Zidane lamenta tropeço contra Villarreal: "Nem sempre se pode vencer nos minutos finais"

Empate em casa com o Submarino Amarelo tirou os 100% de aproveitamento dos merengues neste início de La Liga

Zidane lamenta tropeço contra Villarreal: "Nem sempre se pode vencer nos minutos finais"
Foto: Angel Martínez/Getty Images

Após quatro vitórias consecutivas, o Real Madrid encontrou seu primeiro resultado adverso na temporada 2016/17 da La Liga. Em duelo válido pela quinta rodada do torneio, os merengues receberam o Villarreal, na tarde desta quarta-feira (21), e não saíram de um empate por 1 a 1, mesmo com muitas reclamações contra a arbitragem de José Luís González González.

Em entrevista coletiva após a partida realizada no Santiago Bernabéu, Zinédine Zidane lamentou o resultado da partida. Com o empate entre Barcelona e Atlético de Madrid, uma vitória em casa nesta tarde poderia isolar ainda mais o Real na liderança da competição.

"Erros podem acontecer no futebol, mas foi a primeira vez que isso aconteceu com toda a equipe. Começamos mal a partida mas recuperamos isto na etapa complementar. Nem sempre se pode vencer nos minutos finais. Faltou ter começado com o mesmo ritmo desde o início. Não posso criticar meus jogadores, estou contente com o desempenho deles até aqui", declarou Zizou.

"Não quero falar mais sobre recorde. Pensaremos no próximo adversário e sobre o que deveremos mudar. Nos faltou um pouco de intensidade. Mas nem sempre podemos manter isso no primeiro ao último minuto. Me encantei com o segundo tempo da equipe, e do esforço deles dentro de campo. Fisicamente estamos muito bem", completou.

"Farão falta esses dois pontos. Mas podemos recuperar. Com esta atitude não, porque só alteramos nossa maneira de jogadr na segunda etapa, temos que atuar assim desde o começo . Vamos nos atentar mais a esses detalhes, pois isso não pode acontecer novamente. Sempre é complicado mudar o início de ritmo de uma partida", ressaltou o técnico.

O comandante francês ainda falou sobre as atuações de Varane, que substituiu o lesionado Pepe, e de Cristiano Ronaldo, que havia ficado de fora da última vitória da equipe fora de casa contra o Espanyol.

"Sabemos que um jogador pode cometer erros, mas eu foco especificamente no que ele pode contribuir para o grupo. As falhas fazem parte do jogo. Varane irá aprender e amadurecer com estes erros. Já Cristiano não me preocupa sua partida, foi importante e sempre será ter ele em campo. Não é uma preocupação quando ele deixa de marcar, eu quero mesmo é que ele vá recuperando aos poucos sua forma ideal", concluiu.

Visando manter a liderança da competição, o Real Madrid volta a campo no próximo sábado (24), quando visita o surpreendente Las Palmas, no Gran Canaria, atual quinto colocado, com nove pontos conquistados.