Bayern é eficiente, derrota Dortmund e conquista a DFL Super Cup

Bávaros marcam dois na segunda etapa e conquistam o primeiro titulo da temporada

Bayern é eficiente, derrota Dortmund e conquista a DFL Super Cup
Foto: Divulgação/Bayern de Munique
Borussia Dortmund
Bayern de Munique
Borussia Dortmund: Bürki; Passlack, Sokratis, Bartra, Schmelzer; Castro, S. Rode; Dembélé (Schürrle Min. 68) Kagawa, Ramos (Weigl Min. 69); Aubameyang (Emre Mor Min. 78). Técnico: Thomas Tuchel
Bayern de Munique: Neuer; Lahm, Javi Martinez, Hummels, Alaba; Xabi Alonso; T. Müller (Rafinha Min. 86), Thiago, Vidal (Kimmich Min. 71), F. Ribery (Coman Min. 65); Lewandowski. Técnico: Carlo Ancelotti
Placar: 0 – 1 Min. 58 Vidal, 0 – 2 Min. 79 T. Müller.
ÁRBITRO: Tobias Welz (ALE) Cartões Amarelos: Javi Martinez (Min. 9). Passlack (Min. 29), Ribery (Min. 29), Xabi Alonso (Min. 29), Dembélé (Min. 39). Rode (Min. 61).
INCIDENCIAS: Partida Válida Pela DFL Super Cup 2016. Estádio: Signal Iduna Park/Dortmund (Alemanha). Público: 81.360 Pagantes.

Neste domingo (14) Borussia Dortmund e Bayern de Munique se enfrentaram pela DFL Super Cup 2016 no Signal Iduna Park em Dortmund. Os aurinegros com o elenco reforçado para temporada encarou um time que manteve sua base para buscar novamente os títulos desta vez com Carlo Ancelotti.

A partida foi movimentado e os bávaros venceram pelo placar de 2 a 0, os gols foram marcados por Vidal e Thomas Müller. O resultado deu o quinto titulo ao clube da Baviera.

O próximo jogo do Borussia Dortmund será fora de casa contra o Eintracht Trier no Moselstadion na próxima segunda-feira (22). Enquanto que o Bayern de Munique também atua fora de casa contra Carl Zeiss Jena no Ernst-Abbe Sportfeld na próxima sexta-feira (19), os jogos são válidos pela 1ª fase da DFB Pokal.

Primeira etapa disputada e as duas equipes perderam boas chances de gol

O primeiro jogo oficial começou quente e os donos da casa com seu time reforçado deu suas cartas aos 6 minutos com o zagueiro Bartra que estava estreando que deu ótimo passe para Kagawa, mas o japonês arriscou pra fora. Em seguida o espanhol deu outra assistência para Aubameyang só que o gabonês foi interceptado.

A equipe mandante vinha melhor na partida e aos 11 minutos Castro levantou a bola na área e Aubameyang se livrou dos marcadores e mandou pra fora que poderia ser o primeiro gol do jogo.

Minutos mais tarde aos 33 outro estreante o francês Dembélé recebeu de frente com Neuer, mas o goleiro fez grande defesa. No lance seguinte o mesmo jogador tentou colocado e mandou sem direção. A melhor chance da partida foi um minuto depois com Adrían Ramos que saiu de frente com Neuer só que o arqueiro bávaro fez outra boa defesa.

O time visitante só foi responder aos 37 minutos com Arturo Vidal, o chileno pegou a sobra da cobrança de escanteio de canhota arriscou com perigo sobre a meta de Bürki. E ainda perdeu a oportunidade de abrir o marcador ao desviar o cruzamento de cabeça de Javi Martinez e o suíço no reflexo fez a defesa e depois o volante mandou por cima.

No ultimo lance da primeira etapa Hummels saiu jogando errado e deu nos pés de Dembélé que arriscou pra fora uma grande chance de abrir o marcador, antes do intervalo.

Bayern é mais eficiente e marca dois gols e conquista o titulo

A equipe da casa começou em cima na etapa final e aos 5 minutos Aubameyang arriscou em cima do defensor e a bola sobrou para Passlack mandar uma bomba, mas Neuer fez grande defesa. Logo depois foi a vez Dembélé se livrou de dois jogadores e de canhota mandou no canto esquerdo de Neuer que espalmou para escanteio.

Só que aos 13 minutos os bávaros abriram o marcador Ribery arrancou do campo de defesa e tocou para Lewandowski que cruzou para o meio da área e Vidal arriscou na primeira Bürki fez a defesa e na sobra o chileno mandou para o fundo do gol.

A equipe aurinegra teve outra chance com Castro que arriscou de fora da área, mas mandou fraco e Neuer fez a defesa com segurança.

Só que aos 34 minutos os bávaros aumentam o marcador Thiago cobrou escanteio na área Hummels escora de cabeça para Müller que desviou de cabeça e amplia para sua equipe na partida. E ainda Coman tocou para Kimmich que mandou colocado por cima da meta de Bürki.