Resultado Liverpool x Sevilla pela final da Europa League (1-3)

Resultado Liverpool x Sevilla pela final da Europa League (1-3)
Jogo Liverpool x Sevilla ao vivo online hoje pela final da Europa League (0-0)
Liverpool
1 3
Sevilla
Liverpool: Mignolet; Clyne, Toure (Benteke 82'), Lovren, Moreno; Can, Milner, Lallana (Allen 72'), Firmino (Origi 67'), Coutinho; Sturridge.
Sevilla: Soria; Mariano, Rami (Kolodziejczak 76'), Carrico, Escudero; Krychowiak, N'Zonzi; Coke, Banega (Cristoforo 90+2'), Vitolo; Gameiro (Iborra 88').
Placar: 1-0, min. 34, Sturridge. 1-1, min. 46, Gameiro. 1-2, min. 63, Coke. 1-3, min. 69, Coke.
ÁRBITRO: Jonas Eriksson (SUE). Amarelos: Lovren 29', Vitolo 55', Banega 56', Origi 71', Mariano 82', Clyne 90+3'
INCIDENCIAS: partida válida pela final da uefa europa league, disputado no st jakob-park, na basileia, suíça.

18:03 Ficamos por aqui, em mais essa transmissão em tempo real da VAVEL Brasil! Continue conosco para as repercussões deste jogo, a cobertura da noite da Libertadores e outras notícias do esporte mundial. Obrigado a todos e um abraço!

18:02 Com o título, o Sevilla assegura vaga na próxima Uefa Champions League, enquanto que o Liverpool não disputará nenhuma competição europeia na temporada que vem. 

FOTO: Campeões!

18:02 Terminado o confronto, agora o Liverpool entra em férias, esperando a pré-temporada para iniciar os trabalhos em campo para a próxima temporada. O Sevilla, no entanto, ainda joga neste ano: disputa a final da Copa do Rei no domingo (22), contra o Barcelona. 

FOTOS: Acostumado a esse tipo de situação, Sevilla comemora mais um título da Europa League.

18:00 Dominação espanhola na Europa: Pelo terceiro ano consecultivo, a Espanha tem vencedores nas duas principais competições europeias. 

FOTO: Jürgen Klopp, como grande líder que é, tenta amparar Can. 

17:52 O SEVILLA ERGUE A TAÇA DE CAMPEÃO! Confirma a supremacia na competição, vencida pela terceira seguida, a quinta em onze anos. 

17:49 Agora é a vez dos CAMPEÕES irem buscar suas medalhas de ouro!

17:46 Jogadores do Liverpool sobem nas tribunas para receberem as medalhas de prata!

17:46 Comemoração de um lado, tristeza do outro! Jogadores do Liverpool estão desolados em campo, alguns até choram. Klopp reclamou bastante da arbitragem. 

17:44 Comemoração merecida ao Sevilla! Jogadores se emocionam em campo e, apesar de cansados, celebram junto aos torcedores!

FOTO: Coke foi o nome do jogo! Marcou dois gols e teve participação fundamental no jogo como um todo! 

Foto: Lars Baron/Getty Images
Foto: Lars Baron/Getty Images

17:40 Depois do intervalo, Sevilla passou o trator em cima do Liverpool, virando para 3 a 1 o déficit de um gol. Dominou o segundo tempo e terminou a partida com o tricampeonato!

90+4' FIM DE PAPO NO ST. JAKOB-PARK! O SEVILLA É O CAMPEÃO DA EUROPA LEAGUE PELO TERCEIRO ANO CONSECUTIVO!

90+3' CARTÃO AMARELO PARA CLYNE!

90+2' SUBSTITUIÇÃO NO SEVILLA! Sai: Banega. Entra: Cristoforo.

90' Mais quatro de acréscimos. 

VÍDEOS: O segundo e terceiro gol do Sevilla. 

90' Liverpool não consegue trocar passes em seu campo de ataque, se mostrando nervoso. 

88' SUBSTITUIÇÃO NO SEVILLA! Sai: Gameiro. Entra: Iborra. 

