Estádios da NFL serão adaptados para Copa América Centenário; conheça as cidades-sedes

São dez cidades-sedes responsáveis pela realização dos jogos, sendo cinco na costa oeste e outras cinco na costa leste dos Estados Unidos

Estádios da NFL serão adaptados para Copa América Centenário; conheça as cidades-sedes
Estádios da NFL serão adaptados para Copa América; conheça as cidades-sedes

A Copa América Centenário será uma edição especial da competição de futebol, que será realizada entre 3 e 26 de junho deste ano, nos Estados Unidos.  Será a primeira Copa América fora da América do Sul, sendo o torneio oficializado com um acordo entre a Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) e a Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe (CONCACAF), com o intuito de celebrar o aniversário de 100 anos da CONMEBOL e do torneio.

Será o primeiro torneio unindo as Américas desde o Campeonato Pan-Americano de Futebol, disputado em 1952, 1956 e 1960. Será a quarta vez que a CONMEBOL realiza um de seus torneios nos Estados Unidos, realizando a Recopa Sul-Americana no país em 1990, 2003 e 2004. O vencedor não se classificará para a Copa das Confederações FIFA de 2017, já que o Chile já qualificou-se como o vencedor da Copa América de 2015.

Cidades-sedes

No dia 19 de novembro de 2015, foram escolhidos as dez cidades-sedes e os estádios que receberão os jogos. Todos os estádios serão de equipes da NFL (a liga de futebol americano), que terão as linhas dos campos adaptadas para o futebol.

As dez cidades-sedes foram divididas com cinco na costa oeste e outras cinco na costa leste. As cidades escolhidas da costa oeste foram Pasadena e Santa Clara (ambas da Califórnia, CA), Glendale (Arizona, AZ), Houston (Texas, TX) e Seattle (Washington, WA). Já na costa leste, as cidades escolhidas foram East Rutherford (Nova Jersey, NJ), Orlando (Flórida, FL), Chicago (Illinois, IL), Foxborough (Massachusetts, MA) e Filadélfia (Pensilvânia, PA).

Estádios

Apresentada as cidades-sedes acima, conheceremos agora os estádios de cada cidade-sede. Estádios esses acostumados com jogos da NFL, terão que passar por adaptação do futebol americano para as linhas do futebol tradicional.

- Rose Bowl

Localizado em Pasadena, suburbio de Los Angeles (Califórnia), o estádio possui capacidade para 92.542 torcedores. Foi no Rose Bowl onde o Brasil disputou a final da Copa do Mundo de 1994, sagrou-se campeão ao bater a Itália na disputa por pênaltis.

O Rose Bowl já foi o palco de cinco Super Bowl's, como é nomeada a grande final do futebol americano. O último Super Bowl realizado no estádio foi em 1993, quando o Dallas Cowboys bateu o Buffalo Bills por 52 a 17. O jogo ficou marcado também pelo grande show de Michael Jackson no intervalo da partida.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

- Levi's Stadium

Localizado na cidade de Santa Clara, na Califórnia, o estádio possui capacidade para 68.500 torcedores, podendo ser expandido para 75 mil lugares. O estádio recebe os jogos do San Francisco 49ers na NFL.

O Levi's Stadium foi palco do Super Bowl 50, que aconteceu em fevereiro deste ano. O Denver Broncos se consagrou como o campeão após vencer Carolina Panthers por 24 a 10.

O recorde de público no estádio aconteceu em 29 de março de 2015, na WrestleMania 31, quando 76.976 pessoas marcaram presença no local. O WrestleMania é um evento de luta livre da WWE, e a edição realizada no Levi's Stadium é considerada pelos críticos a melhor edição da história do evento.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

- University of Phoenix Stadium

Localizado em Glendale, suburbio de Phoenix, no Arizona, o estádio tem capacidade para 63.400 torcedores. O estádio é a casa do Arizona Cardinals nos jogos da NFL. 

O estádio tem um sistema para a retirada do gramado em dias sem jogo e teto retrátil. O University of Phoenix Stadium já recebeu duas edições do Super Bowl - 2008 e 2015, tendo New York Giants e New England Patriots como campeões, respectivamente.

O recorde de público do estádio foi na edição do WrestleMania XXVI, realizado em 28 de março de 2010. Cerca de 72.219 pessoas estiveram presente no evento.

