Após eliminação na Champions, André Schubert almeja recuperação do Gladbach diante do Hoffenheim

Equipe comandada por André Schubert ocupa apenas a 13ª colocação no campeonato, o que vem aumentando a pressão sobre o time

Após eliminação na Champions, André Schubert almeja recuperação do Gladbach diante do Hoffenheim
Imagem: Divulgação/Borussia
Borussia Mönchengladbach
Hoffenheim
Borussia Mönchengladbach: Sommer, Elvedi, A. Christensen, Vestergaard, Kramer, Strobl, F. Johnson, Wendt, Stindl, Hazard, Raffael. Técnico: André Schubert
Hoffenheim: Baumann, Süle, Bicakcic, B. Hübner, Kaderabek, Zuber, Rudy, Demirbay, Nad. Amiri, Wagner, Kramaric. Técnico: Nagelsmann
ÁRBITRO: Deniz Aytekin (ALE)
INCIDENCIAS: Jogo válido pela 12ª rodada da Bundesliga, a ser disputado no Borussia-Park, em Mönchengladbach

Confiante após uma excelente atuação contra o Manchester City pela Champions League, o Borussia Mönchengladbach busca agora a recuperação na Bundesliga, diante do Hoffenheim, 12h30 (horário de Brasília), nesse sábado (26), no Borussia-Park, em Mönchengladbach.

Apesar da confiança adquirida depois do empate por 1 a 1 com o City, os Potros não poderão contar com um importante jogador para o duelo desse sábado contra o Hoffenheim: Ibrahima Traoré. O meia-atacante sofreu uma lesão no tendão da coxa esquerda no confronto com os ingleses na última quarta-feira (23) e ficará indisponível por tempo indeterminado.

O treinador André Schubert discorreu sobre alguns pontos importantes em coletiva de imprensa: “A escalação de amanhã dependerá de algumas coisas. No entanto, tentaremos colocar nosso melhor time em campo. Hoffenheim é bom na marcação por pressão, similar a do City, todavia o jogo de amanhã será muito diferente e podemos ajustar nossa escalação”, disse Schubert.

Schubert também alertou sobre a mudança de atmosfera em relação a Bundesliga, devido a grande euforia da torcida com a Champions League: “É óbvio que a Champions League é completamente diferente da Bundesliga, mas colocando os resultados de lado, é importante que o time reaja de acordo e se concentre para os próximos desafios. É claro que o jogo de quarta-feira revitalizará nossa confiança, porque jogamos muito bem contra um time muito bom”, analisou o treinador.

O duelo contra o Hoffenheim é decisivo para os Potros, uma vez que a derrota no Rhine Derby para o Colônia por 2 a 1 foi um golpe duro para a torcida, que vem demonstrando impaciência com algumas atuações e principalmente com certas alterações do treinador, como por exemplo, a saída de Dahoud nas últimas duas partidas da equipe, para a entrada de defensores. Para alcançar a vitória, apesar do desfalque de Traoré, ao menos Schubert poderá contar o retorno de Hazard, que por motivos pessoais não figurou entre os relacionados para o duelo com o Manchester City pela Champions League.