Sevilla e Juventus duelam em confronto direto pela liderança do Grupo H

Líderes da chave, espanhóis têm dez pontos, enquanto italianos vêm logo na segunda posição, com oito

Sevilla e Juventus duelam em confronto direto pela liderança do Grupo H
Sevilla
Juventus
Sevilla: Rico; Mercado, Rami, Parejo; Mariano, Nasri, N'Zonzi, Vázquez, Escudero; Vitolo, Vietto. Técnico: Jorge Sampaoli.
Juventus: Buffon; Daniel Alves, Bonucci, Rugani, Evra; Khedira, Marchisio, Pjanic; Cuadrado, Mandzukic, Alex Sandro. Técnico: Massimiliano Allegri.
ÁRBITRO: Mark Clattenburg (ING)
INCIDENCIAS: Partida válida pela quinta rodada do Grupo H da Uefa Champions League, a ser realizada no estádio Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilha

Sevilla e Juventus entram em campo nesta terça-feira (22), no estádio Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilha, visando a liderança do Grupo H da Uefa Champions League. Os espanhóis somam dez pontos e estão no topo da chave, mas uma derrota para os italianos os fariam cair para segundo, já que a Juve contabiliza dois pontos a menos. A partida está marcada para as 17h45 (de Brasília) e é válida pela quinta rodada da fase de grupos da competição continental.

O Sevilla chegou à liderança do Grupo H após golear o Dinamo Zagreb, por 4 a 0, em casa, e contar com o tropeço da Juve diante do Lyon. A equipe de Turim ficou no empate por 1 a 1 com os franceses, em jogo disputado no Juventus Stadium, e se distanciou do time da Andaluzia.

As duas equipes chegam ao confronto desta terça-feira tendo vencido seus respectivos jogos do último fim de semana. O Sevilla bateu o Deportivo La Coruña, de virada, por 3 a 2, fora de casa, pela 12ª rodada da La Liga. Já a Juventus enfiou 3 a 0 no Pescara, dentro de seus domínios, com direito a golaço do meio-campista brasileiro Hernanes, em duelo valendo pela 13ª jornada da Serie A.

Em setembro, a Juve recebeu o Sevilla na estreia da Champions League 2016/17 e não saíram do zero.

Sampaoli quer classificação à próxima fase contra a Juventus

Foto: Aitor Alcalde Colomer/Getty Images
Foto: Aitor Alcalde Colomer/Getty Images

Nada de depender de resultados na última rodada. Jorge Sampaoli, treinador do Sevilla, deixou claro, em entrevista coletiva nessa segunda-feira (21), a vontade de conquistar um bom resultado contra a Juventus. A intenção do comandante é a classificação antecipada para a fase de mata-mata.

Com dez pontos, o Sevilla precisa de apenas um empate ante a Juventus para garantir o avanço à próxima fase com uma rodada de antecedência. É que o terceiro colocado, Lyon, tem quatro pontos e não poderia chegar a 11 mesmo se vencer os últimos dois jogos.

Sampaoli, no entanto, não quer saber de empate. “A primeira coisa é que nós queremos tomar conta do jogo, para nos impor. Eu não pensei em um empate. Isso não é a nossa ideia. Nós queremos dominar a Juventus e ganhar o jogo”, afirmou o treinador.

Um dos destaques do Sevilla nesta temporada, o meia Samir Nasri não entrou em campo contra o Deportivo La Coruña, no último sábado (19), devido a um problema no tendão. Sampaoli explicou que a escalação do jogador francês no time titular vai depender de sua condição de jogo.

Nasri treinou melhor hoje [segunda-feira] do que ontem, e a ideia é avaliá-lo ao longo das próximas 24 horas. Se ele estiver bem, a nossa ideia é que ele jogue”, salientou. “Mas eu não vou correr riscos. Há jogos pela frente, incluindo a nova chance de classificação contra o Lyon. No entanto, quero que este jogo [contra a Juventus] nos coloque na próxima fase. Eu não tenho nenhuma vontade de ir para Lyon precisando de um resultado para passar”, ressaltou.

Sem Dybala e Higuaín, Allegri deve mudar o esquema tático da Juve

Foto: Aitor Alcalde Colomer/Getty Images
Foto: Aitor Alcalde Colomer/Getty Images

Não bastasse a ausência de Paulo Dybala, lesionado, o técnico Massimiliano Allegri, da Juventus, não poderá contar com o atacante Gonzalo Higuaín para o jogo contra o Sevilla. O camisa 9 argentino sofreu uma lesão na coxa esquerda durante a vitória por 3 a 0 sobre o Pescara, no último sábado, e não viajou à Espanha com a delegação bianconera.

Sem os dois principais nomes do ataque da Juve, Allegri deve fazer uma mudança no sistema tático: trocar o 3-5-2 pelo 4-3-3, com Juan Cuadrado, Mario Mandzukic e Alex Sandro compondo o trio ofensivo. Vale lembrar que os zagueiros Andrea Barzagli e Medhi Benatia, e o atacante Marko Pjaca também estão lesionados.

A lesão de Higuaín não é muito grave, mas eu não queria arriscá-lo aqui e perdê-lo por um mês haja vista que temos várias partidas vitais na Serie A e outro jogo da Champions League que pode ser importante para nós. Mandzukic vai começar na frente e Cuadrado vai jogar perto dele, dependendo de qual sistema eu escolher”, disse Allegri, em entrevista coletiva nessa segunda-feira.

O treinador também exaltou a solidez defensiva da equipe de Jorge Sampaoli. “Independente da formação, nós sabemos que estamos diante de um time que ainda não sofreu gols na competição, então eles ainda estão invictos. Esperamos ser a primeira equipe a marcar contra eles”, destacou. “Vamos enfrentar o Sevilla, que está jogando um bom futebol e está em terceiro na liga espanhola, então vai ser um jogo bonito como todos eles são na Champions League”, elogiou Allegri.