O University of Phoenix Stadium com o teto retrátil ativado (Foto: Getty Images)
O University of Phoenix Stadium com o teto retrátil ativado (Foto: Getty Images)

- NRG Stadium

Localizado em Houston, no Texas, o estádio tem capacidade para 71.500 pessoas e é a casa do Houston Texans na liga de futebol americano. É o primeiro estádio da NFL com teto retrátil.

No dia 1º de fevereiro de 2004, o NRG Stadium foi o palco do Super Bowl. O New England Patriots venceu o Carolina Panthers por 32-29, mas o jogo ficou marcado pelo "incidente" do show do intervalo entre os cantores Janet Jackson e Justin Timberlake. O estádio será a sede do Super Bowl 2017.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

- CenturyLink Field

Localizado em Seattle, Washington, o estádio tem capacidade para 67 mil pessoas e pode ser aumentado para 72 mil lugares em eventos especiais. O estádio é a casa do Seattle Seahawks na NFL. O CenturyLink Field nunca sediou um SuperBowl.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

- MetLife Stadium 

Localizado em East Rutherford, Nova Jersey, o estádio tem capacidade para 82.500 pessoas e é um dos maiores da NFL. O MetLife Stadium é a casa do New York Giants e do New York Jets.

O MetLife Stadium sediou o Super Bowl XLVIII, que aconteceu em 2 de fevereiro de 2014, vencida pelo Seattle Seahawks sobre o Dallas Cowboys por 43 a 8. O estádio também sediou a WrestleMania 29 da WWE, no dia 7 de abril de 2013.

O estádio foi palco de um jogo amistoso de futebol entre os Estados Unidos e Brasil em 10 de agosto de 2010. A Seleção Brasileira venceu o jogo por 2 a 0 perante aproximadamente 77.223 pagantes.

O estádio personalizado em dia de jogo do New York Giants (Foto: Getty Images)
O estádio personalizado em dia de jogo do New York Giants (Foto: Getty Images)

- Citrus Bowl

Localizando em Orlando, na Florida,  o estádio construído para futebol americano tem capacidade para 65.438 torcedores. Atualmente, o estádio também recebe jogos de futebol e é a casa do Orlando City Soccer Club, o time do brasileiro Kaká.

O Citrus Bowl, atualmente, não recebe jogos da NFL pela falta de times na Florida para utilizá-lo. O estádio já foi palco de shows de grandes estrelas do mundo da música, como Paul McCartney, Pink Floyd, Guns N'Roses e Rolling Stones.

O estádio recebeu alguns jogos da Copa do Mundo de 1994 e algumas partidas do torneio de futebol dos Jogos Olímpicos de Verão de 1996. Em 2008 recebeu o WrestleMania 24, evento de luta livre da WWE. Nesse evento aconteceu o recorde de público do estádio: 74.348 pessoas.

Citrus Bowl em dia de jogo de futebol americano do college (Foto: Getty Images)
Citrus Bowl em dia de jogo de futebol americano do college (Foto: Getty Images)

- Soldier Field

Localizado em Chicago, Illinois, o estádio tem capacidade para 61.500 pessoas. Atualmente, é a casa do Chicago Bears na NFL. Até 2005 era a casa do Chicago Fire, na MLS (Major League Soccer).

O estádio recebeu cinco jogos da Copa do Mundo de 1994, sendo três deles da Alemanha, que permaneceram invictos. Nunca foi palco do Super Bowl.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

- Gillette Stadium

Localizado em Foxborough, Massachusetts, o estádio tem capacidade para 68.756 pessoas. Atualmente, é a casa de um dos mais tradicionais times da NFL, o New England Patriots.

O estádio, apesar de ser de um dos times mais vitoriosos das últimas duas décadas, nunca foi palco do Super Bowl. 

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

- Lincoln Financial Field

Localizado na Filadélfia, Pensilvânia, o estádio popularmente conhecido como The Linc tem capacidade máxima para 68.532 pessoas. Atualmente, é a casa do Philadelphia Eagles na NFL.

Apesar de ficar numa das cidades mais tradicionais dos Estados Unidos, o The Linc nunca foi palco do Super Bowl. Mas, em 2003, foi inaugurado recebendo um amistoso entre Manchester United e Barcelona. 

Um fato curioso do estádio é que ele tem uma cadeia própria com quatro celas. Sim, é isso mesmo. A Filadélfia sempre teve índice de violência alto e, por este motivo, quando o estádio foi construído fizeram uma pequena cadeia dentro dele para casos de confusão entre torcedores.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images