Barcelona recebe lanterna Granada de olho na liderança do Espanhol

Com o Trio MSN em alta, os catalães precisam, além de vencer, torcer por tropeços de Sevilla e Real Madrid para assumir a ponta

Barcelona recebe lanterna Granada de olho na liderança do Espanhol
Barcelona
Granada
Barcelona: Ter Stegen; Sergi Roberto, Mascherano, Umtiti, Digne; Rakitic, Busquets, Rafinha; Messi, Suárez, Neymar.
Granada: Ochoa; Tito, Vezo, Lombán, Saunier, Gabriel Silva; Cuenca, Angban, Uche, Pereira; Ponce.
ÁRBITRO: Juan Martínez Munuera.
INCIDENCIAS: Partida válida pela 10ª rodada da La Liga 2016/17. Realizada no Estádio Camp Nou, em Barcelona, na Espanha.

Por mais uma rodada a briga pela liderança será agitada nos gramados espanhóis. Na tarde deste sábado (29), o Barcelona recebe o Granada no Camp Nou às 16h45, podendo assumir a primeira colocação da Liga, e torcendo por resultados negativos de Real Madrid e Sevilla, que serão visitantes nesta rodada.

Encarar o lanterna da competição é o que o Barcelona mais precisava neste momento da temporada. Na última rodada, a equipe conquistou uma vitória heróica no Mestalla diante do Valencia, com direito a muitas polêmicas que se extenderam durante toda a semana na Espanha.

Se o grande desempenho da equipe não fosse o bastante para empolgar a torcida catalã, o histórico frente ao clube da Andaluzia deixa o duelo ainda mais interessante. Nas últimas três partidas entre as equipes, realizadas no Camp Nou, foram três goleadas do Barça: 4 a 0 na temporada 2013/14; 6 a 0 na temporada seguinte; e novamente 4 a 0 em janeiro deste ano.

A vida do Granada na elite do futebol espanhol nunca foi fácil. São seis temporadas de uma intensa luta pela permanência. Neste início de jornada entretanto, a equipe rojiblanca têm sofrido com o fraco desempenho dentro de campo. Em nove rodadas foram três empates e seis derrotas, incluindo uma goleada vexatória de 7 a 1 sofrida no Vicente Calderón para o Atlético de Madrid, logo na estreia do atual comandante da equipe, Lucas Alcaraz.

Luis Enrique minimiza polêmicas e quer foco no duelo frente ao Granada

A entrevista coletiva de Luis Enrique nesta sexta-feira (28) foi dividida praticamente entre dois temas distintos: a partida deste sábado, obviamente, e asla de Iniesta no hay que comentarla, la de Mathieu es muscular, Alba también... decidle a un equipo que no tenga lesionados. Máxime con este calendario. Intentamos cuidarlos, pero hay muchos partidos y muchos viajes". polêmicas adquiridas no Mestalla na semana passada e as rusgas entre a diretoria do clube catalão com a alta cúpula da Liga. Sobre o duelo, Luis projetou uma partida complicada e falou também sobre os desfalques.

"Tem certas circunstâncias que acontecem apenas com a nossa equipe. Com a mudança no comando téncnico do adversário, tivemos poucas partidas para analisar o desempenho deles com Alcaraz. Temos que buscar defender de uma maneira mais compacta. Ter menos transições. Jogaremos em casa e vamos tentar manter a posse de bola, gerar o máximo possível de chances de gols e evitar que a partida se complique", falou Luis.

"Sobre a ausência de Iniesta não há o que comentar; o problema de Mathieu é muscular; o de Alba também. É difícil encontrar um elenco onde não há atletas lesionados. Ainda mais com o calendário que temos. Tentamos cuidar da melhor maneira possível, mas há muitas partidas e muitas viagens em um curto prazo de tempo", ressaltou.

Se a vitória na última rodada serviu para aumentar a confiança da equipe, a comemoração do gol que garantiu os três pontos causou muitos problemas à equipe catalã. Após Messi marcar de pênalti o gol decisivo, os atletas comemoraram muito em frente a torcida adversária. O resultado? Uma garrafada atirada em direção a Neymar e muita confusão gerada. Dias depois, quando a polêmica parecia ter tido seu fim, o presidente da Liga, Javier Tebas criticou a reação dos jogadores do Barça.

A diretoria do clube catalão pediu punição ao mandatário junto ao Tribunal Desportivo da Espanha (TAD)

"Sobre esse tema eu já me pronunciei. Apoio o comunicado do clube, não tenho mais nada para comentar. Me interessa focar na partida contra o Granada. Estamos cansados com a infinidade de polêmicas que aparecem, esta é apenas mais uma", concluiu.

Momento em que a garrafa atirada pelos torcedores do Valencia atinge Neymar e Suárez (Foto: NurPhoto/ Getty Images)
Momento em que a garrafa atirada pelos torcedores do Valencia atinge Neymar e Suárez (Foto: NurPhoto/ Getty Images)

Lucas Alcaraz e sua estratégia de encarar o Barça com cinco defensores

Assumir o comando do lanterna de uma competição em andamento nunca é uma tarefa fácil. Agora, em três partidas ter que enfrentar Atlético de Madrid e Barcelona, torna essa misão ainda mais complicada. Essa é a sequência encarar por Lucas Alcaraz no banco do Granada deste o duelo frente os colchoneros. Na rodada passada a equipe ainda perdeu uma boa oportunidade de conquistar os três pontos, em casa diante do Sporting Gijón.

"Poucas equipes jogam no Camp Nou da mesma maneira que atuam em outros estádios. É muito provável que durante a partida alterne a defesa de quatro defensores para uma de três com laterais mais recuados. Sete ou oito equipes da Liga estão fazendo isso, e estou acostumado a jogar assim, pois fazia muito isso no Levante. Muitas equipes da última Eurocopa fizeram isso. Vamos realizar isso independentemente do resultado e de como a partida irá se encaminhar", revelou o comandante.

"Temos que focar no nosso desempenho, pensar em nosso trabalho, apresentar um bom futebol em todas as áreas e ter personalidade nas nossas ações ofensivas e defensivas. É desta maneira e com esse pensamento que iremos entrar no gramado do Camp Nou", finalizou.

(Foto: Manuel Queimadelos Alonso/ Getty Images)
(Foto: Manuel Queimadelos Alonso/ Getty Images)