Real Madrid para em Sergio Asenjo e empata com Villarreal, mas segue líder

Merengues param no arqueiro espanhol e apenas empatam diante do Submarino Amarelo no Bernabeu

Real Madrid para em Sergio Asenjo e empata com Villarreal, mas segue líder
Foto: Gerard Julien/Getty Images
Real Madrid
1 1
Villarreal
Real Madrid: Casilla; Danilo, Varane, Ramos e Marcelo (Carvajal, Min. 45); Kovacic, Kroos e James Rodríguez; Bale (Lucas Vázquez, Min. 72), Benzema (Morata, Min. 77) e Ronaldo. técnico: Zinedine Zidane
Villarreal: Asenjo; Mario Gaspar, Musacchio, Victor Ruiz e Jose Angel; Manu Trigueros e Bruno Soriano; Jonathan dos Santos (N'Diaye, Min. 88), Samu Castillejo e Cheryshev (Roberto Soriano, Min. 64); Sansone (Pato, Min. 73). técnico: Fran Escribá
Placar: 0-1, Bruno Soriano, Min. 45+1; 1-1, Ramos, Min. 48
ÁRBITRO: Jose Luis Gonzalez Gonzalez; cartões amarelos: Ramos (Min. 45), Angel (Min. 52), Ronaldo (Min. 69), Kroos (Min. 75), Carvajal (Min. 90+4)
INCIDENCIAS: partida válida pela quinta rodada do campeonato espanhol 2016/17, realizada no estádio santiago bernabeu, em madri

Os merengues martelaram, mas não conseguiram. Nesta quarta-feira (21), Real Madrid Villarreal duelaram pela quinta rodada do Campeonato Espanhol 2016/17, em partida realizada no estádio Santiago Bernabeu, em Madri. O Submarino Amarelo surpreendeu e saiu na frente com Bruno Soriano, de pênalti, mas Sergio Ramos marcou o gol de empate, em partida ficou mesmo no 1 a 1.

Com este resultado, independente de qualquer outro, o Real Madrid segue na liderança isolada com 13 pontos, além de se manter invicto. O Villarreal sobe uma posição e fica na quinta colocação.

Na próxima rodada, o Real Madrid terá um duelo bem complicado, quando os merengues visitam no sábado (24), às 15h45, o surpreendente Las Palmas em Gran Canaria. No domingo (25), às 13h30, o Villarreal recebe o recém-promovido Osasuna.

Villarreal se defende muito bem e marca no fim da primeira etapa

O Villarreal foi para o Santiago Bernabeu buscando se fechar bem e não sofrer gols. O Real Madrid tomava conta das ações da partida, passando muito mais tempo com a bola nos pés, mas sem objetividade, não conseguindo finalizar, parando nas duas ótimas linhas formadas pelos comandados de Fran Escribá, que iam se segurando.

O jogo era tão pegado e equilibrado que a primeira chance só aconteceu aos 18', quando Marcelo cruzou na segunda trave, Bale escorou e Benzema conseguiu ganhar de dois defensores do Submarino Amarelo no alto, mas Asenjo fez grande defesa. O Villarreal chegou bem dez minutos depois, quando Samu Castillejo passou de letra para Cheryshev, ex-jogador da equipe principal e da base merengue, que finalizou para boa defesa de Kiko Casilla.

E no final do primeiro tempo, quando tudo se encaminhava para um jogo sem gols, a rede balançou e pelo lado dos visitantes, quando o Real Madrid saiu jogando errando, Manu Trigueros ficou com a redonda e finalizou, mas Sergio Ramos botou o braço na bola dentro da área: pênalti para o Villarreal. Bruno Soriano, com direito a cavadinha, cobrou no meio do gol e abriu o placar no Santiago Bernabeu, em lance que deu números finais para os primeiros 45 minutos: 1 a 0 Villarreal.

Merengues dominam, empatam, mas não conseguem gol do triunfo

O Real Madrid veio com outra postura para o segundo tempo, bem mais incisivo e com vontade na busca pelo empate. E isso aconteceu logo aos 3', e com o jogador que poderia ter complicado a vida merengue na partida, quando James Rodríguez cobrou escanteio da direita para Sergio Ramos, que subiu mais que Mario Gaspar e deixou tudo igual no Santiago Bernabéu: 1 a 1.

Porém, o Villarreal seguiu bem, na sua tática, mesmo após tomar o gol. O Real Madrid seguia com muita intensidade, querendo virar para manter o 100% de aproveitamento no campeonato. Aos 20', Benzema recebeu de costas para o gol na entrada da área e abriu na direita com Gareth Bale, que finalizou cruzado, de chapa, de canhota e a bola passou muito perto da trave de Asenjo.

O Real Madrid seguiu bombardeando o gol de Sergio Asenjo nos minutos finais. Aos 35', Toni Kroos recebeu no meio e arriscou chute com efeito e o goleiro do Villarreal fez defesa em dois tempos. Depois foi a vez de Lucas Vázquez cruzar muito bem e Morata cabecear no chão, mas o arqueiro dos visitantes foi bem mais uma vez. Na última grande chance, Cristiano Ronaldo passou para Carvajal, que mandou uma bomba, mas Asenjo defendeu e garantiu um importante ponto para o Submarino Amarelo.