Napoli visita Torino buscando vice-campeonato e vaga na fase de grupos da Champions

Equipe de Turim não tem mais nenhum objetivo a conquistar na temporada; por outro lado, partida é importante para os azzurri manterem a vice-liderança

Napoli visita Torino buscando vice-campeonato e vaga na fase de grupos da Champions
Arte: Hugo Alves/VAVEL Brasil
Torino
Napoli
Torino: Padelli; Bovo, Jansson, Gaston Silva; Zappacosta, Acquah, Vives, Benassi, Bruno Peres; Belotti, Martinez.
Napoli: Reina; Hysaj, Albiol, Koulibaly, Ghoulam; Allan, Jorginho, Hamsik; Callejon, Higuain, Mertens
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELA 37ª RODADA DA SERIE A 2015/2016, A SER DISPUTADA NO ESTADIO OLIMPICO DE TURIM

Na tarde deste domingo (8), o Napoli visita o Torino, às 15h45, no estádio Olímpico de Turim, em partida válida pela 37ª rodada da Serie A. Já sem condições de conquistar uma vaga para às competições europeias da próxima temporada e sem o risco do rebaixamento, os donos da casa apenas cumprem tabela, enquanto os visitantes precisam da vitória para não deixarem o vice-campeonato escapar.

Ocupando atualmente a décima colocação, com 45 pontos conquistados, o Toro chega para a partida sem preocupações ou pressão por resultados. O time vem empolgado após goleada por 5 a 1, em jogo contra a Udinese, fora de casa.

Por outro lado, o confronto terá um clima de decisão para os partenopei, que hoje estão com 76 pontos na tabela, apenas dois a mais que a rival Roma, que vem logo em seguida. A segunda colocação é importante porque dá vaga direta para a próxima Uefa Champions League. O time do sul da Itália vem de vitória por 2 a 1, em casa, contra a Atalanta.

As equipes vêm fazendo partidas muito equilibradas, e isso se prova ao olharmos os confrontos recentes. Nos últimos dez encontros, são quatro vitórias para il Granata, um empate e seis triunfos para o Napoli.

Ventura tem apenas uma dúvida para a partida

Mesmo sem mais nenhum objetivo no campeonato, o treinador Giampiero Ventura terá algumas baixas no elenco para a partida deste domingo. Tratam-se dos ainda lesionados Danilo, Fernando Avelar e Joel Obi. O técnico ainda tem dúvida quanto ao atacante Ciro Immobile, que estava machucado, mas pode figurar no banco de reservas.

“Temos de pensar apenas no Napoli: é um desafio muito difícil, porque eles não vão jogar pelo empate, mas também é muito estimulante. Frente ao Napoli não é fácil para ninguém. Mas o nosso objetivo, além de ganhar, é fazer com que os nossos jovens joguem contra uma formação de alto nível, tal como o Napoli”, disse o treinador, em coletiva de imprensa.

Napoli sem desfalques e motivado

Para a partida diante do Torino, o treinador Maurizio Sarri terá o privilégio de contar com todos seus jogadores. As únicas dúvidas do treinador são do lado esquerdo do campo, tanto para defesa quanto para o ataque. Sarri poderá escalar na lateral Ghoulam ou Strinic, e na ponta, Insgine ou Mertens

"Os próximos dois jogos são de igual importância, pois ambos valem três pontos. Eles são os jogos decisivos para o segundo lugar, que não vale a totalidade de nossa temporada. Temos sido bons, mas queremos ser extraordinários”, comentou o técnico, em entrevista coletiva.

Sarri também aproveitou para rasgar elogios ao adversário: "O Torino chegou ao final com um grande treinador, um dos melhores estrategistas atualmente em circulação. A equipe vale mais do que a sua posição atual na tabela. Estão muito motivados e mostraram contra a Udinese , então, temos de assegurar que estamos ainda mais motivados".