87' Gameiro recebe passe na esquerda, sozinho, mas estava impedido. 

85' Faltando cinco minutos para o fim da partida, o Sevilla se aproxima muito do terceiro título consecutivo da Europa League, e o quinto em sua história!

82' SUBSTITUIÇÃO NO LIVERPOOL! Sai: Toure. Entra: Benteke. 

82' CARTÃO AMARELO PARA MARIANO!

80' Origi tenta driblar marcador pela esquerda, mas é desarmado. 

79' Coutinho avança em direção da área e arremata de esquerda, mas a bola sobe demais. 

78' Cruzamento alçado na área, mas Soria consegue afastar. 

76' SUBSTITUIÇÃO NO SEVILLA! Sai: Rami. Entra: Kolodziejczak.

76' CARTÃO AMARELO PARA RAMI! Por atraso de jogo. 

73' Em contra-ataque rápido, Gameiro tenta toque para dentro da área, porém é desviado por Touré que vai para escanteio. 

72' SUBSTITUIÇÃO NO LIVERPOOL! Sai: Lallana. Entra: Allen. 

71' CARTÃO AMARELO PARA ORIGI! 

69' GOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLL DO SEVILLA!! OS ESPANHOIS AMPLIAM A DIFERENÇA PARA SE APROXIMAR DO TÍTULO! Defesa do Liverpool afasta mal e Coke aparece sozinho dentro da área para chutar e marcar o terceiro do Sevilla no jogo!

68' UUUUUUHHHH!!! Cruzamento na área e Krychowiak desvia de cabeça, indo para fora com perigo. 

67' SUBSTITUIÇÃO NO LIVERPOOL! Sai: Firmino. Entra: Origi. 

65' Moreno recebe na esquerda e arrisca chute da entrada da área, mas é travado. 

63' GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLL DO SEVILLA!!! É O DA VIRADA NA SUÍÇA!!! COKE!!! Vitolo tabela com dois em sequência e, quando a bola estava na entrada da área, Coke apareceu para finalizar e vencer o Mignolet!

61' Sevilla agora toma controle do jogo, não deixando o adversário sequer ter a bola. 

59' MIGNOLETTTTT SENSACIONAL!!! Depois de lançamento para a área do lateral, N'Zonzi desvia para Gameiro sozinho na entrada da pequena área que, sem deixar a bola cair, chuta para defesa do goleiro adversário. 

58' Sevilla tenta troca de passes na entrada da área do Liverpool, mas sem sucesso de invasão. 

56' CARTÃO AMARELO PARA BANEGA! 

55' CARTÃO AMARELO PARA VITOLO! Por falta em Lallana.

VÍDEO: Confira o gol de empate do Sevilla

48' Se no final da primeira etapa o Sevilla se mostrou perdido em campo, isso não existe mais. Começo elétrico dos rojiblancos!

47' TRAVADA PROVIDENCIAL! Em contra-ataque rápido, Gameiro aparece sozinho avançando em direção ao gol, mas na hora da finalização, Touré trava para escanteio. 

46' GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLL DO SEVILLA!!! LOGO NO COMEÇO DA SEGUNDA ETAPA, NOS PRIMEIROS SEGUNDOS, EMPATA O JOGO! Mariano faz grande jogada pela direita e cruza rasteiro para o centro da área, dando a Gameiro a chance de empurrar para o fundo das redes!

45' ROLA A BOLA PARA O SEGUNDO TEMPO! O Sevilla dá a saída. 

16:46 Equipes voltam ao gramado para o segundo temp!

16:37 Os espanhois começaram o jogo melhor. Tinham maior posse de bola nos primeiros 30 minutos e, apesar de não ter mais chances que o adversário, conseguia evitar ao máximo que ele tivesse a bola. Após o gol, o Liverpool passou a tomar as rédeas da partida, aproveitando-se do fato do adversário ter sentido a diferença desfavorável no placar.

16:33 Confira o belo gol protagonizado por Daniel Sturridge que vai dando o título ao Liverpool no momento: 

45+1' FIM DE PAPO NO ST. JAKOB-PARK! O Liverpool, depois de começar pior na partida, consegue chegar ao primeiro gol no jogo e impor uma certa pressão nos minutos finais da primeira etapa. 

