Osasuna bate Girona em jogo dramático e abre vantagem na final dos playoffs de acesso à Liga

Equipe de Pamplona sai na frente, sofre empate, mas alcança importante triunfo e garante vantagem para a volta

Osasuna bate Girona em jogo dramático e abre vantagem na final dos playoffs de acesso à Liga
Foto: Divulgação/La Liga
Osasuna
2 1
Girona
Osasuna: Nauzet; Oier, Bonnín, Miguel Flaño, David García e Javi Flaño; De La Cuevas (Maikel Mesa, Min. 64), Manolín, Roberto Torres (Pučko, Min. 80) e Mikel Merino; Kenan Kodro (Nino, intervalo). técnico: Enrique Monreal
Girona: Becerra; Maffeo, Alcalá, Kiko Olivas, Lejeune e Carlos Clerc; Borja García (Richi, Min. 92), Pere Pons e Alex Granell; Jaime Mata (Rubén Alcaraz, Min. 81) e Christian Herrera (Rubén Sobrino, Min. 54). técnico: Pablo Machín
Placar: 1-0, Kenan Kodro, Min. 6; 1-1, Kiko Olivas, Min. 73; 2-1, Maikel Mesa, Min. 78
ÁRBITRO: Jose Luis Munuera Montero; cartões amarelos: Miguel Flaño (Min. 20), David García (Min. 90)
INCIDENCIAS: partida de ida das finais dos playofs de acesso à La Liga 2016/17, realizada no estádio el sadar, em osasuna, pamplona.

Nesta quarta-feira (15), Osasuna Girona fizeram o primeiro dos dois decisivos jogos da final dos playoffs de acesso à La Liga da próxima temporada. Em partida realizada no estádio El Sadar, casa do Osasuna, os donos da casa sofreram, mas venceram o Girona por 2 a 1, com gols de Kenan Kodro Maikel MesaKiko Olivas marcou para os visitantes.

O jogo de volta acontecerá já no próximo sábado (18), às 14h, na Catalunha. O Girona precisa de um simples 1 a 0 para garantir o acesso, enquanto a equipe de Pamplona vai em busca de empate para confirmar seu retorno à primeira divisão. Você acompanha tudo com a VAVEL Brasil, que fará o tempo real do confronto decisivo!

Kenan Kodro deixa donos da casa na frente logo cedo

O início de jogo foi bem intenso em Osasuna, com ambos os times chegando bem desde o princípio. O Girona quase marcou com Carlos Clerc aos 2', mas a finalização saiu ruim. Quatro minutos depois, os donos da abriram o placar, quando De La Cuevas tabelou bem com Roberto Torres e cruzou com perfeição para a pequena área, onde estava Kenan Kodro, que cabeceou para abrir o placar no estádio El Sadar: 1 a 0 Osasuna.

Mesmo com a vantagem no placar, Los Rojillos seguiram melhor na partida, trocando mais passes e ficando mais tempo com a bola. Após um tempo onde a partida ficou relativamente morna, cada equipe teve uma boa chance em um intervalo de tempo de dois minutos. Aos 32', Mikel Merino arriscou arremate de fora da área e a bola passou perto do gol. Dois minutos depois, foi a vez do Girona assustar, quando Jaime Mata teve a chance de finalizar, mas o zagueiro Oier evitou o arremate e salvou os donos da casa.

Depois disso, o Osasuna seguiu marcando bem e não dando espaços para os visitantes, que tinham dificuldade para trocar passes. Os donos da casa cadenciavam bastante a bola quando tinham seu controle, tendo em vista o bom resultado que estavam garantindo em seus domínios. Nada mais aconteceu nos primeiros 45 minutos de confronto no El Sadar, em Pamplona.

Visitantes empatam, mas Maikel Mesa sai do banco para garantir triunfo dos donos da casa

O segundo tempo prometia em Pamplona. Enquanto o Osasuna queria ampliar sua vantagem, aproveitando que estava jogando em casa, os visitantes foram em busca de, pelo menos, um empate. A primeira boa chance foram dos donos da casa, quando Roberto Torres passou bem para Nino, que entrou na segunda etapa, e ele arrematou para o gol, em cima de Becerra.

Só que após a metade do segundo tempo, o Girona começou a dominar as ações da partida. Aos 22', após cobrança de falta, Lejeune finalizou com força, a bola desviou e Nauzet se esticou todo para fazer boa defesa. Só que aos 28', não teve jeito para os donos da casa, quando a falta foi cobrada pela direita, Alcalá desviou e Kiko Olivas apareceu livre na pequena área para desviar e deixar tudo igual em Pamplona: 1 a 1.

Porém, a alegria dos Gironaistas durou bem pouco no estádio El Sadar. Cinco minutos após sofrer o gol de empate, os donos da casa passaram na frente mais uma vez, quando Mikel Merino deu ótimo passe em profundidade, na grande área, para Roberto Torres, o camisa 10 cruzou para o meio da área, a bola passou por Nino e sobrou limpa para Maikel Mesa, que finalizou no canto de Isaac Becerra e colcou o Osasuna mais uma vez na frente: 2 a 1. Depois disso, os donos da casa, para não correrem nenhum risco, se fecharam, apenas segurando o resultado e garantindo uma vitória importante para o jogo de volta em Girona.