Schweinsteiger se emociona em despedida da Seleção Alemã: "Só posso dizer obrigado"

Meio campista encerra ciclo com a camisa da Mannschaft; Schweini não conteve as lágrimas ao discursar para adeptos

Schweinsteiger se emociona em despedida da Seleção Alemã: "Só posso dizer obrigado"
Schweinsteiger não vestirá mais a camisa da seleção (Foto: Lars Baron/Getty Images)

Alemanha e Finlândia se enfrentaram em amistoso internacional nesta quarta-feira (31), no Borussia Park, em Mönchengladbach. Com gols de Meyer e Özil, os alemães venceram o confronto que marcou a despedida do meio campista Bastian Schweinsteiger, que não vestirá mais a camisa da seleção.

A partida se desenvolveu em ritmo de treino no gramado do Borussia Park e fora dele, o clima era de festa com o desfecho de uma das histórias mais vitoriosas do futebol alemão. Aos 32 anos, Schweinsteiger encerrou seu ciclo após defender a seleção alemã em 121 jogos, onde marcou 24 gols e deu 39 assistências.

Desde 2004 atuando pela seleção, o agora ex-capitão Schweinsteiger, participou de três edições de Copas do Mundo e quatro edições Eurocopa. Dez anos após fazer sua estreia com a camisa da Mannschaft, Bastian foi um dos pilares da campanha alemã na conquista do Mundial de 2014, no Brasil.

(Foto: Lars Baron/Getty Images)
Meio campista visivelmente emocionado (Foto: Lars Baron/Getty Images)

Schweinsteiger foi homenageado pelos companheiros e compatriotas antes da bola rolar, com flores, cartazes e faixas de agradecimento. Ovacionado por vários minutos pelos adeptos, o meio campista não conteve as lágrimas ao discursar para os cerca de 54 mil torcedores presentes no estádio.

"Eu apenas posso dizer obrigado a todos que vieram aqui, isso significa muito para mim", disse Schweinsteiger, após o apito final. “Eu quero agradecer todos da seleção alemã, por tudo. Quero agradecer também a comissão técnica e a Federação Alemã de Futebol, entre outros que estão por trás desta equipe”, acrescentou.

Foi uma grande honra vestir essa camisa, sinto uma gratidão muito profunda pela oportunidade e por ser capaz de experimentar tudo isso”, afirmou. “Desejo todo o melhor para a minha seleção e espero que nos encontremos de novo em outro lugar", finalizou Schweinsteiger, visivelmente emocionado.