Lesão do running back Jonathan Stewart abre caminho para Fozzy Whittakker no Panthers

Com o titular da posição de molho por até duas semanas, Whittaker ganha a confiança de Ron Rivera após sua primeira partida para 100 jardas

Lesão do running back Jonathan Stewart abre caminho para Fozzy Whittakker no Panthers
Foto: Getty Images

A vitória do Carolina Panthers sobre o San Francisco 49ers por 46 a 27 marcou um recorde ofensivo da franquia de Charlotte. Pela primeira vez em sua história a equipe teve seu quarterback (Newton) passando para ao menos 300 jardas, dois receivers (Olsen e Benjamin) 100 jardas e um running back (Fozzy Whittaker) com também 100 jardas.

O fato de Fozzy chegar as 100 jardas é inédito e acontece em um momento importante. O titular da posição, Jonathan Stewart, teve confirmada uma lesão no tendão, que o deixará de molho por até duas semanas. Aos 27 anos, Whittaker tem agora uma responsabilidade enorme, mas prefere tirar o peso disso.

"Eu não quero pensar muito. Eu quero apenas ir lá e jogar", disse Whittaker. O bom desempenho do running back na semana 2 surpreendeu a todos. Para se ter ideia, o jogador foi escalado por apenas 2% de todos os times do Fantasy da NFL, de acordo com a CBSSPORTS.

Sem Stewart, o treinador Ron Rivera fez boas avaliações dos seus running backs. "CAP [Cameron Artis-Payne] é um bem mais robusto em corridas pelo interior, com boa visão e faz alguns bons cortes. Fozzy é mais elegando, com um movimento de lateral um pouco melhor", analisou o treinador do Panthers.

Quem também falou sobre o desempenho de Fozzy Whittaker foi o coordenador ofensivo Mike Shula. Questionado sobre a capacidade do running back lidar com essa carga regularmente, o técnico preferiu passar confiança. "No papel, eu diria que não. Mas você não quer subestimar nenhum de nossos rapazes", comentou Shula.

No Panthers, talvez a melhor aparição de Fozzy foi nos playoffs de 2015, contra o Arizona Cardinals. Quando o placar marcava 14-13 para os donos da casa, Whittaker recebeu um passe de Newton, cruzou o campo, quebrou três tackles e anotou o touchdown que deu a liderança no placar para sua equipe.

Até domingo o melhor desempenho de Whittaker em uma partida eram modestas 41 jardas. Apesar do bom desempenho diante de San Francisco, o running back sofreu um fumble na partida, que resultou em uma campanha de touchdown para os 49ers. Mas ele prefere não pensar muito nisso.

"A pior coisa que eu poderia fazer era debruçar sobre ele [fumble] e deixá-lo afetar em outros jogos no futuro. Ele ficou na minha cabeça só por um segundo rápido. Eu sei dar a volta melhor do que alguém que coloca a bola no chão e tem faz um turnover", completou Whittaker.