Destaque da última edição da Libertadores, José Angulo é flagrado em exame antidoping

Atacante equatoriano, de 21 anos, teve a prova e a contraprova positivas para o uso de cocaína

Destaque da última edição da Libertadores, José Angulo é flagrado em exame antidoping
(Foto: Divulgação)

O equatoriano José Angulo, recém-contratado pelo Granada, foi pego no exame antidoping e pode pegar até dois anos de suspensão. O atacante de 21 anos, destaque do Independiente del Valle no vice-campeonato da última Libertadores,  foi recentemente contratado pelo Granada como a transferência mais cara da história do clube. 

Angulo teve a prova e a contraprova (realizada na véspera do jogo da decisão do torneio continental, dia 26 de julho) positivas para o uso de cocaína. A informação foi confirmada pelo diretor esportivo do Granada, Piru Torralbo, que, em entrevista à Radio Granada disse que o teste do atacante havia dado positivo para cocaína.

Angulo chegou ao Granada custando € 4 milhões, cerca de R$ 14,5 milhões, sendo assim a contratação mais cara da história do clube espanhol, que confirmou a notificação da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), no último sábado  (3), do resultado e anulou o contrato de cinco anos que havia firmado com o atleta. Da mesma forma, a transferência do Independiente del Valle para o Granada foi anulada e o clube espanhol não terá de pagar os 4 milhões que haviam sido investidos no jogador.

José Angulo  ainda está em Granada, mas treinando em separado da equipe desde o dia que foi confirmado o doping. Agora, o atleta espera que nos próximos dias a Conmebol decida a punição que ele receberá. A pena prevista é de dois anos fora dos gramados, como foi a do espanhol Dani Benítez, em 2014.