Bayern de Munique é mais eficiente e derrota PSV na Champions League

Bávaros mandaram na partida e se recuperam em seu grupo diante dos holandeses

Bayern de Munique é mais eficiente e derrota PSV na Champions League
Foto: Divulgação/Uefa
Bayern de Munique
4 1
PSV
Bayern de Munique: Neuer; Lahm, J. Boateng, Hummels, Alaba; Xabi Alonso; Kimmich (Javi Martinez Min. 85), Thiago Alcântara; Robben (Renato Sanches Min. 87), T. Müller (Douglas Costa Min. 72); Lewandowski. Técnico: Carlo Ancelotti
PSV : Zoet; Brenet, Schwaab (Zinchenko Min. 85), Moreno, Willems; Pröpper, S. de Jong; Pereiro (Bergwijn Min. 77), Guardado (Isimat-Mirin Min. 61); L. de Jong, Narsingh. Técnico: Phillip Cocu
Placar: 1 – 0 Min. 13 T. Müller, 2 – 0 Min. 21 Kimmich, 2 – 1 Min. 41 Narsingh, 3 – 1 Min. 59 Lewandowski, 4 – 1 Min. 84 Robben.
ÁRBITRO: William Collum (Escócia) Cartão Amarelo: Lahm (Min. 57)
INCIDENCIAS: Partida Válida Pela 3ª rodada da fase de grupos da Uefa Champions League 2016/17. Estádio: Allianz Arena/Munique (Alemanha)

O Bayern de Munique recebeu o PSV na Allianz Arena em Munique em jogo válido pela terceira rodada da fase de grupos da Uefa Champions League, nesta quarta-feira (19). Em duelo cheio de gols os alemães venceram pelo placar de 4 a 1, com gols de Müller, Kimmich, Lewandowski e Robben. Para os visitantes, o tento foi marcado por Narsingh.

Com o resultado, o Bayern de Munique se manteve na segunda colocação, com seis pontos. Já os holandeses estão em terceiro, com apenas um.

As duas equipes voltam a se enfrentar no Philips Stadion no dia 1° de novembro. Pela Bundesliga, os bávaros recebem o Borussia M’gladbach. Enquanto que os holandeses enfrentam o Sparta Rotterdam pela Eredivisie. Os jogos serão realizados no próximo sábado (22).

Bayern começa arrasador, mas PSV desconta no fim

Buscando a recuperação em seu grupo, os bávaros foram com tudo e logo aos três minutos tiveram a primeira chance de abrir o placar na tabelinha entre Thiago Alcântara e Alaba, o austríaco de na medida para Müller arriscar e mandar pra fora. E aos nove minutos tiveram outra oportunidade Lewandowski e Müller tabelaram e o polonês serviu a Robben arriscar cruzado, mas Zoet estava no lance.

A pressão alemã continuou aos 11 minutos Robben passou a bola para Thomas Müller em seguida passar para Alaba só que o lateral arriscou mal. Ainda Lewandowski arriscou no canto, obrigando Zoet a fazer linda defesa. No lance seguinte conseguiram abrir o placar, Robben cobrou escanteio rápido e viu Müller sem marcação, o atacante arriscou na primeira à bola bateu na defesa e depois voltou ao camisa 25, mandar para as redes.

O time da casa continuou indo pra cima e aos 17 minutos Alaba cruzou para Robben, o holandês se antecipou a marcação e mandou na trave, quase marcando contra sua ex-equipe. Só que aos 21 minutos aumentaram o marcador Alaba cruzou na área a bola chegou a Kimmich que só empurrou para o gol.

O autor do segundo gol teve outra chance aos 29 minutos ao arriscar de fora da área e obrigar Zoet a fazer grande defesa. Outro que teve mais oportunidade foi Robben, o carequinha se livrou do marcador, mas o arqueiro defendeu.

No fim da primeira etapa os visitantes descontaram aos 41 minutos em um contra ataque rápido, Pereiro viu Narsingh disparar, o jogador recebeu e bateu no canto do goleiro Neuer, colocando sua equipe de volta na partida.

Lewandowski e Robben marcam e consolidam a vitória

No começo da segunda etapa, os alemães perderam uma grande chance de aumentar o marcador, Thiago Alcântara deu ótimo passe para Lewandowski, mas o atacante saiu de frente com Zoet e mandou pra fora.

Os visitantes foram perigosos quando chegaram ao ataque e por pouco não empatou a partida aos 3 minutos Willems levantou na cabeça de Luuk De Jong que mandou por cima do gol de Neuer. Logo em seguida o goleiro da seleção alemã apareceu fazendo uma linda defesa no arremate de Pereiro a queima roupa.

A equipe bávara conseguiu se recompor na partida e aos 12 minutos Robben deu ótimo passe para Kimmich e o volante arriscou em cima de Zoet. No lance seguinte fizeram o terceiro gol, no arremate de Robben, o arqueiro deu rebote e Lewandowski oportunista escorou de cabeça, marcando para sua equipe.

Mais tarde os mandantes continuaram pressionando e perderam inúmeras chances de aumentar com Alaba e depois com Müller. Ainda teve com Robben, mas o camisa 10 arriscou mal.

Só que aos 39 minutos fizeram o quarto gol no levantamento feito por Thiago Alcântara, o hispano-brasileiro mandou a bola na cabeça de Robben que se antecipou aos marcadores e fechou a conta para o time de Munique no jogo.