45' Mais um minuto de acréscimo!

44' Na sequência, Clyne faz cruzamento rastante do qual ninguém desvia, dando um certo susto nos torcedores do Sevilla

43' A bola é rolada para Milner que fura na tentativa do chute.

42' Depois de uma pequena bagunça na área, Lovren afasta o perigo para escanteio. 

40' Apesar de se apresentar melhor no início do jogo, Sevilla fica um pouco perdido na partida depois que tomou o gol. 

39' A pressão alta do Liverpool dá resultado e, após roubar na saída de bola, no último passe, Krychowiak consegue tomar e afastar. 

38' Depois de cruzamento no escanteio, Lovren cabeceia para o gol, porém Sturridge, em impedimento, tenta desviar a bola, deixando a jogada ilegal. 

37' Clyne parte pela direita com muito espaço para correr e consegue passe para Lallana, que arrisca chute, porém é desviado para escanteio. 

34' GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLL DO LIVERPOOL!! OS INGLESES ABREM O PLACAR NA SUÍÇA!! Sturridge recebe de Coutinho na esquerda e bate de três dedos, colocando no canto esquero de Soria, abrindo o placar com um golaço na final!

31' UUUUUUUUUHHHHHHHHHHHHH!!! QUASE UM GOLAÇO!!! Depois de confusão aérea, Gameiro consegue virar uma bicicleta dentro da área, mas a bola passa à direita do gol. 

30' Em boa trama ofensiva, Sevilla consegue invadir a área, mas na hora do toque para o meio é desviado para escanteio.

29' CARTÃO AMARELO PARA LOVREN! Por falta em Gameiro. 

27' Mariano recebe na direita e avança. O brasileiro consegue abrir espaço e cruzar, mas é travado por Touré

26' Liverpool agora consegue ter alguma posse de bola na tentativa de criar oportunidades, sem sucesso. 

24' UUUUUUUUUUUUHHHHHHHHHHHHHH!!! Lallana acha Sturridge dentro da área, enfia para o inglês que tenta tirar do goleiro, porém Soria fez a defesa fechando o ângulo.  

21' Assim como o adversáro, o Liverpool quando tem a bola não acha os espaços para atacar, geralmente tendo menos tempo com a bola nos pés. 

19' Sevilla não consegue apresentar grandes propostas ofensivas, apenas tocando a bola quando a tem e pressionando para roubar quando não a tem. 

15' Sevilla continua tendo maior posse da bola, tocando-a pelo meio do campo, buscando espaços para criação de chances, negados pelos atletas do adversário. 

11' Firmino tenta drible no defensor dentro da área, mas a bola bate no braço do marcador. O árbitro manda o jogo seguir, apesar da reclamação dos Reds 

10' QUAAAASEEEEE!! Cruzamento para a área passa por todos, mas não por Sturridge que, bem posicionado na segunda trave, cabeceia para o centro da área, porém a zaga consegue afastar antes que alguém chegasse para completar.  

9' Escudero cobra falta na esquerda proferindo cruzamento, mas Mignolet fica com a bola. 

7' UUUUUHHHHHHHHHH!!! Can aproveita passe errado de Clyne e arrisca chute de fora da área, mas Soria faz a defesa, espalmando para o lado. 

6' Disputas aéreas são travadas no campo de ataque do Sevilla, mas Eriksson vê falta em uma delas. 

4' Nesses primeiros movimentos, é o Sevilla quem consegue ter mais posse da bola, tentando armar jogadas. 

3' Em nova cobrança de falta no meio de campo para a área, a zaga do Liverpool afasta. 

1' Em cobrança de falta da intermediária, Sevilla cobra-a para a área, porém é marcada nova infração, dessa vez a favor do Liverpool.

0' ROLA A BOLA NA BASILEIA! O Liverpool dá a saída. 

Os times caminham para o gramado, dando continuidade à cerimônia. Falta pouco!

Quase tudo pronto para o início do jogo. A cerimônia de abertura já começou!

