Lorient derrota Lyon com gol solitário e deixa zona de rebaixamento da Ligue 1

Jimmy Cabot marcou um golaço e garantiu a segunda vitória do Lorient na competição; desfalcado, Lyon sofre terceira derrota e começa mal o campeonato francês

Lorient derrota Lyon com gol solitário e deixa zona de rebaixamento da Ligue 1
Foto: Loic Venance/AFP/Getty Images
Lorient
1 0
Lyon
Lorient: Lecomte; Ciani, Moreira, Touré, Le Goff; Bellugou (Ben Khemis, min. 71), Mvuemba (Mesloub, min. 71), Miguel Cafú, Barthelmé, Cabot; Moukandjo (Waris, intervalo).
Lyon: Lopes; Morel, Mammana, Yanga-Mbiwa; Rafael (Kemen, min. 38), Toussart, Rybus (Ghezzal, min. 65), Tolisso, Ferri; Valbuena; Fekir (Cornet, min. 74).
Placar: 1 a 0, cabot (min. 51)
ÁRBITRO: Mikael Lesage (FRA). Cartões Amarelos: Cabot (min. 63), valbuena (min. 82) e Cafú (min. 80)
INCIDENCIAS: Partida válida pela sétima rodada da Ligue 1, temporada 2016/17. Realizada no Stade Yves Allainmat - Le Moustoir, em Lorient.

A zebra passeou mais uma vez na Ligue 1. Após a derrota do PSG na abertura da sétima rodada, o Lorient venceu o Lyon por 1 a 0, neste sábado (24), e deixou a lanterna da competição. Jimmy Cabot marcou o único gol do jogo, que garantiu o triunfo do até então último colocado.

O resultado positivo no Stade du Moustoir tirou o Lorient da zona de rebaixamento. A equipe subiu para a 14ª colocação com seis pontos. É a segunda vitória dos Merlus nesta temporada, iniciando uma reação. O Lyon perdeu a terceira na Ligue 1. Os Gones jogaram com vários desfalques e podem ser ultrapassados na tabela de classificação dependendo dos resultados dos adversários, pois seguem com os mesmos 10 pontos que iniciaram essa sétima rodada.

Na terça-feira (27), o Lyon terá o Sevilla pela frente. O jogo será válido pela segunda rodada da fase de grupos da Uefa Champions League. No final de semana, o time terá pela frente o rival Saint-Étienne no maior clássico da França. O Lorient pega o Nice, de Balotelli, também no domingo (2).

Lyon é ofensivo, pressiona, mas passa em branco no primeiro tempo

As duas equipes começaram o jogo com muita intensidade, cada um com seus objetivos. O Lyon trocava passes, ficava com a posse a maior parte do tempo. Do outro lado, o Lorient apostava nos contra-ataques quando conseguia recuperar a posse. Emanuel Mammana arriscou chute de fora da área e mandou pela linha de fundo.

A resposta do time da casa veio com Zargo Touré, que soltou a bomba de longe e obrigou Anthony Lopes a mandar para escanteio. No minuto seguinte, Rybus recebeu na esquerda, driblou Moreira, levou para o meio e chutou rasteiro. Lecomte caiu atrasado, mas fez a defesa com a ponta dos dedos. Com o decorrer da partida, o Lorient perdeu a força e começou a ser passivo em relação ao domínio do Lyon. Os visitantes massacravam na posse de bola na metade da etapa inicial.

Insistindo, os Gones quase abriram o placar em uma jogada coletiva. Fekir acionou Tolisso em profundidade, o capitão finalizou pressionado por Lecomte, que fechou o ângulo. A bola passou na frente do gol, mas o baixinho Valbuena não conseguiu empurrar para as redes. Logo em seguida, Barthelme cruzou e Moukandjo cabeceou para fora.

O Lyon seguia assustando o time da casa. Fekir avançou pelo meio e chutou firme, o goleiro espalmou para frente. O rebote ficou com Valbuena, que soltou um tiro de fora da área e acertou o travessão. Fekir buscava o jogo, tentava resolver. Ele arrancou em diagonal e tocou por cobertura, mas Lecomte salvou com o peito.

Cabot marca belo gol e Lyon é incompetente na busca pelo empate

O Lorient voltou melhor para o segundo tempo e abriu o placar com um golaço: Barthelmé recebeu na esquerda e cruzou para a área, Cabot pegou de primeira e mandou no cantinho, sem chances para o goleiro. Com o gol, os mandantes se animaram e passaram a ocupar mais o campo de ataque. Uma jogada parecida aconteceu pouco depois: Barthelmé cruzou rasteiro, Moreira chutou, mas a bola pegou em Waris e foi para fora.

Do outro lado, Kemen avançou pela direita e bateu fechado, Lecomte pegou no canto. Aos poucos, o Lyon começou a se reencontrar no jogo. Após cobrança de falta afastada pela defesa, Nabil Fekir chutou com força e o goleiro do Lorient caiu no canto, espalmando para o lado; a defesa afastou em seguida. Os técnicos modificaram suas equipes para a reta final do jogo.

Aos 79 minutos, o OL teve duas ótimas chances para empatar. Ghezzal cobrou escanteio na segunda trave, Cornet cabeceou firme e Lecomte salvou com as duas mãos. Na segunda chance, Valbuena chutou de fora da área, colocado, mas o goleiro espalmou para escanteio.

O time da casa também perdeu boas chances. Barthelmé, que aproveitou vacilo da defesa e chutou com perigo, a bola passou ao lado da trave direita. Waris foi lançado em profundidade, entrou na área e chutou rasteiro, Lopes conseguiu impedir o gol com as pernas.