Na volta da NFL, Denver Broncos vira e evita revanche do Carolina Panthers

Franquia do Colorado conta com grandes atuações da defesa e ataque terrestre e derrota Carolina por 21 a 20

Na volta da NFL, Denver Broncos vira e evita revanche do Carolina Panthers
Foto: Divulgação/Denver Broncos
Denver Broncos
21 20
Carolina Panthers

Ela voltou! Na noite desta quinta-feira (8), Denver Broncos e Carolina Panthers fizeram uma revanche do Super Bowl 50. As franquias inauguraram a temporada 2016/17 da NFL, em confronto disputado no Sports Authority Field, em Denver, Colorado, com vitória dos Broncos, 21 a 20.

O destaque da partida foi o running back C.J. Anderson, que correu para 92 jardas e um touchdown. DeMarcus Ware também apareceu muito bem, com dois sacks. O estreante Trevor Siemian lançou para 178 jardas, um TD e duas interceptações. Pelo lado dos Panthers, Cam Newton lançou 194 jardas e correu mais 54, totalizando um touchdown corrido, uma interceptação e um passe para TD. Outro destaque foi o recebedor Kelvin Benjamin , com 6 recepções para 91 jardas e um touchdown anotado.

Na semana 2, os Panthers recebem o San Francisco 49ers em casa, enquanto que os Broncos enfrentam o Indianapolis Colts, também nos seus domínios.

Panthers aproveitam as chances e abrem 10 pontos de frente

Denver teve a incumbência de atacar primeiro. Jogando pela primeira vez na carreira, Trevor Siemian ia conduzindo um belo drive, bem diversificado, com passes precisos e belas corridas do RB C.J. Anderson. Mas, quando Devontae Booker foi correr para dar um descanso ao titular Anderson, o calouro pela primeira vez sofreu um fumble, causado por Charles Johnson.

Cam Newton, atual MVP, começaria a primeira campanha na linha de 29 jardas de defesa. Usando o atleticismo e força de seus principais corredores, os Panthers conseguiram avançar de forma consistente, mas sem nenhum grande avanço.

Até que, Newton lançou em uma 3ª para 9 uma bola certeira para Kelvin Benjamin, avançando 17 jardas. Logo depois, o QB de Carolina acionou seu melhor recebedor de novo. Benjamin pulou mais alto e segurou firme a bola oval para decretar os primeiros pontos da temporada da NFL. Após extra point de Graham Gano, liderança de 7 a 0 para os visitantes.

Os atuais campeões voltaram à ofensiva. E novamente, o início foi promissor. Mas, mais um turnover aconteceu. Dessa vez, Siemian pela primeira vez sentiu o gosto de lançar uma interceptação. Após ter o passe desviado, a bola caiu nas mãos de Thomas Davis. A franquia da Carolina do Norte, porém não aproveitou e devolveu a bola sem avanços.

Os Broncos partiram para o ataque após o touchback no punt de Andy Lee. Com um foco no ataque terrestre, Denver conseguiu diversos avanços, chegando na red zone. Em uma chamada curiosa, Gary Kubiak colocou seu fullback calouro para correr. Andy Janovich não foi parado por ninguém, chegando na end zone, anotando o primeiro touchdown dos donos da casa. Após XP convertido, a partida estava empatada: 7 a 7.

Com o duelo empatado, "Super Cam" foi ao trabalho. O quarterback conectou passes, utilizou o ataque terrestre e correu ele prórpio com a bola. Na campanha mais longa da partida, o atual MVP teve a incumbência de entrar na end zone do Denver Broncos, colocando os visitantes na frente.

Newton ainda conseguiu liderar sua squad para um field goal. Com menos de um minuto e meio no relógio e sem tempos para pedir, Newton fez jogadas rápidas e efetivas, deixando Gano em boa posição para o chute. O kicker não decepcionou e capitalizou mais três pontos na conta dos Panthers. Fim do primeiro tempo, com vantagem dos Panthers por 17 a 7.

