Com grande atuação de Gonzalo Castro, Dortmund atropela Darmstadt pela Bundesliga

BVB aplica a segunda goleada consecutiva e destaca seu poderio ofensivo

Com grande atuação de Gonzalo Castro, Dortmund atropela Darmstadt pela Bundesliga
Foto: Divulgação/Bundesliga
Borussia Dortmund
6 0
Darmstadt
Borussia Dortmund: Bürki, Passlack, Sokratis, Ginter, Schmelzer (Rode, min. 70); Weigl, Castro, Guerreiro (Kagawa, min 63), Pulisic, Dembelé (Mor, min. 64); Ramos. Técnico: Thomas Tuchel.
Darmstadt: Esser, Jungwirth, Höhn, Milosevic, Guwara; Holland, Niemeyer, Vrancic (Bezjak, min. 46), Ben-Hatira (Sirigu, min. 39), Heller; Schipplock (Colak, min. 70). Técnico: Norbert Meier.
Placar: 1 - 0, min. 7, Castro. 2 - 0, min. 47, Ramos. 3 - 0, min. 54, Pulisic. 4 - 0, min. 78, Castro. 5 - 0 min. 84, Rode. 6 - 0. min. 88, Mor.
ÁRBITRO: Benjamin Brand (ALE). Cartões amarelos: Ben-Hatira (min. 22), Milosevic (min. 32), Höhn (min. 41). Cartões Vermelhos: Niemyer (min. 57).
INCIDENCIAS: Jogo válido pela 3ª rodada da Bundesliga 2016/2017, disputado no Signal Iduna Park, em Dortmund. Público: 81.360 presentes.

Borussia Dortmund e Darmstadt se enfrentaram neste sábado (17) em partida válida pela terceira rodada da Bundesliga, no Signal Iduna Park, em Dortmund. Os aurinegros buscavam a reação no campeonato, pois foram derrotados pelo Leipzig na rodada passada, enquanto os Lírios chegavam empolgados pelo triunfo diante do Eintracht Frankfurt.

Repetindo o placar contra o Legia Varsóvia, o Borussia dominou completamente o duelo e aplicou uma goleada humilhante, vencendo por 6 a 0. Os gols foram marcados por Gonzalo Castro, duas vezes, Ramos, Pusilic, Rode e Mor.

Com a confiança em alta após essa grande vitória, o Dortmund volta a campo já nesta terça-feira (20), quando visitará o Wolfsburg, enquanto o Darmstadt, no mesmo dia, recebe o Hoffenheim, visando recuperação imediata após a goleada sofrida.

Castro marca nos minutos iniciais e Borussia domina a primeira etapa

Visando a recuperação no Campeonato Alemão, o Borussia Dortmund colocou em prática o seu estilo de jogo, com passes rápidos e um time muito ofensivo e não deu chances para o Darmstadt na etapa inicial.

O domínio foi absoluto por parte dos aurinegros, que logo abriram o placar aos oito minutos da etapa inicial, após uma bela reposição de Bürki, a equipe trabalhou bem a jogada e Gonzalo Castro, na pequena área, mandou para o fundo das redes. Com o placar aberto logo no início do confronto, esperava-se que os Lírios partiriam para o ataque, no entanto não foi o que aconteceu, pois o domínio do Dortmund prevaleceu.

Os mandantes tiveram inúmeras chances para ampliar o placar, mas pararam em boas defesas do goleiro Esser. Insatisfeito com a atuação de seu time, o treinador Meier fez uma alteração ainda na etapa inicial, promovendo a entrada de Sirigu, autor do tento do triunfo diante do Frankfurt, o que também não modificou as circunstâncias da partida. O Dortmund terminou a primeira etapa com 74% de posse de bola e nove finalizações contra nenhuma do Darmstadt, apesar da diferença mínima.

Dortmund impõe ritmo intenso e massacra o Darmstadt

Se na primeira etapa o domínio não resultou em tantos gols, a história do segundo tempo foi diferente, o qual os aurinegros continuaram imprimindo um ritmo intenso, não dando qualquer chance para os Lírios.  Logo no início da etapa complementar, Adrián Ramos anotou o segundo gol, aproveitando assistência de Guerreiro, jogador bem ativo na partida.

A equipe manteve as ações ofensivas, chegando ao terceiro gol com o jovem norte-americano Pulisic, que sozinho, aproveitou rebote para mandar para o fundo das redes.  Pouco depois do gol, Niemeyer, capitão do Darmstadt, foi expulso, facilitando o jogo do Dortmund, que já não encontrava qualquer dificuldade.

Gonzalo Castro, em grande exibição, e Sebastian Rode, que entrou na segunda etapa, continuaram ditando o ritmo do BVB e marcaram duas pinturas, com dois belos gols de letra, para marcar, respectivamente, o quarto e o quinto gol da goleada aurinegra, que ficou completa com um gol do jovem Mor, aplicando uma derrota humilhante para o Darmstadt.