O Sevilla também está escalado, com: Soria; Mariano, Rami, Carrico, Escudero; Krychowiak, N'Zonzi; Coke, Banega, Vitolo; Gameiro.

LEIA MAIS: Gameiro, Unai Emery e as peças fundamentais da campanha do Sevilla na UEL

O Liverpool vem a campo com os seguintes jogadores: Mignolet; Clyne, Toure, Lovren, Moreno; Can, Milner, Lallana, Firmino, Coutinho; Sturridge.

Preparados para a grande final, os times anunciaram há pouco suas escalações.

LEIA MAIS: Mudança de postura após chegada de Klopp leva Liverpool à final da UEL

Os atletas dos dois lados que não poderão entrar em campo pelos seus times são: Sakho (suspenso), Can (tornozelo), Gomez, Henderson, Ings (ambos joelho), Rossitter (muscular) e Origi (não especificado) pelo Liverpool. Krohn-Dehli (joelho) e Reyes (não especificado) pelo Sevilla

Pelo lado espanhol Unai Emery, treinador do Sevilla, quer vencer mais um caneco, enfatizando a importância que isso tem para os torcedores. "Quando o futebol te dá oportunidades, você deve pegá-las. O que temos conquistado nos anos recentes é algo incrível; mas não devemos parar por aí, porque temos que reviver isso, ter a experiência novamente. Os torcedores fazem assim, aliás: veem o Sevilla como uma segunda esposa, ou segunda namorada", comentou.

Na coletiva de imprensa antes da partida e reconhecimento do gramado, o treinador do Liverpool, Jürgen Klopp foi incisivo em dizer como a equipe deve estar para a partida. "Temos de estar organizados e preparados, além de saber tomar controle do momento em que tivermos com a bola. Temos, também, de saber lidar com os erros que iremos cometer, estar preparados para tal, porque o futebol não funciona sem erros, a chave é saber encontrar a próxima solução", explicou o alemão.

PRÉVIA: O Liverpool chega nesta final com a motivação necessária para lutar pela vitória, além de todo o material humano disponível para Klopp. O Sevilla, por outro lado, vem com a bagagem pesada de finais da competição, contabilizando a terceira seguida (venceu as outras duas). Nesta competição, no entanto, a equipe espanhola mostrou dificuldades fora de casa, além de ter uma forma recente não muito favorável. Os Reds, por sua vez, mostraram nesta competição que podem ser decisivos em jogos de grande porte. Nada disso deve ser esquecido quando a bola rolar.

Quem apitará o embate será o sueco Jonas Eriksson. Ele será auxiliado por Mathias KlaseniusDaniel Wärnmark, ambos da mesma nacionalidade do homem do apito. 

O palco da final será suíço: O St. Jakob-Park é o estádio do Basel e se localiza na Basileia. O Joggeli, como é conhecido, tem capacidade para 42.500 torcedores dos quais devem lotar o recinto para o espetáculo. Com grande proximade ao gramado e tamanho menor das arquibancadas, pode ser usado como caldeirão pela torcida certa. 

Foto: Andrew Powell/Getty Images
Foto: Andrew Powell/Getty Images

FIQUE DE OLHO! Yevhen Konoplyanka, meia do Sevilla. O ucraniano, apesar de uma temporada em estatísticas discreta, é um dos principais jogadores dos espanhois. Contratado no início da temporada, tem seus pontos fortes nos cruzamentos, passes e dribles. Pode causar impacto positivo ao seu time se não receber a devida atenção e isso, aliás, pode acontecer até com grande marcação. 

Foto: NurPhoto/Getty Images
Foto: NurPhoto/Getty Images

FIQUE DE OLHO! Philippe Coutinho, meia do Liverpool. O brasileiro não teve uma das suas melhores temporadas com a camisa do Liverpool se comparada com a de 13/14, mas é um absurdo falar que não foi importante. Contudo, ele foi muito decisivo em campo nesta Europa League, principalmente na fase de mata-mata. Seus dribles rápidos, sua velocidade, esperteza, capacidade de finalização à longa distância e passe são o diferencial do atleta dos Reds. 

