Empatados em pontos, Lyon e Monaco disputam última vaga direta à Champions League

Equipe visitante é a atual vice-líder da competição mas precisa sair do Stade des Lumieres com pelo menos um empate para manter a posição

Empatados em pontos, Lyon e Monaco disputam última vaga direta à Champions League
Foto: Valery Hache/AFP/Getty Images
Lyon
Monaco
Lyon: lopes; jallet, yanga-m'biwa, umtiti, morel; gonalons, dader, ferri; ghezzal, cornet, lacazette. técnico: bruno génésio
Monaco: subasic; jemerson, wallace, ricardo carvalho, elderson; joão toulalan, bakayoko, bernardo silva; lemar, hélder costa, vágner love. técnico: leonardo jardim
ÁRBITRO: ruddy buquet (fra)
INCIDENCIAS: jogo válido pela rodada 37 da ligue 1, a ser realizado no stade des lumieres, lyon

Lyon e Monaco se enfrentam neste sábado (7), às 16h (horário de Brasília). A partida, válida pela rodada 37 da Ligue 1, penúltima do campeonato, coloca frente a frente o vice-líder e o terceiro colocado do campeonato, em busca da vaga direta para a Champions League 2016/17, dada ao segundo lugar da competição.

A partida coloca, frente a frente também, duas equipes fortes em pontos diferentes. Excluindo-se o PSG de todas as estatísticas, devido à grande dominância do time parisiense frente aos concorrentes, Lyon é o melhor mandante e o Monaco é o melhor visitante da Ligue 1.

Em seu novo estádio, construído para a Eurocopa 2016, o Lyon tem a segunda melhor campanha como mandante, com 11 vitórias, quatro empates e três derrotas. Já o Monaco é o segundo melhor visitante da Ligue com, com sete vitórias, oito empates e três derrotas.

A expectativa para a partida é de um Lyon dominante, observando-se as estatísticas. Além de ser o segundo melhor mandante do campeonato, excluindo-se o PSG, o time de Lyon tem a maior média de posse de bola do campeonato, com porcentagem de 58,7, além da maior média de chutes a gol por jogo, com 14,6.

O momento também está do lado do time da casa. A equipe de Bruno Génésio estava a dez pontos de distância do Monaco, que estava em segundo lugar em fevereiro, conseguindo ultrapassar a equipe do principado. Além disso, nos últimos nove jogos, o Lyon venceu sete e empatou dois, enquanto o Monaco ganhou apenas três partidas no mesmo período.

Lyon busca não sentir pressão frente a jogo decisivo

O Lyon vem em ótima forma na Ligue 1. As últimas partidas credenciam a equipe do Stade des Lumieres a conseguir a vaga direta para a Champions League, tendo ainda duas partidas por disputar.

Apesar das possíveis vantagens que o time de Bruno Génésio parece ter no jogo, a equipe vai estar desfalcada. Correntin Tolisso, jovem meia central, está suspenso. Ainda, o meia Valbuena voltou aos treinos mas provavelmente não participará da partida. Além deles, Fofana também está de fora, este com lesão grave já a algum tempo.

Ainda assim, a equipe da casa irá forte para a partida. Com um provável público de 60.000 pessoas nas arquibancadas, Henri Bedimo, lateral-esquerdo do Lyon, em entrevista ao site oficial do clube, disse que não há pressão para a partida.

“Monaco vai nos deixar ter a bola. Temos de estar alertas porque eles são muito rápidos no contra-ataque. Nosso elenco está acostumado a jogar por uma coisa grande no final da temporada. Não existe stress apesar de sabermos que será um jogo difícil.”, apontou o camaronês.

Confiança é a palavra-chave no Monaco para terminar bem a Ligue 1

O Monaco apresentou pontos de inconstância durante todo o campeonato. O time demorou a engrenar com Leonardo Jardim mas parece ter se consolidado na parte final da temporada e agora busca a classificação direta à Champions League, o que não aconteceu na temporada passada.

Para a partida contra o Lyon, a equipe do principado terá três brasileiros no time titular. Jemerson atuará na lateral-direita, Wallace na zaga e Vágner Love no comando de ataque. Apesar disso, Fabinho está suspenso e João Moutinho não se recuperou a tempo de lesão. Por outro lado, Toulalan se recuperou e pode figurar entre os titulares de Leonardo Jardim.

A partida é decisiva mas, ainda assim, sobra confiança pelo lado do Monaco. Quem afirma isso, em entrevista ao site do Monaco, é o goleiro Subasic.

“Contra o Lyon, temos de ser sólidos do primeiro ao último segundo. Vai ser uma partida importante. Podemos vencer qualquer um na Ligue 1. Mostramos isso no Parc des Princes contra o Paris Saint-Germain.”, afirmou o goleiro.