Champions Cup 2016: Ainda em reconstrução, Milan inicia pré-temporada em solo americano

À espera de investimento de grupo chinês, Diavolo irá disputar torneio preparatório sem nenhum reforço para a próxima temporada

Champions Cup 2016: Ainda em reconstrução, Milan inicia pré-temporada em solo americano
(Fotomontagem: Rodrigo Rodrigues - Editoria de Arte/VAVEL)

Um dos maiores torneios de pré-temporada do futebol europeu, a International Champions Cup irá começar nesta sexta-feira (22) e terá a presença de 17 clubes – um da Austrália (Melbourne Victory) e 16 da Europa. Haverá jogos em 18 estádios diferentes espalhados por Austrália, China, Estados Unidos e Europa. Vice campeão da última edição na China – perdeu a decisão, nos pênaltis, para o Real Madrid –, o Milan, ao lado de Internazionale e Juventus, representará a Itália na Champions Cup.

Enquanto diretoria e representantes chineses buscam oficializar a venda de 100% das ações do Milan para um grupo da China, o técnico Vincenzo Montella encara o torneio visando uma melhor preparação para seus comandados. O problema, no entanto, é que os rossoneri trouxeram, até o momento, apenas o lateral-esquerdo Leonel Vangioni (estava acertado com o clube desde a última temporada) e o atacante Gianluca Lapadula como reforços.

De acordo com a imprensa italiana, a cúpula milanista aguarda a finalização do acordo com os investidores chineses para poder contratar novos jogadores. A assinatura do contrato deve ser oficializada entre os dias 25 e 31 deste mês de julho, segundo informações do jornal Corriere dello Sport. Assim, havendo grana à disposição, Adriano Galliani, diretor responsável pelas chegadas e saídas de jogadores no Milan, deve ir ao mercado mirando contratações pontuais para Montella.

Embora tenha caído de produção nos últimos jogos da temporada anterior, o meio-campista Giacomo Bonaventura será o principal jogador do Milan no torneio. Pouco conhecido fora da Itália – foi revelado pela Atalanta e depois rodou emprestado por Pergocrema e Padova –, o italiano, de 26 anos, chegou ao clube de Milão em setembro de 2014, no último dia da janela de transferências, e destoou em meio às "vacas magras". Sempre caindo pela esquerda, seja num trio de volantes, meias ou atacantes, o camisa 5 (nas últimas duas temporadas ele usava o número 28 nas costas) é ágil com a bola nos pés, cria espaços na defesa adversária e se destaca por seus dribles em velocidade. 'Jack' é a principal arma do Milan.

Assim como aconteceu com o inglês Jamey Vardy, um dos destaques do Leicester City na conquista da Premier League 2015/16, o ítalo-peruano Gianluca Lapadula só ganhou notoriedade no futebol depois de muitos anos de carreira. Durante a campanha do Pescara na Serie B italiana da última temporada, o atacante, hoje com 26 anos, balançou as redes 27 gols e terminou a competição como artilheiro. Seu instinto para superar os goleiros adversários e estufar as redes chamou a atenção de Juventus e Napoli, mas acabou que o Milan bateu a concorrência dos rivais e fechou com Lapadula. O jogador, contudo, não viajou com a delegação rossonera para os Estados Unidos e, assim, não participará da Champions Cup. Ele e o lateral-esquerdo Leonel Vangioni ficarão em Milão para aprimorar o condicionamento físico.

Vicenzo Montella chegou ao Milan após uma temporada melancólica, onde Sinisa Mihajlovic não caiu nas graças do presidente Silvio Berlusconi e acabou substituído por Cristian Brocchi na reta final da Serie A. Resultado: Milan termina o campeonato em sétimo e perde a final da Copa Itália para Juventus. Agora, Montella tem a tarefa de limpar a imagem dos rossoneri. Ainda sem grandes reforços, o ex-treinador de Fiorentina e Sampdoria deve usar o 4-3-3 como esquema base do Milan na Champions Cup: Donnarumma; Abate (De Sciglio), Paletta, Romagnoli, Antonelli (De Sciglio); Kucka, Montolivo, Bonaventura; Suso, Luiz Adriano, Niang (Ménez).

Tabela - Champions Cup
27/07 - Milan x Bayern (22h)
30/07 - Milan x Liverpool (23h)
03/08 - Milan x Chelsea (22h)

Foto: Divulgação/Milan
Foto: Divulgação/Milan