Longa 'O pequeno segredo' é ovacionado
Foto: Reprodução

Um dos 85 nomes listados para concorrer o Oscar na categoria de melhor filme estrangeiro, é o longa-metragem brasileiro O pequeno segredo, dirigido por David Schurmann. Como era o único filme brasileiro a não ter estreado no Festival Rio de Cinema, aumentou tamanha expectativa em torno da obra. Tendo inclusive, uma grande procura por ingressos, na última segunda (10), no Odeon.

O longa conta a história de duas tramas que convergem para uma linear narrativa até metade do filme. De um lado, acompanha-se a convivência dos navegadores Vilfredo (Marcello Antony) e Heloísa Schurmann (Júlia Lemmertz) com a filha Kat (encarnada pela graciosa Mariana Goulart), garota de 12 anos adotada pelo casal quando criança e que desconhece sua real doença — a menina é soropositiva. 

Até então, poucos jornalistas haviam assistido a obra, e apesar de ser saudada por alguns como 'grande filme', duvidas paravam a respeito de seu desempenho. Após  a exibição da película, o longa sofreu uma forte ovação dos presentes.

Mesmo assim, muitos ainda consideram não ser o melhor filme brasileiro gravado este ano, estar entre os finalistas indicados ainda parece impossível. A estreia está prevista para 10 de novembro, em todos as redes de cinema do país.

O filme recentemente levantou polêmica ao ser escolhido ao invés de Aquarius - de Kleber Mendonça, protagonizado por Sônia Braga, até então favorito. Levantando teorias em que teria se beneficiado da indicação em cima do rival por questões políticas acerca do Impeachment: O elenco protestou em Cannes, afirmando ser golpe a situação delicada que vivia o país com o afastamento da ex-presidente Dilma Roussef.