Luiz Gustavo marca e Wolfsburg vence Hamburgo fora de casa

Volante brasileiro fez o único gol e ajudou os lobos a vencerem depois de sete partidas de jejum

Luiz Gustavo marca e Wolfsburg vence Hamburgo fora de casa
Foto: Stuart Franklin/Getty Images
Hamburgo
0 1
Wolfsburg
Hamburgo: Drobny; G. Sakai, Djourou, Spahic, Ostrzolek; Kacar, Holtby (Cléber Min. 84); Gregoritsch (Bahoui Min. 74), Hunt, Ilicevic; Lasogga (Olic Min. 64). Técnico: Bruno Labbadia
Wolfsburg: Casteels; Träsch (Caligiuri Min. 55), Naldo, Dante, M. Schäfer (Guilavogui Min. 78); Luiz Gustavo; Seguin, Arnold, Vieirinha, Schürrle; M. Kruse (Dost Min. 90). Técnico: Dieter Hecking
Placar: 0 – 1 Min. 73 Luiz Gustavo.
ÁRBITRO: Benjamin Brand (ALE)
INCIDENCIAS: Partida Válida Pela 33ª rodada da Bundesliga 2015/16. Estádio: Volksparkstadion/Hamburgo (Alemanha). Público: 57.000 Pagantes.

Neste sábado (7), Hamburgo e Wolfsburg se enfrentaram pela 33ª rodada da Bundesliga 2015/16, no Volksparkstadion. O jogo foi truncado e terminou com vitória dos visitantes pelo placar de 1 a 0, o gol foi marcado por Luiz Gustavo. 

Com o resultado, os lobos voltaram a vencer depois de sete partidas e subiram para oitava colocação com 42 pontos. Já os dinos estacionaram na décima segunda colocação com 38 pontos e não tem mais possibilidade de cair par a segunda divisão.

A próxima partida do Hamburgo será fora de casa contra o Augsburg na WWK Arena. Enquanto que o Wolfsburg recebe o Stuttgart na Volkswagen Arena, os jogos serão no próximo sábado (14).

Primeiro tempo com poucos chutes no alvo

O Hamburgo, que se despedia de seu torcedor na ultima partida em casa, encarou uma equipe que vem em crise e queria terminar o campeonato de forma mais digna. Os lobos vinham de sete jogos sem vencer na competição e queriam o triunfo para amenizar a crise.

A equipe da casa teve sua primeira chance aos cinco minutos com Lasogga, que arriscou sem direção. Depois foi a vez de Hunt, que enfrentava sua ex-equipe, arriscar ao gol, mas Naldo no momento exato fez a intervenção.

Os mandantes tiveram outra oportunidade aos 20 minutos em cobrança de escanteio batido por Hunt e Gregoritsch desviou de cabeça e mandou pra fora. Os lobos até que tentaram sair para o jogo: No cruzamento feito por Schäfer na área, a bola chegaria a Max Kruse que não conseguiu desviar.

Minutos depois foi a vez de Arnold, mas o jovem meio-campista arriscou mal e mandou pra fora. No fim da primeira etapa, Naldo cobrou a falta com violência e obrigou Drobny a fazer boa defesa, mas na sobra Träsch isolou para longe.

Luiz Gustavo marca e os lobos vencem depois de sete jogos

Na etapa final, o Wolfsburg foi pra cima e criou boas oportunidades para abrir o marcador. Aos sete minutos, Vieirinha cobrou a falta na área e Drobny espalmou, mas o assistente viu o brasileiro Dante em posição de impedimento. Outro que tentou novamente foi Arnold, que arriscou em cima do goleiro tcheco que fez a defesa.

Aos 19 minutos, Olic, que estava se despedindo do clube, entrou no lugar de Lasogga. O experiente atacante, em sua primeira chance na partida, arriscou com perigo ao gol de Casteels, que substituiu Benaglio.

Os lobos perderam uma ótima chance de abrir o marcador aos 26 minutos. Caligiuri serviu para Arnold que deu na medida para Schürrle que mandou de chapa, mas Spahic salvou em cima da linha.

Só que aos 28 minutos conseguiram abrir o marcador em cobrança de escanteio batido por Schäfer, a bola viajou até a área e Naldo desviou de cabeça para Luiz Gustavo dar um leve desvio e tirar qualquer chance de defesa para Drobny.

Além disso, a partida marcou as despedidas de Olic, Rudnevs, Ilicevic e Drobny que estão com seus contratos se encerrando e a diretoria optou por não renovar e os quatros jogadores fizeram sua ultima partida diante de 57 mil torcedores que estiveram presentes ao Volksparkstadion.