Brasileiro Cairo Santos decide na prorrogação e Chiefs derrota Broncos no Colorado

Kicker brasileiro dá vitória a Kansas City no overtime e assume vice-liderança da AFC Oeste; wide receiver novato Tyreek Hill foi o grande destaque do clássico de divisão

Brasileiro Cairo Santos decide na prorrogação e Chiefs derrota Broncos no Colorado
Foto: Justin Edmonds/Getty Images
Denver Broncos
27 30
Kansas City Chiefs

No Sunday Night Football da semana 12 da NFL neste domingo (27), o confronto de divisão entre Denver Broncos e Kansas City Chiefs  foi decidido só na prorrogação. Em partida eletrizante, Cairo Santos deu a vitória para os Chiefs, que venceram por 30 a 27 confronto disputado no Sports Authority Field at Mile High, em Denver.

Com a vitória, os Chiefs encostaram de vez nos Raiders, que atualmente lideram a divisão Oeste da AFC. Ainda por cima, colocaram um jogo de vantagem sobre os Broncos, que agora se veem dois jogos atrás de Oakland.

Cairo Santos foi um dos destaques do confronto, acertando todos chutes que fez, incluindo dois na prorrogação. Mas, quem foi de suma importância para Kansas City foi o wide receiver novato Tyreek Hill. O jovem jogador anotou três touchdowns. Um de passe, um corrido e um de retorno de kickoff, ajudando os Chiefs a alcançarem o resultado.

Na próxima semana, os Chiefs vão à Atlanta encarar os Falcons, no domingo. Os Broncos, no mesmo dia, viajam para a Flórida, onde pegam o Jacksonville Jaguars .

Defesas e times especiais dominam e Kansas City vai para o intervalo em vantagem

O jogo no Colorado iniciou colocando os punters para trabalhar. Vários punts de cada lado, com nenhuma das equipes nem chegando em área de field goal. Defesas se sobressaindo e placar zerado no primeiro quarto de partida.

No segundo quarto, as coisas esquentaram um pouco mais na noite gelada em Denver. Trevor Siemian se viu quase dentro de sua end zone, após grande punt de Dustin Colquitt até a marca de cinco jardas do campo de defesa dos Broncos. A defesa dos Chiefs sentiu a chance de anotar os primeiros pontos da partida e foi com tudo. Safety sofrido pelo QB de Denver, realizado por Justin Houston. O placar era inaugrado.

Na jogada seguinte, após o kickoff dos Broncos, o caos chegou nos times especiais de Denver. Tyreek Hill retornou o chute direto para end zone. Corrida de 84 jardas e o primeiro touchdown da partida. Após extra point de sucesso por parte do brasileiro Cairo Santos, 9 a 0 para os Chiefs no Colorado.

Os Broncos retornaram à ofensiva, em busca dos seus primeiros pontos da noite. Contando com boa participação do duo composto pelo running back Devontae Booker e o wide receiver Emmanuel Sanders, Denver conseguiu seu drive mais longo da partida. Mas no final, uma penalidade dificultou o trabalho de Siemian e dos Broncos de buscar o TD, se contentando com um field goal de 33 jardas de Brandon McManus.

Não sobrou muito tempo para Chiefs ou Broncos fazerem muito no segundo período. Intervalo no Sports Authority Field at Mile High, com Kansas City na frente, 9 a 3.

Tyreek Hill retornou kickoff para touchdown no segundo quarto | Foto: Justin Edmonds/Getty Images
Tyreek Hill retornou kickoff para touchdown no segundo quarto | Foto: Justin Edmonds/Getty Images

Equipes não conseguem tirar a igualdade do placar e decisão vai para a prorrogação

Na retorno ao gramado, quem deu as cartas foram os Broncos. Trevor Siemian comandou bela campanha, balanceando passes e corridas, chegando a red zone. Dessa vez, o jovem quarterback não desperdiçou a oportunidade, e encontrou Jordan Taylor para um TD de 6 jardas. Depois do chute extra, Denver na frente por 10 a 9.

