Vindo de derrota na Ligue 1, PSG visita Ludogorets buscando primeira vitória na Champions

Clube da capital francesa, acostumado a vitórias nos últimos anos, já foi derrotado duas vezes nesta edição Ligue 1; Emery tenta a vitória para não iniciar uma crise; Ludogorets tentará arrancar pontos do favorito

Vindo de derrota na Ligue 1, PSG visita Ludogorets buscando primeira vitória na Champions
Fotomontagem: VAVEL
Ludogorets
Paris Saint-Germain
Ludogorets: Stoyanov; Minev, Moţi, Palomino, Nataniel; Dyakov, Anicet; Misidjan, Marcelinho, Wanderson; Jonathan Cafú.
Paris Saint-Germain: Aréola; Aurier, Thiago Silva, Marquinhos, Maxwell; Krychowiak, Matuidi; Verratti, Lucas, Di María ; Cavani.
ÁRBITRO: Aréola; Aurier, Thiago Silva, Marquinhos, Maxwell; Krychowiak, Matuidi; Verratti, Lucas, Di María ; Cavani.
INCIDENCIAS: Partida válida pela segunda rodada do Grupo A da Uefa Champions League. A ser realizada no Estádio Nacional Vasil Levski, em Sofia.

O Estádio Nacional Vasil Levski será palco do confronto entre Ludogorets e Paris Saint-Germain, válido pela segunda rodada do embolado Grupo A da Uefa Champions League. Após empates em suas respectivas estreias, o time francês é o favorito diante dos búlgaros nesta quarta-feira (28). O pontapé inicial está marcado para às 15h45.

Se por um lado o PSG está pressionado pela derrota na sexta-feira (23) para o Toulouse por 2 a 0, o atual pentacampeão da Bulgária vive momento diferente. São nove jogos de invencibilidade. São seis vitórias e três empates nesse período. No Grupo A, todas as equipes estão empatadas com um ponto, um gol marcado e um sofrido.

Ludogorets quer aproveitar mal momento do adversário para surpreender

Georgi Dermendzhiev, técnico do Ludogorets, falou aos repórteres e analisou o confronto desta quarta-feira: “Temos uma chance contra o Paris, tenho certeza disso. Eles são um grande time, mas não temos medo deles. Claro que vamos respeitá-los, e vamos dar o nosso melhor. Ganhamos experiência e os jogadores já mostraram o seu potencial.”

Na pauta, a pergunta sobre os escorregos do adversário nos últimos jogos não faltou na entrevista. Dermendzhiev respondeu: “O fato de que eles perderam duas vezes e empataram uma vez na liga francesa não significa nada. Eles têm estrelas e poucos pontos fracos, mas tentaremos fazer o máximo dentro de nossas possibilidades. Paris ainda busca seu próprio estilo de jogo e o treinador precisa de tempo, mas ainda são uma equipe muito forte”, analisou.

O Ludogorets possui oito jogadores brasileiros em seu elenco. Cicinho (ex-Santos e Ponte Preta), Natanael (ex-Atlético-PR), Gustavo Campanharo (ex-Bragantino), Júnior Quixadá (ex-Ferroviário), Jonathan Cafú (ex-São Paulo) e Wanderson (ex-Portuguesa). Além de Marcelinho, que é brasileiro de Manacapuru, mas naturalizado búlgaro, e Lucas Sasha, naturalizado italiano.

Jonathan Cafú vem em boa fase da Bulgária. Marcou quatro gols nos últimos três jogos. No último jogo contra o Vereyam anotou dois tentos. Diante do Basel, pela primeira rodada da Champions, deixou o dele. Para o confronto contra o PSG, Cicinho será a ausência com uma lesão no tornozelo. O jogador Vitinha, com problema de joelho, também está fora.

Estádio Nacional Vasil Levski será palco do primeiro encontro entre essas equipes (Foto: Divulgação/PSG)

Turbulento: PSG tem inicio de temporada “atípico”

Unai Emery relacionou 21 jogadores, que viajaram para Sófia. Os dois principais desfalques são Hatem Ben Arfa e Jesé Rodriguez. O atacante ex-Nice não foi relacionado pela quinta vez seguida, mas desta vez há uma desculpa. Segundo nota oficial, Ben Arfa está com um problema na tíbia da perna esquerda. O espanhol está com o joelho direito machucado, após uma colisão no treinamento.

Thiago Silva, capitão do PSG, concedeu entrevista coletiva e falou sobre os tropeços da equipe nas últimas semanas: “Percebemos que não tivemos o inicio ideal na temporada. Mas eu sou o capitão e eu sei que temos as qualidades e as habilidades necessárias para sair dessa situação. No jogo anterior, empatamos em 1 a 1 com o Arsenal e agora estamos aqui para levar os três pontos de volta para casa. A atmosfera nas arquibancadas será quente. Nós respeitamos o Ludogorets, mas estamos aqui para ganhar.

O camisa 2 do PSG fará dupla com o compatriota Marquinhos. Thiago Silva falou a respeito de seu companheiro de zaga: “Ele é muito jovem e pode se tornar um dos melhores zagueiros. Eu tive a oportunidade de aprender com jogadores de classe mundial como Paolo Maldini e Alessandro Nesta no Milan. Eu estava sempre olhando seus conselhos e apoio. Agora eu tenho a oportunidade de fazer o mesmo com Marquinhos e torná-lo um jogador melhor.

O treinador Emery também participou da conferência e falou da situação do PSG na Liga dos Campeões: “Tudo começa novamente no grupo depois dos empates em 1 a 1 nos jogos anteriores. Amanhã será decisivo, pois após teremos mais quatro jogos e nosso objetivo é o primeiro lugar do grupo. Sou otimista e tenho fé nos jogadores. Veremos amanhã quem é a melhor equipe, espero um jogo muito difícil.

Atualmente, o PSG é o quarto colocado da Ligue 1 com 13 pontos. O primeiro colocado, o Nice de Balotelli, tem 17 pontos. A equipe da capital francesa já perdeu duas partidas no campeonato e empatou outra. A desconfiança sobre o trabalho de Emery está aumentando internamente.