Foto: Chris Brunskill/Getty Images
Foto: Chris Brunskill/Getty Images

CAMPANHA DO SEVILLA ATÉ A FINAL: Depois de ser eliminado na fase de grupos da Champions League, os espanhois conseguiram uma vaga no 16-avos da UEL após ficar com o terceiro lugar no seu grupo da CL. Enfrentou o Molde nesta fase e conseguiu eliminar os noruegueses sem grandes problemas: 3 a 1 no agregado (3 a 0 em casa e derrota por 1 a 0 fora).

Após isso veio o Basel nas oitavas de final. O time dono do estádio da final não ofereceu grandes esforços para os espanhois depois de tudo: 3 a 0 no agregado e classificação garantida para as quartas. Nesta fase sim houve dificuldades: enfrentou o compatriota Athletic Bilbao e o agregado terminou em 3 a 3 depois de uma vitória por 2 a 1 de cada lado. Foi decidido nos pênaltis, onde os sevillistas avançaram (veja no vídeo os melhores momentos do jogo de volta). Nas semifinais viu um perigoso Shakhtar Donetsk ameaçar a sua supremacia na competição, porém o empate conquista na Ucrânia e a vitória por 3 a 1 na Espanha foi suficiente para garantir a vaga, apesr da luta dos adversários.

CAMPANHA DO LIVERPOOL ATÉ A FINAL: A equipe de Merseyside começou com resultados cautelosos, digamos. Três empates seguidos por 1 a 1 nas três primeiras rodadas da fase de grupos com Bordeaux, Sion e Rubin Kazan. Depois, vitórias contra os russos, franceses e novo empate com suíços selaram os 10 pontos e o primeiro lugar do grupo B.

Nos 16-avos de final, os ingleses enfrentaram o Augsburg, vencendo no agregado por 1 a 0 (empate na Alemanha por 0 a 0) e vitória pelo placar mínimo em Merseyside. Nas oitavas de final, enfrentou o grande rival Manchester United no que alguns chamaram de possível final antecipada (a primeira das duas em que o time participou). Em casa venceu por 2 a 0, conquistando um empate no Old Trafford por 1 a 1 e avançando por 3 a 1 no agregado.

Chegando nas quartas de final, a segunda possível final antecipada: Borussia Dortmund x Liverpool. Emoções ao técnico dos Reds que enfrentou seu ex-clube pela primeira vez depois de sete anos o treinando. Empate por 1 a 1 na Alemanha e vitória por 4 a 3 em jogo que ficará marcado na história da competição como uma das maiores viradas. Confira no vídeo:

Nas semifinais enfrentou o Villarreal. Fazendo o primeiro jogo em terras espanholas, os ingleses perderam por 1 a 0 com gol no apagar das luzes de Adrián. Sofrendo a primeira derrota neste mata-mata, o Liverpool precisou reverter o placar em Anfield, vencendo confortavelmente por 3 a 0, além de dominar a partida. 

Se o Liverpool chega motivado depois de campanha inigualável e emocionante com o seu novo treinador, o Sevilla tem a sua fonte motivacional nos títulos, além de toda a experiência exigida em momentos como esses. Motivação vence experiência?

Em seu terceiro ano à frente da equipe de Sevilha, Unai Emery provou gostar de vencer canecos continentais: são dois títulos consecutivos (13/14 derrotando o Benfica e 14/15 vencendo o Dnipro), os únicos da carreira do espanhol como treinador. Esses títulos deram ao manager o seu lugar nos melhores treinadores do mundo, sendo muito pedido por torcedores de grandes equipes da Europa.

O Sevilla, por outro lado, está bem acostumado nos últimos anos com a Europa League. Dono de quatro conquistas em onze anos (contando com esse que ainda não terminou), chega a sua quinta final, a terceira consecutiva. A equipe espanhola sabe o caminho da glória na competição e certamente tentará usá-lo da maneira que vem utilizando. Essa experiência recente joga a favor dos rojiblancos. 

