Djilobodji marca no fim, Werder Bremen vence Eintracht Frankfurt e permanece na Bundesliga

Jogo fraco foi decidido nos últimos minutos; Frankfurt disputa repescagem contra Nuremberg, terceiro colocado da 2. Bundesliga

Djilobodji marca no fim, Werder Bremen vence Eintracht Frankfurt e permanece na Bundesliga
(Foto: Oliver Hardt/Bongarts/Getty Images)
Werder Bremen
1 0
Eintracht Frankfurt

Foi um jogo muito fraco. Diferente do que se esperava pela necessidade do resultado positivo, Werder Bremen e Eintracht Frankfurt se enfrentaram pela última rodada da Bundesliga 2015-2016 na manhã deste sábado e realizaram um jogo aquém das expectativas. Ainda assim, o time da casa tem muito a comemorar. Com um gol marcado por Djilobodji nos momentos finais do confronto, realizado no Weserstadion, os Verdes venceram por 1 a 0.

Com o resultado, o Werder Bremen escapou do rebaixamento e terminou o Campeonato Alemão na 13ª colocação, com 38 pontos. Por outro lado, o Eintracht Frankfurt, que precisava apenas de um empate para se manter na elite, entrou na zona da degola e ocupou o 16º lugar, com 36 pontos. O time tem uma chance de permanecer na 1. Bundesliga ao enfrentar o Nuremberg, terceiro colocado da 2. Bundesliga, nos playoffs a serem realizados no decorrer da próxima semana.

O jogo não teve emoções, exceto nos últimos 10 minutos. Na etapa inicial, a partida ficou concentrada no meio de campo. Os times tinham a posse de bola, mas eram ineficazes em trabalhar e construir boas jogadas. A melhor oportunidade do primeiro tempo veio aos 21 minutos, quando Ben-Hatira passou fácil pela defesa e chutou na entrada da área. O goleiro Wiedwald pulou no canto esquerdo e fez uma brilhante defesa para evitar o gol do Eintracht Frankfurt.

No segundo tempo, a partida seguiu em ritmo morno. Os clubes não conseguiam atacar e estava difícil acompanhar o jogo. Os visitantes se contentavam com o empate e os donos da casa se desesperavam por não conseguir atacar e ver o jogo cada vez mais próximo de seu final. Nos 10 minutos derradeiros, o Werder Bremen partiu para o ataque e foi premiado. Aos 36 minutos, Yildirim recebeu passe na grande área e chutou para a defesa do goleiro. Aos 43, porém, o time conseguiu o gol salvador. Djilobodji recebeu a bola dentro da área, dominou e chutou para evitar o reabixamento da equipe da casa.

(Foto: Nigel Treblin/Bongarts/Getty Images)
(Foto: Nigel Treblin/Bongarts/Getty Images)

Wolfsburg faz dever de casa e rebaixa Stuttgart

Na Volkswagen Arena, o Wolfsburg entrava em campo apenas para cumprir tabela e tinha como adversário o desesperado Stuttgart, que precisava da vitória e do tropeço dos principais concorrentes para ter mais uma chance de evitar o rebaixamento para a 2. Bundesliga. Não deu. Os donos da casa foram impiedosos e venceram por 3 a 1. Arnold e Schürrle (duas vezes) marcaram os gols do Wolfsburg, enquanto o Stuttgart descontou com Didavi.

Com o resultado, o Wolfsburg encerrou a participação na Bundesliga 2015-2016 no oitavo lugar, com 45 pontos. Por outro lado, o tradicional Stuttgart comprovou o péssimo desempenho na temporada por terminar a competição nacional na penúltima posição, com 33 pontos somados, e ser rebaixado.

No primeiro tempo, o Wolfsburg aproveitou a fragilidade do oponente para ter tranquilidade na busca de um resultado positivo. Aos 11 minutos, Schafer cruzou na área e Arnold aproveitou o lance para deixar a bola na rede, sem chances de defesa. Aos 29 minutos, os mandantes ampliaram a vantagem. Caligiuri tocou para Schürrle e o atacante chutou. A bola desviou e enganou o goleiro Langerak, que não pôde fazer nada.

Na etapa complementar, o Stuttgart partiu para o tudo ou nada em busca da permanência na elite do futebol alemão. Após as mudanças promovidas pelos dois treinadores, os visitantes esboçaram uma reação e conseguiram diminuir a diferença. Aos 33 minutos, Didavi cobrou falta com muita categoria e marcou um belo gol em lance de bola parada. Porém, o time não foi muito longe e o Wolfsburg sacramentou o rebaixamento. Aos 47 minutos, depois de boa jogada coletiva, Draxler encontra Schürrle sozinho, dentro da área, e o atacante finaliza para marcar o seu segundo tento na partida, o terceiro dos mandantes e dar números finais ao jogo.