Jérôme Boateng revela desejo de ser capitão do Bayern de Munique

Em entrevista concedida à Sport Bild, defensor de 28 anos fala sobre futuro no clube bávaro e na Seleção Alemã

Jérôme Boateng revela desejo de ser capitão do Bayern de Munique
Zagueiro tem olhos voltados para capitania dos bávaros (Foto: Lars Baron/Getty Images)

No Bayern de Munique desde 2011, o defensor Jérôme Boateng revelou que gostaria de tornar-se capitão da equipe, após eventual aposentadoria de Philipp Lahm. Além de falar sobre o sonho, o atleta de 28 anos deu a entender que poderá aposentar-se da Seleção Alemã após a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Em entrevista concedida à revista alemã Sport Bild, Boateng declarou que “ficaria muito feliz” caso fosse escolhido como novo líder da equipe. “Para mim, ser capitão do Bayern seria a realização de um sonho e também uma honra, especialmente pelo longo histórico de jogadores que anteriormente usaram a braçadeira de capitão", afirmou.

Com a camisa do Bayern de Munique, equipe que defendeu em mais de 200 oportunidades, Boateng conquistou 11 títulos oficiais, incluindo o tetracampeonato alemão e a Uefa Champions League entre os triunfos mais importantes. Já pela Seleção Alemã, Jérôme foi um dos pilares na conquista da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, bem como um dos potenciais candidatos para assumir a capitania alemã após a aposentadoria de Bastian Schweinsteiger.

"Quando Manuel Neuer tornou-se capitão da seleção eu imediatamente o felicitei”, disse. “A capitania da equipe nacional não é uma obrigação para mim, existem outros concorrentes que merecem", acrescentou o defensor.

(Foto: Boris Streubel/Getty Images)
Boateng está atualmente entre os principais defensores do mundo (Foto: Boris Streubel/Getty Images) 

Embora ainda não seja capitão nem do Bayern e nem da Seleção Alemã, Boateng continua sendo extremamente importante, tanto para o clube quanto para a equipe nacional. No entanto, o defensor disse projetar um futuro próximo e pode até encerrar a carreira na América. “Pretendo arquitetar uma segunda casa nos Estados Unidos, se não em função do futebol, pelo menos para passar os meses de inverno”, ressaltou.

Por fim,  Jérôme Boateng disse pensar em pedir dispensa da Seleção Alemã após a Copa do Mundo de 2018, mas com uma condição. “Na próxima Eurocopa estarei com 31 anos”, declarou. “Mas quem sabe?! Eu gostaria de participar do novo ciclo em busca de títulos, mas talvez eu deixe a equipe nacional espontaneamente depois da competição na Rússia, mas apenas no caso de mais uma glória mundial”, finalizou o zagueiro.