Hamburgo demite Bruno Labbadia e anuncia Markus Gisdol, ex-Hoffenheim, por uma temporada

Treinador deixa clube conta dos maus resultados e será substituído por Gisdol, que estava sem clube

Hamburgo demite Bruno Labbadia e anuncia Markus Gisdol, ex-Hoffenheim, por uma temporada
Foto: Divulgação/Hamburgo

O Hamburgo demitiu, neste domingo (25), Bruno Labbadia, de 50 anos que estava no clube desde abril de 2015, quando chegou para salvar a equipe do inédito rebaixamento.

Foi a segunda passagem do treinador pelo clube. Labbadia esteve no comando do time na temporada 2009/10, quando naquela oportunidade, chegou às semifinais da Uefa Europa League, mas acabou eliminado pelo Fulham.

Na temporada passada, fez uma campanha segura no qual a equipe terminou na décima colocação. No entanto, na atual, não começou bem e perdeu quatro dos cinco jogos disputados, deixando o time na décima sexta colocação, com apenas um ponto ganho.

A expectativa era que o time possa fazer uma temporada ainda melhor e brigar por pelo menos uma vaga em competições, só que a equipe não vem rendeu, mesmo tendo jogadores talentosos. Na ultima partida, acabou derrotado pelo então líder Bayern de Munique, por 1 a 0, no fim do jogo.

Em comunicado, o clube falou da saída de Labbadia e o agradeceu pelos serviços prestados: “Agradecemos ao Bruno Labbadia pelo serviço prestado a frente do Hamburgo, é um grande profissional e muito competente, mas os últimos resultados não estavam fluindo e por isso que se mostrou desgastado pelo mal inicio da equipe na temporada. Foram 17 meses a frente do clube e não fez um trabalho ruim. Ajudou nossa equipe na temporada passada com uma campanha boa só que agora precisou sair”.

Markus Gisdol chega ao clube até o fim da temporada

Horas depois de anunciar a saída de Bruno Labbadia do comando, o Hamburgo comunicou a contratação de Markus Gisdol, de 48 anos, que estava no momento sem clube e treinou o Hoffenheim, por onde trabalhou entre os anos de 2013 a 2015, fazendo campanhas interessantes.

Gisdol chega para resgatar o bom futebol do time do norte alemão que não começou bem a temporada atual e seu contrato é até a metade de 2017. A missão do treinador e fazer um campeonato convincente.

Seu nome também foi especulado para assumir o arquirrival Werder Bremen, que também procura um treinador. No entanto, os dinos levaram a melhor.

Markus Gisdol ficará no clube até o fim desta temporada Foto: Divulgação/Hamburgo
Markus Gisdol ficará no clube até o fim desta temporada Foto: Divulgação/Hamburgo