Lewandowski marca três e Bayern goleia Werder Bremen na abertura da Bundesliga

Polonês deixa sua marca e ajuda sua equipe a vencer na estreia do torneio alemão

Lewandowski marca três e Bayern goleia Werder Bremen na abertura da Bundesliga
Foto: Divulgação/Uefa
Bayern de Munique
6 0
Werder Bremen
Bayern de Munique: Neuer; Lahm (Rafinha Min. 74), Hummels, Javi Martinez, Alaba (Bernat Min. 78); Xabi Alonso (Kimmich Min. 64), Vidal, Thiago; T. Müller, F. Ribery; Lewandowski. Técnico: Carlo Ancelotti
Werder Bremen: Wiedwald; Gebre Selassie, L. Sané, Diagne, Caldirola; Fritz, Ro. Bauer; Yatabaré, Bartels (Thy Min. 88), Grillitsch (Eggestein Min.74); Johannsson (Sternberg Min. 64). Técnico: Viktor Skripnik
Placar: 1 – 0 Min. 9 Xabi Alonso, 2 – 0 Min. 13 Lewandowski, 3 – 0 Min. 46 Lewandowski, 4 – 0 Min. 66 Lahm, 5 – 0 Min. 73 Ribery, 6 – 0 Min. 77 Lewandowski.
ÁRBITRO: Christian Dingert (ALE) Cartão Amarelo: Sternberg (Min. 87).
INCIDENCIAS: Partida Válida Pela 1ª rodada da Bundesliga 2016/17. Estádio: Allianz Arena/Munique (Alemanha). Público: 75.000 Pagantes.

Nesta sexta-feira (26), Bayern de Munique e Werder Bremen se enfrentaram pela abertura da 1ª rodada da Bundesliga 2016/17 na Allianz Arena em Munique. Os bávaros, que são o maior campeão da competição com 26 conquistas e tem como novidade o italiano Carlo Ancelotti, tiveram pela frente um time que brigará pelo menos para permanecer na elite nesta temporada.

Sem dificuldades, os bávaros golearam por 6 a 0 com três gols de Lewandowski um deles em cobrança de pênalti, os demais foram de Xabi Alonso, Lahm e Ribery. Com o resultado deu os primeiros pontos ao time bávaro.

O próximo jogo do Bayern de Munique será fora de casa contra o Schalke 04 na Veltins-Arena no próximo dia (9/9). Enquanto que o Werder Bremen recebe no Weserstadion o Augsburg no dia (11). Na próxima semana não haverá rodada por conta da data Fifa.

Bayern marca dois gols de forma rápida e consegue o controle do jogo

Os bávaros agora sob o comando de Carlo Ancelotti deram as cartas logo de cara e foram pra cima. Aos 7 minutos, na boa descida de Lahm, o capitão cruzou rasteiro para Müller que arriscou em cima de Robert Bauer.

Só que aos 9 minutos, conseguiram abrir o marcador com um golaço de Xabi Alonso, o experiente volante pegou a sobra da defesa e de fora da área arriscou, sem chances de defesa para Wiedwald.

Não demorou muito para aumentar o marcador aos 13 minutos: Ribery acionou Lewandowski, o atacante em posição legal recebeu e em seguida invadiu a área mandando ao gol do adversário, ampliando a vantagem.

A equipe da casa continuou mandando na partida e por pouco não marcou mais um aos 25 minutos: no cruzamento feito por Lahm a Lewandowski, o atacante desviou de leve e Wiedwald fez a defesa. Depois foi a vez de Müller parar no arqueiro, que fez outra intervenção.

Ainda o camisa 25 teve mais uma oportunidade ao arriscar de fora da área e mandar na trave e na sobra Lewandowski perdeu. Tiveram outra bola na trave, desta vez com Lewandowski que tabelou com Müller, mas o arqueiro desviou de leve que seria mais um gol do time de Munique.

O time visitante estava totalmente perdido em campo e aos 43 minutos em uma saída errada da defesa a bola chegou aos pés de Lewandowski, o polonês pegou e arriscou rasteiro só que Wiedwald estava atento e fez a defesa.

Lewandowski faz um Hat-trick e Bayern vence a primeira na competição

Com menos de um minuto de bola rolando, os mandantes aumentaram o marcador: Müller, sem marcação, levantou a bola na área e Lewandowski, também livre, apenas desviou e deixou mais um na partida.

Minutos mais tarde, conseguiram marcar o quarto com o capitão Lahm, o lateral tabelou com Müller, em seguida, entrou na grande área e mandou no canto do goleiro Wiedwald, que nada poderia fazer.

Os papagaios até que tentaram aos 24 minutos com o lateral Gebre Selassie, que arriscou mascado de canhota, facilitando a defesa do arqueiro Neuer.

Depois, a equipe da casa marcou o quinto gol aos 28 minutos, em outro passe de Thomas Müller, que deu na medida para Ribery. O francês, desmarcado, mandou no ângulo marcando um belo gol.

E ainda tiveram um pênalti a seu favor aos 33 minutos. Eggestein derrubou o brasileiro Rafinha dentro da área e o árbitro apontou para marca da cal. Na cobrança, Lewandowski bateu e converteu para o time bávaro.