Na estreia de Mario Gomez, Wolfsburg não sai do zero diante do Colônia

Atacante fez sua estreia, mas sua equipe não saiu do empate sem gols

Na estreia de Mario Gomez, Wolfsburg não sai do zero diante do Colônia
Foto: Divulgação/Uefa
Wolfsburg
0 0
Colônia
Wolfsburg: Casteels; Blaszczykowski, Bruma, Knoche, R. Rodriguez; Luiz Gustavo, Gerhardt (Arnold Min. 63); Caligiuri (Bruno Henrique Min. 62), Didavi (Brekalo Min. 79), Draxler; Gomez. Técnico: Dieter Hecking
Colônia: S. Müller; Sörensen, Mavraj, Heintz, Hector; Höger, M. Lehmann (Mladenovic Min. 87), Risse, Bittencourt; Modeste (Zoller Min. 79), Osako (Jojic Min. 67). Técnico: Peter Stöger
ÁRBITRO: Guido Winkmann (ALE) Cartões Amarelos: Blaszczykowski (Min. 62), Luiz Gustavo (Min. 57), Höger (Min. 66), M. Lehmann (Min. 66), Bittencourt (Min. 73).
INCIDENCIAS: Partida Válida Pela 2ª rodada da Bundesliga 2016/17. Estádio: Volkswagen Arena/Wolfsburg (Alemanha). Público: 29.067 Pagantes.

Neste sábado (10) Wolfsburg e Colônia se enfrentaram pela 2ª rodada da Bundesliga 2016/17 na Volkswagen Arena em Wolfsburg. Os lobos que tiveram a estreia do atacante Mario Gomez e que buscavam o segundo triunfo seguido na competição contra um adversário que também queria a vitória.

O jogo foi movimentado e terminou no empate sem gols. Com o resultado, as duas equipes foram para 4 pontos. Os lobos estão em quarto. Já os bodes são o terceiros colocados.

A próxima partida do Wolfsburg será fora de casa contra o Hoffenheim na Rhein Neckar Arena, no próximo sábado (17). Enquanto que o Colônia recebe o Freiburg no Rhein Energie Stadion na próxima sexta-feira (16).

Bodes criam boas oportunidades, mas param no goleiro Casteels

O duelo marcou a estreia de Mario Gomez nos lobos e o atacante teve sua primeira chance aos 4 minutos, ao receber assistência de Caliguiri e arriscou fraco para a boa defesa de Sven Müller, que substituiu o lesionado Horn. Ainda o lateral Rodriguez tentou em cobrança de falta, mas a bola subiu para fora da meta adversária.

No lance seguinte, foi a resposta do visitantes Sörensen deu um passe longo para Modeste, o atacante ganhou na disputa de Knoche e bateu em cima de Casteels que fez o abafa no arremate do atacante francês.

A resposta dos mandantes foi aos 11 minutos, em grande jogada de Draxler, que entrou pela diagonal e cruzou para Didavi, mas o jogador mandou em cima de Heintz que fez a intervenção.

Os bodes perderam uma grande oportunidade de abrir o marcador: Höger desvia de cabeça e toca para Risse acionar Osako, o japonês tocou na medida para Leonardo Bittencourt, que chegou atrasado para arrematar ao gol. Ainda o camisa 13 teve outra oportunidade e arriscou em cima do goleiro belga, que, atento, tirou de soco.

No fim da primeira etapa os bodes quase abrem o marcador em cobrança de escanteio batido por Risse e a bola sobrou para Mavraj, o zagueiro albanês arriscou em cima de Casteels fez linda defesa.

Etapa final movimentada e o duelo não saiu do zero

No começo da etapa final, os visitantes pediram um pênalti de Knoche em cima de Osako, mas o árbitro Guido Winkmann deixou o lance seguir. Em seguida, Risse cobrou a falta por baixo da barreira e obrigou Casteels a fazer boa defesa e no rebote Modeste não conseguiu aproveitar.

Os lobos deram a resposta aos 10 minutos com Mario Gomez, mas o atacante pegou mal e mandou pra fora. Depois foi a vez de Rodriguez, o lateral arriscou em cima de Sven Müller, que estava atento.

Minutos mais tarde, Rodriguez levantou a bola na área e mandou na cabeça de Didavi, mas o goleiro Sven Müller estava atento e fez a defesa. O brasileiro Bruno Henrique teve sua oportunidade, só que arriscou sem direção ao gol adversário.

Ainda a equipe visitante teve uma grande chance com Modeste, mas Casteels fez a defesa para os lobos. Os donos da casa quase conseguiram seu gol com Luiz Gustavo. O volante mandou de cabeça por cima da meta adversária após cobrança de escanteio batido por Draxler. No fim da partida. Błaszczykowski levantou na área e o garoto Brekalo arriscou pra fora.