Brendan Rodgers elogia atuação do Celtic na vitória sobre o Rangers: "Foram brilhantes"

Treinador parabeniza desempenho dos jogadores após a derrota pela Champions League durante a semana

Brendan Rodgers elogia atuação do Celtic na vitória sobre o Rangers: "Foram brilhantes"
Foto: Reuters

Depois da vitória no final do jogo do Celtic sobre o Rangers, agora pela semifinal da Copa da Liga Escocesa, neste domingo (23), o técnico Brendan Rodgers parabenizou a equipe pela atuação no Old Firm.

"Eu acho que nós fomos muito dominantes em termos de chances e no poder, na qualidade e na força de nosso jogo hoje. Às vezes, você nunca sabe se as oportunidades de gol criadas vão entrar ou talvez você não tem um pouco mais da sorte que está merecendo, então você está sempre vulnerável a um contra-ataque, mas acho que a forma como nós fomos ao jogo hoje foi brilhante".

"Os jogadores impediram eles de construírem jogadas e de tentarem colocar pressão e intensidade. O que fomos capazes de colocar sobre eles foi de alto nível. Quando tivemos a bola, criamos oportunidades e nos tornamos uma grande ameaça. Assim, em cada elemento do nosso jogo foi de um nível elevado. Quando você considera que tivemos um jogo muito difícil da Champions League no meio da semana, cada um dos jogadores merece uma enorme quantidade de crédito não apenas pelo desempenho, mas pela sua força e mentalidade para conseguir a vitória", disse o treinador.

Rodgers falou das substituições que fez durante o jogo: "Leigh (Griffiths) e Stuart Armstrong foram brilhantes. Stuart acrescentou um verdadeiro impulso e energia em nosso jogo. Jogamos muitos jogos nesta temporada e por causa da maneira como jogamos, há um alto nível de fisicalidade necessária para pressionar e sermos agressivos, encurtando o campo. No momento em que caímos de rendimento, precisávamos revigorar a equipe".

"Stuart veio e adicionou grande poder e velocidade para a equipe. Leigh veio e fez o que faz melhor. Ele parecia uma grande ameaça e estava desapontado por não marcar gols, mas ele mostrou sua verdadeira generosidade por dar aquele passe a Moussa (Dembélé), que finalizou de maneira inteligente para nos dar o gol da vitória", concluiu.