Aberdeen controla vantagem, bate Ventspils novamente e avança na Europa League

Equipe escocesa administra bem o placar conseguido no primeiro jogo e triunfa mais uma vez sobre o adversário da Letônia com gol solitário de Rooney

Aberdeen controla vantagem, bate Ventspils novamente e avança na Europa League
Foto: SNS Group
Ventspils
0 1
Aberdeen
Ventspils: Ventspils: Uvarenko; Obuobi, Siņeļņikovs (Tidenbergs, min. 65), Paulius, Alekseev (Svarups, min. 81); Koļesovs, Karlsons, Rečickis (Alfa, min. 86), Boranijaševič; Rugins e Jemeļins Técnico: Jurģis Pučinskis
Aberdeen: Aberdeen: Lewis; Logan, Shinnie, Considine, Taylor; Reynolds, McLean, Rooney (Burns, min. 80), McGinn (Stockley, min. 71), Hayes (Storey, min. 82) e Jack Técnico: Derek McInnnes
Placar: 0-1, min. 79, Rooney
ÁRBITRO: Árbitro: Danilo Grujić (Sérvia) Cartões Amarelos: Ventspils: Kolesovs (min. 59) Aberdeen: Jack (min. 18), McLean (min. 42), Lewis (min. 76)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 3ª fase eliminatória da Uefa Europa League

Nesta quinta-feira (21) pela segunda fase eliminatória da Uefa Europa League entre Ventspils e Aberdeen no estádio Ventspils Olimpiskais Stadions na Letônia, o Aberdeen venceu o time local mais uma vez, batendo o rival dessa vez por 1 a 0 com gol de Adam Rooney.

Com o triunfo o time fechou em 4 a 0 no placar agregado e avança para a próxima fase eliminatória da competição continental, deixando mais um rival pelo caminho que não chegará a fase de grupos do torneio e enfrentará Maribor da Sérvia ou Levski Sófia, da Bulgária na próxima fase. Primeiro jogo acontecerá na próxima quinta-feira (28) no Pittodrie Stadium, independente de quem passar do adversário dos Dons. 

A primeira grande chance foi dos visitantes que quase conseguiram marcar com Hayes que finalizou bem e obrigou a Uvarenko fazer segura defesa. Dois minutos depois Rugins respondeu que também fez com que Lewis tivesse que trabalhar. Apenas administrando a boa vantagem já conseguida, o time escocês teve nova chance aos 21 minutos com Considine que bateu firme para boa intervenção de Uvarenko.

Num segundo momento a partida perdeu em intensidade com apenas algumas escapadas dos visitantes e poucas chances criadas por parte dos mandantes, até que aos 42 minutos Sinelnikovs foi derrubado por Considine na área e foi assinalado o pênalti. Na cobrança Jemelins bateu e acabou parando em Lewis que defendeu a batida e garantiu o 0 a 0 no primeiro tempo.

Após o intervalo o jogo também seguiu bem controlado por parte dos visitantes aos 11 minutos com Sinelnikovs bateu bem para nova boa intervenção de Lewis. Com 15 minutos McGinn teve boa chance por parte do conjunto escocês e forçou ao arqueiro do time da casa a defender bem.

Com 22 minutos Paulius teve boa chance dentro da área e fez com que Lewis operasse um milagre para evitar a abertura do placar, depois disso a partida perdeu em interesse por parte dos dois times e justamente foi disso que se aproveitou o Aberdeen que em bom contra-ataque teve Hayes lançando Rooney que bateu na saída de Uvarenko para abrir o placar aos 34 minutos.

Depois disso o jogo praticamente acabou com ambos os times apenas cumprindo protocalrmente os minutos restantes com um lado apenas administrando e outro sem qualidade para pressionar e terminou mesmo em 1 a 0 para o Aberdeen.