Independiente Del Valle vence Boca Juniors de virada e dá primeiro passo rumo à final

Após ir para o intervalo perdendo, equipe da casa encontra forças com Cabezas e José Angulo e sai na frente na disputa pela taça

Independiente Del Valle vence Boca Juniors de virada e dá primeiro passo rumo à final
(FOTO: RODRIGO BUENDIA/AFP/Getty Images)
Independiente Del Valle
2 1
Boca Juniors
Independiente Del Valle: Azcona; Núñez, León, Mina, Tellechea; Orejuela (Arroyo, min. 88), Rizotto, Julio Angulo, Cabezas; Sornoza (Gabriel Cortez, min. 88); José Angulo (Uchuari, min. 80). Técnico: Pablo Repetto.
Boca Juniors: Jara, Diaz, Insaurralde, Fabra; Zuqui, Cubas, Pérez (Betancur , min. 76); Lodeiro; Tevez, Benedetto (Andrés Chávez, min. 66). Técnico: Guillermo Barros Schelotto.
Placar: 0-1, min. 12, Pablo Pérez. 1-1, min. 62, Cabezas. 2-1, min. 75, José Angulo.
ÁRBITRO: Wilmar Roldán (COL) | Cartões amarelos: Julio Angulo (min. 24), Adrián Cubas (min. 32), Pablo Pérez (min. 69), Luis León (min. 78) e Andrés Chávez (min. 78).
INCIDENCIAS: Partida válida pelo jogo de ida das semifinais da Copa Libertadores 2016, disputada no Estádio Atahualpa, em Quito, capital do Equador, disputada na noite desta quinta-feira (07)

Na noite desta quinta-feira (07), o Independiente del Valle recebeu o Boca Juniors pelo jogo de ida das semifinais da Libertadores. Com gols de Pablo Pérez, Cabezas e Angulo, o Del Valle venceu de virada a partida, saindo na frente na corrida pela vaga na final da competição.

Começando o jogo de maneira equilibrada, o time da casa se impôs ofensivamente, mas aos 12 minutos o Boca abriu o placar com Pablo Pérez. No segundo tempo, a equipe finalmente ganhou forças e com gols de Cabezas e Angulo virou a partida.

A partida de volta deverá ocorrer na próxima quinta-feira (14) no mesmo horário em La Bombonera.

Posição ofensiva do Del Valle, mas Boca abre o placar

Logo nos primeiros minutos de partida, o Independiente del Valle teve uma grande chance com Angulo, porém Cata Diaz apareceu, jogando a bola para escanteio. Apesar da grande marcação defensiva do Boca, o time da casa não se desesperou e foi ao ataque. Aos quatro minutos o Boca teve sua primeira chance de finalização em uma marcação de falta, mas a bola mandada para a área passou por todo mundo e foi para tiro de meta. Quatro minutos depois, a chance no time visitante veio com Lodeiro que finalizou, mas o goleiro defendeu. No lance seguinte, o time do Del Valle voltou ao ataque. Ouve um grande cruzamento para a grande área, mas a bola passou por todo mundo e foi para tiro de meta.

O primeiro gol do jogo veio aos 12 minutos quando Pablo Pérez abriu o placar para os visitantes. Após troca de passes na entrada da grande área, o jogador recebeu pela esquerda e encontrou espaço na marcação, finalizando sem chance de defesa para o goleiro da casa. Apesar do gol tomado, o del Valle não desistiu. Dois minutos depois a equipe estava novamente no ataque após falta, mas em cobrança novamente a bola cruzou a grande área e foi para fora.

Afobado após tomar o gol, o Del Valle seguiu indo ao ataque, mas a qualidade das finalizações foram diminuiu. Vendo o comportamento do adversário, o Boca foi procurando mais espaços e indo mais ao ataque. O time visitante quase ampliou o placar novamente com Pablo Pérez, mas o jogador estava em posição de impedimento. Aos 24 minutos, o jogador Julio Angulo tomou o primeiro cartão do jogo após falta em Lodeiro no meio de campo. Dois minutos depois, o Boca voltou ao ataque, mas a defesa da casa foi bem e seguiu tentando se ligar ao ataque.

Nos minutos finais da partida houve problemas na iluminação do estádio paralisando o jogo. Na volta, as equipes buscaram equilíbrio, mas os donos da casa seguiram pecando na finalização. Aos 44 minutos, Tévez teve grande chance, mas o goleiro adversário saiu bem do gol, evitando a finalização do artilheiro. Nos acréscimos, Angulo teve uma grande chance de empate, mas a bola foi pra fora

Segundo tempo imponente e virada equatoriana

Logo aos cinco minutos do segundo tempo, o Del Valle teve grande chance de empate, mas Fabra tirou a bola pra longe. Não desistindo do lance, um minuto depois Mina teve boa chance pela esquerda, mas a bola novamente vai pra fora. Pressionando mais no jogo, Del Valle teve boas chance, mas pecou nas finalizações. Aos 18 minutos, o del Valle empatou a partida com Cabezas após escorregão na área de Fabra. Dois minutos depois, o Boca voltou a grande área, mas o goleiro da casa seguiu fazendo boas defesas Após o gol tomado, o time de Guillermo fez alterações em seu time colocando Chávez e tirando o estreante Benedetto de campo.

Aos 24 minutos, a equipe da casa teve boa chance chegando com Núnez na lateral direita, mas a defesa do Boca afastou. Em seguida, o autor do gol xeneize Pablo Pérez tomou cartão após carrinho no adversário. Um minuto depois, Tévez teve boa chance ao bater cruzado, mas a bola passou do lado da trave e não entrou. A virada do time da casa veio aos 30 minutos quando José Angulo recebeu na grande área, escapou da marcação e finalizou, sem chances de defesa para o Orion.

Aos 38 minutos, Boca teve chance após bola quase sobrar com Tevez, mas o defensor foi mais ágil, evitando o empate. Aos 40 minutos, Lodeiro teve uma ótima chance de finalizar, mas a bola foi isolada. Nos acréscimos, Boca teve chance de empatar com cobrança de falta, mas Tevez cobrou longe. No último lance, Cata Díaz quase empata a partida, mas a defesa do del Valle tirou a bola de cima da linha.