Especiais La Liga 2016/17 Barcelona: repetir as conquistas com elenco reforçado

Atual campeão quer levantar novamente o caneco, mas dessa vez com mais tranquilidade

Especiais La Liga 2016/17 Barcelona: repetir as conquistas com elenco reforçado
Especiais La Liga 2016/17 Barcelona: repetir as conquistas com elenco reforçado

O Campeonato Espanhol começa nesta sexa-feira (19), na estreia das equipes. Uma delas é o Barcelona, atual campeão da competição, no qual dispensa comentários. Com um título registrado já no primeiro jogo da temporada 2016/17, a Supercopa da Espanha, a equipe tem 24 títulos de La Liga e é o segundo maior campeão do torneio. 

Leia mais: Busquets comemora Supercopa e afirma: "Não nos cansamos de ganhar"

Para essa temporada, o Trio MSN segue intacto para iluminar o setor ofensivo catalão. Além deles, a defesa foi renovada e o meio-campo ainda mais fortalecido com contratações pontuais. 

Temporada 2015/16

Sem muitas perdas, mas com elenco fortificado, o Barcelona parece estar mais forte do que a última temporada, na qual começou com o título da Supercopa da UEFA e um primeiro semestre impecável, chegando a 39 jogos de invencibilidade, parado apenas pelo Real Madrid, em pleno Camp Nou. 

Neymar e Messi: dois dos protagonistas do Barcelona (Foto: Getty Images)
Neymar e Messi: dois dos protagonistas do Barcelona (Foto: Getty Images)

Em La Liga 2015/16, o Barcelona abriu uma estupenda vantagem de 13 pontos sobre o segundo colocado Atlético de Madrid, mas, a equipe decaiu nos últimos dez jogos, acumulando três derrotas seguidas e fazendo com que Real e Atleti chegassem na mesma pontuação do líder. Entretanto, o time de Lionel Messi manteve a vantagem de um ponto e embalou quatro vitórias seguidas para confirmar o 24° título nacional. 

Na Uefa Champions League 2015/16, embora a equipe chegara embalado para a disputa das quartas de finais diante do Atlético de Madrid, a equipe sucumbiu pelo segundo ano diante dos colchoneros, praticamente sua kriptonita. A força do trio MSN virou o jogo no Camp Nou para 2 a 1, mas o imponente Vicente Calderón decretou a classificação dos rojiblancos, fazendo com que os catalães perdessem por 2 a 0 o jogo da volta. 

O abalo da eliminação na Champions quase fez trouxe a segunda posição para o Barça na tabela de La Liga, mas os culés reencontraram o caminho das vitórias e da desconfiança para fecharem o ano com 91 pontos em 38 jogos. Foram incríveis 112 gols marcados e 29 sofridos; apenas 5 derrotas e 39 vitórias. 

Leia mais: Com hat-trick de Luis Suárez, Barcelona supera Granada e conquista bicampeonato espanhol

Elenco

Tratando-se de grupo, o Barcelona tem um dos melhores da Europa. Muito criticado por não ter substitutos à altura na última temporada, a direção culé tratou de resolver os problemas do time contratando jogadores jovens e habilidosos com o aval de Luis Enrique. As perdas, por sua vez, não foram tão pontuais assim, embora Daniel Alves, um dos jogadores que estava a mais tempo no clube, saiu para a Juventus. 

Enquanto saíram Sandro, Dani Alves, Halilovic, Adirano, Song, Montoya, Vermaelen e Tello, que não tiveram grandes oportunidades na última temporada, com exceção ao brasileiro Alves, as chegadas dos jovens Umtiti, Denis Suárez, André Gomes, Lucas Digne e Sergi Samper renovaram o elenco catalão para mais uma longa temporada, repleta de competições. 

Barça está com um elenco mais jovem para a temporada (Foto: Getty Images)
Barça está com um elenco mais jovem para a temporada (Foto: Getty Images)

Nas primeiras rodadas, o Barcelona terá uma ausência importante no ataque: Neymar, o brasileiro que está disputando a Olimpíada com o Brasil na Rio 2016 terá alguns dias de folgas, além de perder a estreia, neste sábado (20). 

