Berlusconi: “Depois de 30 anos, acho que chegou a hora de passar o controle do Milan”

Presidente deve vender 70% das ações do clube a um consórcio chinês nos próximos dias

Berlusconi: “Depois de 30 anos, acho que chegou a hora de passar o controle do Milan”
Berlusconi está no Milan desde 1986 (Foto: Divulgação/Milan)

O presidente do Milan, Silvio Berlusconi, afirmou nesta sexta-feira (27) que chegou o momento de vender a gremiação. Em entrevista à rádio italiana Tele Radio Più, o manda-chuva destacou que entregará o controle a quem possa injetar dinheiro no clube, a fim de recolocar os rossoneri ao topo da Europa.

Depois de 30 anos, acho que chegou o momento de passar o controle, mas quero deixar o Milan com quem saiba torná-lo protagonista na Itália e no mundo, alguém que se comprometa a colocar dinheiro no elenco todo ano”, disse.

LEIA MAIS: Aposentado, Abbiati critica últimas temporadas do Milan: "Falta vontade a alguns jogadores''

Após mais uma temporada melancólica, onde o time rossonero terminou a Serie A na sétima colocação e perdeu a final da Copa Itália para a Juventus, Berlusconi está negociando a venda de 70% das ações do clube (€ 700 milhões) a um consórcio chinês, que deve ser selado nos próximos dias. Rumores da imprensa italiana indicam o fechamento do acordo antes do dia 20 de junho.

Em 2016, Berlusconi comemorou 30 anos de Milan. Desde 1986 à frente da agremiação, conquistou cinco títulos da Uefa Champions League, oito scudetti, três Mundial de Clubes da Fifa e uma Copa Itália. Seu período é conhecido como a ‘era de ouro’ do Diavolo.

É estranho e difícil pensar no Milan sem Berlusconi depois de 30 anos de riquezas e sucessos. Mas se no final ele realmente vender o clube, eu acho que seria um ato que amor para um time que ele ama profundamente”, comentou o ex-jogador Paolo Maldini, que fez toda sua carreira no Milan e é um dos maiores ídolos do clube.

Caminhando para o terceiro ano consecutivo sem disputar nenhuma competição europeia, o Milan, sete vezes campeão da Champions League, não conquista um título de expressão desde a temporada 2010/11, quando venceu a Serie A.