Nos pênaltis, Young Boys elimina Shakhtar e avança na Champions

Equipe suíça devolveu o mesmo placar da ida e venceu nas cobranças de pênalti; a equipe ucraniana não ficava de fora da fase de grupos da UCL desde 2009

Nos pênaltis, Young Boys elimina Shakhtar e avança na Champions
Foto: Divulgação/Young Boys
Young Boys (4)
2 0
Shakhtar Donetsk (2)

Nesta quarta-feira (3), Young Boys e Shakhtar Donetsk se enfrentaram pelo jogo de volta da terceira fase da Uefa Champions League 2016/17, no Stade de Suisse, em Berna. A equipe da casa, que precisava vencer pelo placar igual da ida e forçar uma possível prorrogação, encarou os ucranianos que poderiam até perder por um gol que ainda garantiam sua vaga para ultima fase antes dos grupos.

Em duelo disputado, os donos da casa conseguiram igualar o confronto e venceram por 2 a 0, os dois gols foram marcados por Kubo no tempo normal. No tempo extra a partida não houve gols e foi para os pênaltis. Os suíços venceram pelo placar de 4 a 2, Hoarau, Kubo, Rochat e Gajic converteram, apenas Hadergjonaj perdeu. Para a equipe ucraniana Srna e Marlos fizeram e Fred e Rakitskiy desperdiçaram.

O resultado garantiu a equipe da capital suíça na ultima fase de playoffs. Eles esperam o sorteio que será realizado nesta sexta-feira (5), em Nyon, para saber que mserá seu adversário na fase seguinte do torneio.

A equipe visitante teve uma boa oportunidade aos 17 minutos em cobrança de escanteio batida por Srna. A bola viajou à área e chegou aos pés de Stepanenko, o volante desviou e mandou por cima da meta do Mvogo. No fim da primeira etapa, em outra bola levantada na área, novamente com Srna, o experiente lateral croata colocou na cabeça de Stepanenko que mandou em cima de Mvogo que fez grande defesa.

Na etapa final, a equipe ucraniana perdeu a chance de abrir o marcador com o brasileiro Taison, que recebeu lançamento e mandou em cima do goleiro que fez ótima intervenção e mandou para tiro de canto. No lance seguinte, Marlos cobrou escanteio e Dentinho cabeceou em cima de Mvogo que no susto fez a defesa.

Aos nove minutos, os donos da casa abriram o marcador no cruzamento feito por Sulejmani, o sérvio deu na medida para Kubo empurrar para o fundo do gol e deixar sua equipe com esperanças de reverter à desvantagem. Não demorou muito e o segundo gol veio aos 15 minutos em outra jogada de Sulejmani que tocou para Hoarau que fez o pivô e serviu para Kubo mandar no cantinho e igualar o confronto. Logo depois tiveram a oportunidade de marcar o terceiro em um lindo arremate de Bertone que mandou no travessão.

No fim da partida os visitantes quase fizeram o gol da classificação com Marlos, que recebeu o cruzamento da esquerda e de chapa mandou no cantinho. A bola passou perto e foi pra fora.

Já no tempo extra, o time da casa foi pra cima e aos 13 minutos Sutter arriscou de fora da área e Pyatov, desajeitado, espalmou para tiro de canto. Depois, na segunda etapa, Kubo foi acionado dentro da área e de canhota arriscou pra fora.

Na cobrança de pênaltis os suíços levaram a melhor convertendo quatro dos cinco pênaltis e ainda o goleiro Mvogo pegou a cobrança do brasileiro Fred.