Alemanha enfrenta Polônia buscando classificação para segunda fase da Eurocopa

Alemães e poloneses buscam a classificação de forma antecipada para segunda fase do torneio e se enfrentam na capital francesa

Alemanha enfrenta Polônia buscando classificação para segunda fase da Eurocopa
Foto: Vavel
Alemanha
Polônia
Alemanha: Neuer; Höwedes, J. Boateng, Hummels, Hector; Khedira, T. Kroos; T. Müller, Özil, Draxler; M. Götze. Técnico: Joachim Löw
Polônia: Boruc; Piszczek, Glik, Pazdan, Jedrzejczyk; Krychowiak, Maczynski; Blaszczykowski, Kapustka, Milik; Lewandowski. Técnico: Adam Nawalka
ÁRBITRO: Björn Kuipers (Holanda)
INCIDENCIAS: Partida Válida Pela 2ª rodada da Eurocopa 2016. Estádio: Stade de France/Saint-Denis (França). Horário: 16h00 (de Brasília).

Nesta quinta-feira (16), Alemanha e Polônia se enfrentam pela 2ª rodada da Eurocopa 2016 no Stade de France em Saint-Denis. Os alemães que buscam a classificação de forma antecipada para segunda fase encaram outra equipe que também quer sua para próxima fase do torneio. As duas seleções se enfrentaram nas eliminatórias e ambos venceram uma vez cada.

O árbitro da partida será o holandês Björn Kuipers e o confronto começa às 16h00. No ultimo encontro entre as duas seleções pelas eliminatórias e vitória dos alemães pelo placar de 3 a 1, os gols foram marcados por Mario Götze duas vezes e Thomas Müller. Para os poloneses o gol foi marcado por Robert Lewandowski em duelo realizado em Frankfurt.

Alemães buscando a classificação antecipada enfrentando o adversário mais complicado do grupo

Os alemães estrearam no torneio vencendo os ucranianos por 2 a 0, mesmo não fazendo um jogo brilhante. A equipe treinada por Joachim Löw deve ir com a mesma equipe e com uma novidade que será à entrada de Mats Hummels no setor defensivo que estava lesionado e quem deve ser sacado é Shkodran Mustafi que marcou um dos gols no ultimo jogo. E Mario Götze que não tinha feito uma grande partida continua mantido no time titular.

Para o comandante da seleção alemã é o jogo mais complicado do grupo: “Enfrentaremos um adversário muito forte e já tivemos a oportunidade de enfrentá-los em duas ocasiões pelas eliminatórias. A Polônia tem grandes jogadores em seu grupo e ainda um atacante que está em uma grande fase, o Lewandowski é o jogador que temos que ter mais cuidado por ser um atacante muito participativo no jogo. O grupo está ciente quais são seus pontos fortes e vamos fazer de tudo para não deixá-lo jogar”.

“Mostramos no primeiro jogo a nossa força e que vamos buscar chegar longe, só que precisamos manter os pés no chão. Estamos confiantes desta vez e conseguir a classificação de forma antecipada dará tranquilidade para chegarmos a ultima rodada sem depender de ninguém”.

E ainda falou sobre a possível entrada de Mats Hummels: “Ele está recuperado e 100% para jogar é um jogador importante para o grupo. Só esperávamos pela sua participação apenas na segunda fase, mas nos surpreendeu ao se recuperar rapidamente. O Hummels quer ajudar a nossa equipe e ele não vê a hora de estar em campo”.

Para o meio-campista Mesut Özil é um jogo duríssimo e decisivo: “Será uma partida difícil e decisivo para ambos. A equipe está focada em buscar outro bom resultado no duelo passado tivemos dificuldades por conta de um adversário que marcou muito. Os poloneses têm bons jogadores e que conhecemos das eliminatórias. Acredito que nós vamos sair com o triunfo e classificação antecipada para próxima fase”.

Poloneses apostam na dupla Lewandowski e Milik para surpreender os alemães

A equipe treinada por Adam Nawalka que venceu os norte-irlandeses no jogo passado buscam sua classificação de forma antecipada e chegar pela primeira vez à segunda fase do torneio que a equipe jamais conseguiu. As suas apostas estão no atacante do Bayern de Munique, Robert Lewandowski que foi o artilheiro das eliminatórias, mas passou em branco no primeiro jogo e também em outro atacante Arkadiusz Milik que marcou o gol no jogo passado.

Para Nawalka é prevê uma partida disputada: “Prevejo um jogo disputado e muito movimentado os alemães tem uma grande seleção e mostrou sua força no primeiro duelo. Mas não vamos ficar atrás e quero meu time saindo para o jogo. No duelo anterior tivemos oportunidades enfrentando um time fechado e desta vez poderemos ter mais chances contra um adversário que gosta de sair para o jogo. Não podemos se descuidar e um bom resultado estará de bom tamanho para nós”.

O volante Grzegorz Krychowiak vê um duelo complicado contra os alemães: “O time deles tem um coletivo muito forte e também é um dos favoritos para conquistar o torneio. Vamos dispostos a dar trabalho a eles que vão querer nos atacar, mas estamos preparados para enfrentar por igual e o jogo não deve ser nada fácil. Se nós conseguir o empate estará de bom tamanho e a ultima partida jogaremos por uma vitória simples”.