Líder invicto da Bundesliga, Bayern de Munique mede forças com Borussia M'gladbach

Equipes se enfrentarão na Allianz Arena, em Munique, em duelo válido pela oitava rodada da liga alemã

Líder invicto da Bundesliga, Bayern de Munique mede forças com Borussia M'gladbach
Foto: Anadolu Agency/Getty Images
Bayern de Munique
Borussia Mönchengladbach
Bayern de Munique: NEUER; LAHM, J. BOATENG, HUMMELS, ALABA; XABI ALONSO; KIMMICH, THIAGO ALCÂNTARA; ROBBEN, T. MÜLLER; LEWANDOWSKI. TÉCNICO: CARLO ANCELOTTI.
Borussia Mönchengladbach: Sommer, Vestergaard, Strobl, Kramer, Wendt, Stindl, Traore, Hofmann, Korb, Elvedi, Hahn. TÉCNICO: André Schubert.
INCIDENCIAS: Partida válida pela oitava rodada da Bundesliga, a ser realizada na Allianz Arena, em Munique, na Alemanha.

Pela oitava rodada da Bundesliga, o Bayern de Munique receberá o Borussia Mönchengladbach, neste sábado (22), às 14h30 (de Brasília). Um desafio e tanto para o time de Gladbach, uma vez que enfrentarão os bávaros, líderes invictos da competição, na Allianz Arena.

Com 17 pontos em 21 disputados até aqui na Bundesliga, o Bayern segue na ponta da tabela de classificação. Já o Gladbach, é o atual nono colocado, com 11 pontos ganhos. Ambas equipes entraram em campo no decorrer da semana e venceram os respectivos jogos, válidos pela terceira rodada da fase de grupos da Uefa Champions League. O Bayern recebeu o PSV Eindhoven e goleou o time holandês, por 4 a 1, enquanto o Borussia foi à Escócia e superou o Celtic, por 2 a 0.

Bayern e Borussia já se enfrentaram em 104 oportunidades e, na maioria delas, os bávaros obtiveram resultados positivos. No histórico de confrontos, foram 49 vitórias do time de Munique e 22 do Gladbach, além de 32 empates. O último duelo entre as equipes aconteceu na temporada passada, pela 32ª rodada da Bundesliga, onde empataram em 1 a 1.

Bayern tenta recuperar hegemonia

Bayern volta a vencer após três jogos (Foto: Divulgação/Bayern de Munique)
Bayern volta a vencer após três jogos (Foto: Divulgação/Bayern de Munique)

Com a goleada diante do PSV Eindhoven, o Bayern encerrou uma série de três jogos sem vencer.  Sequência que gerou questionamentos ao trabalho do atual treinador, Carlo Ancelotti, por parte dos críticos da imprensa alemã e até mesmo dos torcedores do clube. No entanto, o comandante italiano rapidamente rechaçou a ideia de que os bávaros estariam enfrentando uma suposta crise.

Na ocasião, na qual o Bayern finalmente afastou a má fase, Arjen Robben foi um personagem extremamente importante. O atacante participou efetivamente de três, dos quatros gols da equipe sobre o PSV. Naturalmente, o holandês – que retornou recentemente de lesão – tornou-se peça fundamental no comando de ataque dos bávaros e iniciará jogando diante do Borussia Mönchengladbac, como afirmou Carlo Ancelotti.

"A equipe está realmente focada. Ribéry continua sendo o único lesionado, mas todos os outros jogadores estão em grande forma. Especialmente Robben, que estará entre os titulares", disse o treinador de 57 anos. "Queremos atacar, ganhar e jogar bem. Os atletas foram bem contra o PSV, então acho que eles realmente entenderam o que eles têm que fazer e amanhã eles farão ainda melhor", declarou Ancelotti, em entrevista coletiva.

No entanto, o Bayern deve ficar atento diante do Borussia, não apenas pelo resultado obtido em Glasgow, mas também pelo retrospecto, uma vez que os bávaros conquistaram apenas dois pontos nos últimos quatro jogos da liga contra a equipe. "O Gladbach ter sido um dos adversários mais difíceis para nós nos últimos tempos na Bundesliga - pelo menos estatisticamente", ressaltou Karl-Heinz Rummenigge, presidente do Bayern.

Contudo, como era de se esperar, Carlo Ancelotti também sabe disso. "Eu conheço a história dos jogos entre Bayern e Gladbach. Sempre foi difícil e é por isso que precisamos de um desempenho muito bom. Temos que jogar realmente em alta intensidade", finalizou o treinador italiano.

Borussia chega embalado à Munique

Gladbach busca outra vitória fora de casa (Foto: Divulgação/Bayern de Munique)
Gladbach busca outra vitória fora de casa (Foto: Divulgação/Bayern de Munique)

Após vencer fora de casa pela Uefa Champions League, o Borussia chegará e confiante embalado à Munique, para encarar o Bayern diante dos 75 mil torcedores que estarão presentes na Allianz Arena. “A maneira como jogamos em Glasgow nos deu uma boa sensação para o jogo no sábado", disse o treinador André Schubert.

Apesar das expectativas, a equipe caiu para a nona posição na tabela, já que foi atropelada pelo Schalke e empatou com o Hamburgo. Além disso, o início da atual campanha não se compara com os resultados da temporada passada, onde o Borussia terminou em quarto lugar e classificou-se para a competição continental.

O Borussia não contará com Thorgan Hazard, Raffael , Alvaro Dominguez, Andreas Christensen, Mamadou Doucouré, Marvin Schulz e Josip Drmic, que estão lesionados ou em processo de recuperação. Contudo, resta ao time de Gladbach apostar no retrospecto recente, pois não perderam nenhum dos últimos quatro encontros diante do Bayern na liga. "Temos de conter o ataque adversário, enquanto exploramos ao máximo nossas próprias qualidades ofensivas", concluiu Schubert, comandante da equipe.