Defesa e ataque terrestre aparecem e Broncos viram

O início do terceiro quarto foi um pouco lento. O Carolina Panthers teve a primeira posse, mas logo saiu em um three and out. Siemian tinha a chance de liderar sua equipe para voltar a marcar pontos, mas de novo o quarterback de Denver foi interceptado, dessa vez por Bené Benwikere, colocando os Panthers na ofensiva novamente.

Esse drive era importantíssimo na partida. Se Carolina marcasse de novo, ficaria muito difícil uma reação de Denver se realizar. Então, surgiu a maior arma dos mandantes, sua defesa. Liderados por Von Miller e DeMarcus Ware, os Broncos impediram qualquer tentativa de Cam Newton. Ware colocou um ponto de exclamação, sacando Newton com força e deixando o MVP com dores no tornozelo.

A defesa mostrava serviço, mas o ataque ainda não esboçava reação. Assim, novamente a bola voltou para a franquia da Carolina do Norte. Em um festival de three and out's, a posse voltou de novo para os mandantes. 

Os mandantes, finalmente, obtiveram um grande drive. Começando no final do terceiro quarto e acabando nos primeiros segundos do quarto final, os Broncos anotaram mais um touchdown na partida. C.J. Anderson recebeu a bola de Siemian e partiu com tudo para a end zone. Depois do chute extra, o jogo era separado por apenas três pontos, com pouco mais de 14 minutos a serem disputados.

Foi aí que novamente a defesa dos Broncos apareceu. Com 13 minutos e alguns segundos no relógio, Cam Newton foi interceptado por Chris Harris Jr. Seguindo o embalo, o ataque avançou rapidamente, de novo utilizando-se muito do jogo terrestre. Siemian tinha a bola na linha de uma jarda, em uma 3ª para o goal. O rookie foi para a bola de segurança e entregou nas mãos de Anderson seu destino. Touchdown e liderança de 21 a 17 após conversão do chute extra.

Atrás no placar pela primeira vez, o Carolina Panthers partiu ao ataque com o touchdown como único objetivo. Os seis pontos não vieram, e sim apenas três do chute de Graham Gano. 21 a 20 de vantagem e posse de bola faltando menos de cinco minutos para o fim do jogo. Essa era a situação de Denver Broncos.

O relógio não foi queimado como poderia ter sido, com a franquia do Colorado saindo após três snaps. Com pouco mais de dois minutos no relógio, os Panthers foram com tudo. Mas, DeMarcus Ware e Von Miller apareceram para quase acabar com as esperanças de uma vitória visitante. Em uma 4ª para 20 jardas, Cam Newton buscou Kelvin Benjamin que não conseguiu completar o passe. No entanto, uma falta deu sobrevida a Carolina, com um first down automático.

Newton foi então, sem tempos para pedir, em busca de uma posição possível para conversão do field goal. Em um final emocionante, Cam conseguiu colocar os Panthers com possibilidade de marcar o field goal. A responsabilidade era de Graham Gano. E o kicker decepcionou. Final Denver Broncos 21 a 20 Carolina Panthers.

Outros jogos:

Domingo, 11/09

 14h

Atlanta Falcons x Tamba Bay Buccaneers

Baltimore Ravens x Buffalo Bills

Houston Texans x Chicago Bears

Jacksonville Jaguars x Green Bay Packers

Kansas City Chiefs x San Diego Chargers

New Orleans Saints x Oakland Raiders

New York Jets x Cincinatti Bengals

Philadelphia Eagles x Cleveland Browns

Tennessee Titans x Minnesota Vikings

17h05min

Seattle Seahawks x Miami Dolphins

17h25min

Dallas Cowboys x New York Giants

Indianapolis Colts x Detroit Lions

21h30min

Arizona Cardinals x New England Patriots

Segunda, 12/09

20h10min

Washington Redskins x Pittsburgh Steelers

23h20min

San Francisco 49ers x Los Angeles Rams