Os Chiefs não deixaram por menos. Logo no drive seguinte, os visitantes retomaram a liderança. Tudo caminhava muito bem para Alex Smith, que tinha sua principal arma ofensiva em Travis Kelce. Achando o tight end algumas vezes no drive, o quarterback conseguiu chegar a uma boa posição de campo, mas acabou não conseguindo uma primeira descida crucial, colocando Cairo Santos para trabalhar.

O brasileiro foi bem e converteu o chute de 35 jardas. Porém, na jogada do field goal, Denver cometeu uma irregularidade, alinhando sete jogadores na linha. Isso caracteriza uma formação ilegal, e assim, foram penalizados em cinco jardas. Como a distância para a primeira descida dos Chiefs era de apenas duas, first down Kansas City e sobrevida à campanha.

Após essa bobeira da franquia do Colorado, Alex Smith e seu ataque não deixaram barato. O que seriam três pontos se tornaram seis, quando Tyreek Hill adentrou a end zone. Touchdown Chiefs.

No quarto período, Siemian retomou a frente com uma jogada a jato. Com dois passes longos para Emmanuel Sanders, o quarterback chegou ao touchdown. Primeiro, um de 64 jardas. Depois, um de 35, que bastou para o wide receiver chegar ao TD. A troca da dianteira do marcador era incessante.

Os Chiefs não conseguiram capitalizar na campanha seguinte, devolvendo a bola para Denver. Os Broncos, por outro lado, sim. Em mais uma campanha que terminou rápida, Siemian achou Bennie Fowler para 76 jardas. O jovem recebedor colocava os donos da casa em uma posição muito confortável para vencer, liderando por 24 a 16 faltando pouco mais de três minutos no relógio.

Alex Smith tinha em suas mãos a chance de levar a partida para a prorrogação. Para isso, um touchdown, seguido de uma conversão de dois pontos era necessário. A campanha começou bem, com Smith se recuperando de um sack sofrido para conquistar a primeira descida.

Na sequência do two minute warning, duas penalidades nos Broncos deram 10 jardas de bandeja para Kansas City. O quarterback dos Chiefs continuava a distribuir passes certeiros e marchar em direção a red zone. Foi então que Smith encontrou o homem que estava acabando com a defesa dos Broncos. Tyreek Hill, de novo. Dessa vez o recebedor agarrou passe de três jardas para o TD, faltando apenas 15 segundos no relógio.

Mas sem a conversão de dois pontos, não adiantaria nada. Alex Smith não decepcionou e achou Demetrius Harris, empatando a partida e levando a decisão para a prorrogação.

Siemian teve boa atuação no segundo tempo | Foto: Ezra Shaw/Getty Images
Siemian teve boa atuação no segundo tempo | Foto: Ezra Shaw/Getty Images

Cairo Santos aparece e dá a vitória aos Chiefs

No tempo extra, Denver começou com a posse de bola. Embora um touchdown vencesse a partida, o máximo que a franquia do Colorado conseguiu foi um field goal de Brandon McManus da distância de 44 jardas. Agora, se a defesa parasse o ataque de Kansas City, a virória era dos Broncos.

Os Chiefs responderam na mesma moeda. Alex Smith não conseguiu chegar ao TD, mas colocou Cairo Santos em boa posição para empatar o duelo. Após converter field goal de 37 jardas, o brasileiro deixava o placar igual de novo, 27 a 27.

Agora a situação era essa: qualquer pontuação vencia o confronto. A chance de ser o herói caiu no colo de McManus. O kicker poderia vencer a partida para os atuais campeões do SuperBowl, mas não. McManus errou chute longo de 62 jardas, devolvendo a bola para os Chiefs em grande posição de campo.

Aí foi só preparar o chute para Cairo. Smith deixou o kicker na boa para colocar um ponto final no jogo. E o brasileiro não titubeou. Chute bom de 34 jardas e vitória de Kansas City. Final, 30 a 27.

Jogadores comemoram chute da vitória de Cairo | Foto: Ezra Shaw/Getty Images
Jogadores comemoram chute da vitória de Cairo | Foto: Ezra Shaw/Getty Images