Diferentemente do primeiro semestre, o Barça, atualmente tem substitutos à altura para os titulares. Dessa vez, a crítica deverá ser um pouco mais leve em relação ao grupo catalão para a disputa da temporada. Lembrando que, a janela de transferências segue aberta, e a direção pretende contratar mais alguns jogadores pontuais, como um zagueiro ou goleiro. 

Melhor jogador: Lionel Messi

A esperança de gols e jogos brilhantes não poderia ser outra: Lionel Messi, o argentino, vencedor de cinco bolas de ouro, que dispensa comentários. Na última temporada, Luis Suárez fora o artilheiro do time, mas com grande ajuda do camisa 10, que nos últimos anos vem se dedicando a ajudar também na armação da equipe. 

Leo é o pilar do Trio MSN (Foto: Getty Images)
Leo é o pilar do Trio MSN (Foto: Getty Images)

Leo teve um início de temporada difícil. Pela Argentina, ele tinha quase um dever de vencer a Copa América Centenário, mas, na final, acabou falhando e perdendo, inclusive, um pênalti decisivo para a derrota de sua seleção. Esse ocorrido abalou muito Messi, que sofreu ainda mais com a pressão. Além de tudo, ele causou uma grande polemica afirmando ter deixado a seleção. Mas, após uma conversa com Bauza, o camisa 10 já foi convocado para as Eliminatórias

Leia mais: Trio MSN: o maior ataque da história?

De visual novo, Messi segue como capitão do time, ao lado de Iniesta, o vice. Além do mais, ele terá a companhia de Neymar e Luis Suárez, pela quarta temporada consecutiva ao seu lado. O trio marca, ao menos, 100 gols por temporada. 

Técnico: Luis Enrique

Após tanta oscilação de técnicos, com a saída de Pep Guardiola, em 2012, o Barcelona parece ter em Luis Enrique a confiança para o terceiro ano de trabalho. Com desconfiança, o comandante assumiu em 2014 e levou a equipe a tríplice coroa, além de consagrar um trio que ficará para a história, o MSN. 

Luis Enrique vai para sua terceira temporada no comando (Foto: Getty Images)
Luis Enrique vai para sua terceira temporada no comando (Foto: Getty Images)

Apesar das críticas por ser muito fechado a ideias novas, Luis Enrique sempre fez o básico no Barcelona, e procura não entrar em polemicas. Será sua terceira temporada à frente da equipe, e ele já soma oito títulos em dois anos. 

Expectativas La Liga 2016/17

Por fim, temos as expectativas para a temporada 2016/17 do Barça, e elas, são e serão sempre as melhores possíveis para um clube deste porte. Um ano com seis títulos, como teve Guardiola em 2012, claro, não é o objetivo. Mas os catalães querem faturar a sua 25° taça de La Liga. Sem contar a Uefa Champions League, que deixou um gostinho amargo para os torcedores que viram novamente o seu time serem eliminados pelo Atlético de Madrid. A Copa do Rei, por sua vez, será prioridade nacional, ao lado da Liga

O Barça já tem a Supercopa da Espanha, nesta temporada (Foto: Getty Images)
O Barça já tem a Supercopa da Espanha, nesta temporada (Foto: Getty Images)

No início desta temporada, o clube já tem um título: a Supercopa da Espanha, com supremacia, em cima do Sevilla, de Jorge Sampaoli. Um 2 a 0 na ida e 3 a 0 no Camp Nou garantiram o primeiro título catalão, embora não muito importante para o planejamento do clube. 

Leia mais: Barcelona goleia Sevilla com show de Arda Turan e conquista a Supercopa da Espanha

As previsões, claro, são as melhores. Ao lado de Real Madrid e Atlético de Madrid, o Barça é o favorito para a conquista de La Liga. Fica, portanto, o exemplo da última temporada, na qual o time tinha 12 pontos de vantagem em relação ao vice-líder, mas acabou vacilando nas últimas rodadas, e deixando o clima tenso para o último jogo, onde tudo ainda estava em aberto. Porém, o 24° título do Campeonato Espanhol acabou ficando com o Barcelona, com méritos.