Bravo e Mina saem lesionados em empate sem gols entre Colômbia e Chile

Partida marcou retorno de Falcao García, mas atacante nada pôde fazer para tirar o placar do zero; Mina deixou o campo lesionado

Bravo e Mina saem lesionados em empate sem gols entre Colômbia e Chile
Falcao demonstrou vontade, mas não foi o bastante para evitar mais um empate entre Colômbia e Chile (Foto: Conmebol/Divulgação)
Colômbia
0 0
Chile
Colômbia: OSPINA; ARIAS, MINA, O. MURILLO, DÍAZ; SÁNCHEZ, ABEL, JAMES, BERRÍO, CARDONA; BORJA. TÉCNICO: JOSÉ PEKERMAN
Chile: BRAVO; ISLA, ROCCO, JARA, MENA; ARANGUIZ, VIDAL, DIAZ; FUENZALIDA, VARGAS, BEAUSEJOUR. TÉCNICO: PIZZI

Casa cheia para empurrar os donos da casa, mas durante o hino, todos tiveram seu momento de festa. Empolgação chilena e emoção colombiana. No entanto, só foi a bola rolar que os sentimentos bons foram esquecidos. Colômbia e Chile fizeram uma partida fraca, sem grandes emoções e ficaram no empate em 0 a 0 na 11ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia 2018.

Dos lados colombianos, as expectavas ficaram em cima do retorno de Falcao García, que retornara a seleção após mais de um ano. Porém, José Pekerman optou por iniciar o jogo com o jovem goleador Miguel Borja. Já dos lados chilenos, frustação antes da partida. Cortado por uma lesão no tendão, o time não contou com Alexis Sanchéz. Com isso, Eduardo Vargas ficou como o único responsável pelo ataque da equipe de Juan Antonio Pizzi.

A Colômbia permanece próxima a zona de classificação para a próxima Copa do Mundo, já o Chile pode terminar a rodada em 7º lugar. O próximo compromisso dos colombianos será em San Juan, onde enfrentarão a Argentina, na terça-feira (15), às 19h. No mesmo dia, às 21h30, o Chile recebe o Uruguai em Santiago.

Primeiro tempo apático e sem grandes chances

A primeira oportunidade surgiu por parte dos visitantes. Isla cruzou, a zaga afastou mal e Vidal teve todo tempo do mundo para se preparar e bater de primeira, mas a bola passou perto da trave do goleiro Ospina.

Nos primeiros 20 minutos, foi o Chile quem teve mais presença ofensiva, porém, sem grandes oportunidades de gol. As principais jogadas surgiam dos pés de Arturo Vidal, um dos melhores na primeira etapa, o bastante para levantar os chilenos que compareceram ao Estádio Metropolitano, em Barranquilla.

A Colômbia chegou a assustar apenas na reta final, aos 38 minutos – e quase marcou. James Rodriguez cruzou e Murillo, livre, cabeceou firme, obrigando Claudio Bravo a fazer uma bela defesa à queima roupa.

Antes do fim, Bravo brilhou de novo e evitou o gol de Miguel Borja, que desviou outro cruzamento de James. O goleiro chileno, entretanto, não completaria 90 minutos em campo.

Muita bola parada e pouco futebol

Após 21 minutos de intervalo, as equipes voltaram para o gramado e a Colômbia com novidade. Falcao García entrou no lugar de Miguel Borja para alegria da torcida, que já pedia a entrada de “El Tigre”.

Com sete minutos, Arias saiu na cara de Bravo e foi parado pelo goleiro. No lance, o chileno recebeu um tostão na coxa direita e precisou ser atendido em campo. Ainda assim, o jogo seguiu. No entanto, seis minutos depois, Bravo voltou a sentir e, desta vez, não continuou mais em campo. Johnny Herrera, ex-Corinthians, entrou para substituí-lo.

O primeiro grande lance aconteceu somente aos 33 minutos. Vargas puxou contra-ataque e deixou Fuenzalida em condições de finalizar. O meia chutou cruzado e a bola foi à direita de Ospina. No lance, além dos chilenos, quem também lamentou foram os palmeirenses. Mina sentiu a coxa e teve de substituído. Buscando a vitória, Pekerman colocou o meia Macnelly Torres em seu lugar.

A mudança deu certo. A Colômbia passou a ficar mais com a bola e a chegar com mais frequência à meta agora defendida por Herrera. Porém, não o bastante para tirar o placar do zero. James mostrava vontade, mas de nada adiantou. Wilton Pereira Sampaio, árbitro brasileiro, deu nove minutos de acréscimos devida às inúmeras pausas durante o jogo por lesão. Mesmo assim, o placar persistiu até o fim e o torcedor colombiano, que compareceu em peso, teve de se contentar com o empate.