O ex-Borussia Dortmund deu motivação aos jogadores e fez com que eles se encaixassem perfeitamente em seu estilo de jogo. Isso, aliado à torcida e à motivação que Klopp é bem capaz de promover são os ingredientes que conseguiram levar o Liverpool para esta final, que não acontece desde 2001.

Jürgen Klopp chegou ao clube em outubro do ano passado após o antigo treinador, Brendan Rodgers, ser demitido por péssimo início de campanha no ano. O alemão assumiu e logo em sua primeira temporada alcançou a final da Europa League, além de conseguir deixar o clube em posição aceitável na tabela, visto o início complicado de ano.

Para o Liverpool, no entanto, este jogo vale mais do que apenas uma vaga para a próxima Champions League: os Reds não vencem um título de importância desde 2005, quando venceu a UCL daquela temporada - contando apenas títulos nacionais e continentais, tirando as copas. A equipe quer restaurar uma consistência de outrora e uma vitória na Europa League seria um bom começo.

Em seus respectivos campeonatos nacionais, as equipes vivem vida parecida: o Liverpool terminou a Premier League em oitavo, assegurando 60 pontos, enquanto que o Sevilla finalizou a época em sétimo na Liga, totalizando 52. Ambos estão indo para a última partida da temporada, portanto esse jogo significa também uma vaga para a próxima Champions League, coisa que os clubes não alcançaram em suas ligas.

Os dois finalistas da competição passaram por diversos obstáculos e adversários até que conseguissem guardar um lugar no último jogo do torneio. Liverpool e Sevilla se enfrentam para decidir quem fica com o caneco.

A atual edição da Europa League chega ao seu auge, o momento decisivo da temporada: a grande final. Conheceremos o campeão da Uefa Europa League da temporada 2015/16, que terá como palco a casa do Basel, o St. Jakob-Park, na Basileia, Suíça.

Na temporada passado, o espanhol Sevilla levou seu quarto troféu e o segundo bicampeonato quando venceu o Dnipro por 3 a 2 em jogo eletrizante em Varsóvia, Polônia. Veja os melhores momentos:

v

Veja alguns lances das partidas das finais de 1972, a primeira de todas considerada pela Uefa, disputada entre Tottenham x Wolverhampton Wanderers. Os londrinos levaram a melhor, como já citado.

O maior vencedor da competição é o espanhol Sevilla, com 4 conquistas (2006, 2007, 2014 e 2015). Juventus (77, 90 e 93), Inter de Milão (91, 94 e 98) e Liverpool (73, 76 e 2001) aparecem logo atrás com 3 conquistas cada.

Desde a temporada 2009/10, o torneio passou a ser chamado da forma como é hoje: Uefa Europa League. Além de continuar como sucessor da antiga Uefa Cup, foi alocado a Uefa Interloto Cup, torneio que teve seu último ano em 2008, sendo a terceira competição mais importante europeia. Além da UIC, foi anexado a antiga Uefa European Cup Winners’ Cup em 98-99.

Na história do torneio, apenas seus times venceram a competição de forma invicta: Tottenham, Galatasaray, Feyenoord, Ajax, IFK Götenborg (duas vezes) e Borussia Mönchengladbach. O Espanyol é o único vice que completou o campeonato sem perder, sofrendo o revés nos pênaltis na final.

Em 1971 começou a se chamar de Uefa Cup (Copa da Uefa), tendo na sua primeira final uma disputa doméstica: Tottenham levou a melhor sobre o Wolverhampton Wanderers. Na temporada seguinte, seguindo uma tradição inicial, um outro clube inglês venceu a competição: o Liverpool.

A segunda competição mais antiga da Europa iniciou em 1955 com o nome de Taça das Feiras com 11 times disputando a taça. Foi com essa nome que permaneceu até 1971 – sendo esse ano tendo começado com 64 equipes -, quando foi adotada pela Uefa.

Boa tarde torcedor e leitor da VAVEL Brasil! Começa agora a transmissão da grande final da Uefa Europa League: Liverpool x Sevilla se enfrentam pela primeira vez na história para decidir quem mantem a invencibilidade em finais da competição. O horário do jogo será às 15h45, disputado no St. Jakob-Park, na Basileia, Suíça. Fique conosco!