Vice-presidente do Sevilla garante saída de Gameiro apenas com pagamento da multa

Del Nido Carrasco também falou sobre os temas atuais da equipe envolvendo especulações e contratações para a temporada

Vice-presidente do Sevilla garante saída de Gameiro apenas com pagamento da multa
Del Nido Carrasco e Monchi (Foto: Juan Ignacio Lechuga/VAVEL)

Jose María Del Nido Carrasco, o vice-presidente do Sevilla, falou na tarde da última terça-feira (19) em entrevista à Radio Sevilla sobre as especulações e contratações da equipe para a temporada 2016/17. O presidente do Sevilla está nos Estados Unidos junto com a primeira equipe que está fazendo amistosos de pré-temporada, que está perto de terminar. Del Nido Carrasco tem sido questionado por vários temas atuais e de interesse sevillista como a continuidade do atacante francês Kevin Gameiro, que tem despertado interesse de várias equipes, principalmente do Barcelona e do Atlético de Madrid.

"Há equipes interessadas, mas o clube decidiu tomar uma estratégia diferente com Gameiro e Krychowiak", disse decisivamente. E taxativamente, estipulou um valor para a venda de Kevin “É verdade que há clubes fazendo ofertas por Gameiro, mas não vamos vende-lo por menos de 40 milhões (de Euros). Nem por 39 milhões, nem por 38,5 milhões. Queremos que Kevin comande o projeto esportivo de Sampaoli”, afirmou.

O mandatário do Sevilla também comparou a possível transferência de Gameiro a transferência do meia polonês e ex-jogador do Sevilla Krychowiak: ''Com Krychowiak entendemos do Conselho de que a oferta de PSG estava fora do mercado, enquanto com Gameiro há unanimidade de que ou vem um clube com a cláusula de rescisão ou Gameiro continua no Sevilla na próxima temporada", acrescentou o vice-presidente do Sevilla.

Del Nido também falou sobre a contratação do meia brasileiro Paulo Henrique Ganso. O vice do clube espanhol disse que o ex-camisa 10 do São Paulo chegará à capital da Andaluzia na quinta-feira (21): ''Ele está resolvendo alguns problemas burocráticos no Brasil, mas já está solucionado e o esperamos em Sevilla para incorpar a equipe'', disse.

Além disso, o líder nervionense respondeu sobre as contratações que restam para o clube completar o modelo de Jorge Sampaoli: "Faltam dois ou três jogadores para assinar em qualquer caso. Além disso, as saídas vão dizer se devemos assinar  commais jogadores ou não", finalizou.