Buscando subir na tabela, Atlético de Madrid recebe Sporting Gijón no Calderón

A partida é de extrema importância para o Atlético que espera manter a boa fase para subir na tabela; Já o Gijón visa vencer para se reafirmar na parte de cima

Buscando subir na tabela, Atlético de Madrid recebe Sporting Gijón no Calderón
Foto: Editoria de Arte/VAVEL
Atlético de Madrid
Sporting Gijón

Embalado pela vitória na Champions League, o Atlético de Madrid vai até o Estádio El Molinón encarar o Sporting Gijón em partida válida pela quarta rodada da La Liga e que pode marcar o início da reação dos colchoneros no campeonato espanhol. O Gijón, por sua vez, visa se manter na parte de cima da tabela. Jogo acontece neste sábado (17), às 11h15, horário de Brasília. 

Dado como a - até então - surpresa do campeonato, o Sporting Gijón é o terceiro colocado na classificação estando na frente de equipes como Barcelona, Villarreal e Atlético de Madrid. Em três rodadas disputadas, a equipe possui duas vitórias e um empate ficando atrás apenas de Real Madrid e Sevilla.

O Atlético de Madrid, por sua vez, não teve um bom início no campeonato e é o sétimo colocado com apenas três pontos conquistados na vitória contra o Celta de Vigo. Antes disso, foram dois empates contra Álaves e Leganés. No entanto, a vitória contra o Celta e a boa vitória contra o PSV pela Champions League parecem iniciar uma nova fase na equipe.

As últimas cinco partidas entre as equipes demonstram o equilíbrio entre os times, apesar de um período de ausência do Gijón, que estava na segunda divisão. No entanto, na última temporada foram duas partidas e uma vitória para cada lado. Ambas as equipes fizeram valer o seu mando de campo, fator decisivo na história dos confrontos.

Simeone acredita na vitória contra o Gijón

O treinador do Atlético de Madrid, Diego Simeone, afirmou em entrevista pré-jogo que acredita em sua equipe para o confronto contra o Sporting. Em meio à perguntas sobre o seu futuro, o treinador também afirmou que a partida pede uma equipe com muita cabeça.

Desde que reduziu seu contrato junto ao Atlético de Madrid, o treinador não tem recebido outra pergunta a não ser sobre o seu futuro. No entanto, como já é de praxe em suas entrevistas que precedem partidas, Simeone evita comentar de outros assuntos ou jogos futuros.

Com relação ao jogo, o treinador afirmou: "Chegamos bem, os resultados fora de casa foram bons, o segundo tempo contra o [Celta] Vigo foi próximo ao que queremos. Também tivemos grande atuação na Champions apesar de ter faltado um pouco mais de conconsistência no final da partida para termos mais tranquilidade."

"Amanhã enfrentaremos um rival que ano passado nos deu muito trabalho, que jogou muito bem no Calderón e em Gijón também. Trabalham muito bem os espaços e isso nos leva a uma partida em que para vencer precisaremos ter muita cabeça", concluiu.

Para a partida, Simeone terá apenas um desfalque "novo". Trata-se do volante português Tiago que se machucou na partida do meio de semana contra o PSV. Além de Tiago, Moyá e Cerci integram o departamento médico da equipe. O zagueiro Lucas Hernandéz e o meia Thomas também estão fora, mas estes por opção do treinador.

Abelardo: "Atlético está entre os cinco ou seis melhores times da Europa"

Horas antes da partida, o treinador do Sporting, Abelardo Fernandéz, rasgou elogios ao rival deste sábado e afirmou que deseja sair com uma vitória do confronto, mas considera muito difícil. Além disso, o treinador ainda comentou sobre o que julga necessário para vencer o Atléti no Calderón.

Assim como Simeone, Abelardo aparentou estar focado apenas no confronto deste sábado e evitou tecer comentários a respeito do Celta e do Barcelona, próximos adversários da equipe. Para o treinador, a vitória contra o Atlético é difícil e por isso merece toda a atenção.

Aberlardo destacou a boa fase de seu trio de defesa composto por:  Amorebieta, Jorge MeréBabín que, para ele, estão apresentando um bom rendimento. O treinador não tem muitos problemas para escalar sua equipe para o confronto e não contará apenas com o meia Moi Goméz.