Com treinador novo, Palermo recebe invicto Napoli pela Serie A

Roberto De Zerbi comandará os rosaneri pela primeira vez na competição; Sarri deverá repetir a formação do Napoli da última partida

Com treinador novo, Palermo recebe invicto Napoli pela Serie A
Foto:Tullio M. Puglia/Getty Images
Palermo
Napoli
Palermo: Possavec; Rajkovic, Vitiello, Goldaniga; Alessami, Henrique, Gazzi, Hiljemark, Rispoli; Diamanti, Nestorovski. Técnico: Roberto De Zerbi.
Napoli: Reina; Hysaj, Koulibaly, Albiol, Ghoulam; Allan, Jorginho, Hamsík; Callejón, Mertens, Milik. Técnico: Maurizio Sarri.
ÁRBITRO: Davide Massa (ITA).
INCIDENCIAS: Partida válida pela terceira rodada da Serie A, a se realziada no estádio Renzo Barbera, em Palermo, na Itália.

Na tarde deste sábado (10), o Palermo recebe o Napoli, no estádio Renzo Barbera, em partida válida pela terceira rodada da Serie A. Ambas as equipes vêm de partidas contra os times da cidade de Milão. Os mandantes empataram na segunda rodada em 1 a 1 com a Internazionale, fora de casa. Já a equipe azzurra venceu o Milan, no San Paolo, pelo placar de 4 a 2.

Com duas rodadas do torneio já realizadas, o Palermo ocupa a 14° posição, tendo somado apenas um ponto. Já o Napoli está em 6°, com quatro pontos ganhos.  Os rosaneri farão sua segunda partida em casa no torneio, e buscam seu primeiro triunfo, já que na primeira rodada foram superados pelo Sassuolo pelo placar mínimo. Do mesmo modo, os partenopei farão sua segunda partida longe de Nápoles no campeonato, e miram a primeira vitória longe de seus domínios.

Nos últimos confrontos entre as duas equipes, vantagem para o Napoli. Dos 20 confrontos, nove triunfos para os azzurri, sete para o Palermo e quatro empates.

Palermo estreia novo comandante

Neste final de semana os Risaneros estreiam seu novo treinador. Roberto De Zerbi comandará a equipe da Sicília pela primeira vez na partida diante do Napoli. O treinador já terá problemas para escalar seus onze titulares, já que Robin Quaison, Michel Mornanella e Aleksandar Trajkovski estão lesionados e desfalcam a equipe.

Durante a coletiva de imprensa dessa sexta (9), o novo treinador falou sobre as dificuldades de montar seu primeiro time:

“Foi só ontem que eu fiz uma sessão de treinamentos importante, porque foi quando eu tive a maioria dos jogadores à disposição. Trabalhei sem grandes alterações. Agora no fim da semana vamos tentar fazer um bom jogo e dar uma ideia de imediato da organização correta e abordagem em campo.”

De Zerbi também rasgou elogios ao adversário: “Entraremos com humildade, porque sabemos quem vamos enfrentar, mas com um pouco de coragem, podemos nos esforçar para fazer mais. Eu acho Napoli é o adversário mais difícil para nós agora. Dito isto, você pode limitar o Napoli, você pode bloqueá-los. Eu penso sobre a minha equipe, mas isso não significa que você não pensa sobre o adversário”.

“No papel somos inferiores, mas o tom nem sempre reflete o que diz sobre o papel. Vamos precisar da ponta direita, recebendo a bola sem medo. Precisamos de 11 jogadores que querem ajudar uns aos outros”, finalizou.

Napoli deverá repetir a escalação da última partida

Buscando o tipo da tabela, os comandados de Maurizio Sarri deverão jogar no mesmo esquema e com as mesmas peças que venceram o Milan, na última partida. Os únicos desfalques para o embate são El Kaddouri e Vlad Chiriches.

O treinador napolitano falou sobre o adversário deste sábado, e sobre a repetição da escalação: “É um jogo que coloca perigos ocultos. Na última temporada, após os jogos internacionais, contra equipes do meio da tabela tivemos maus resultados muitas vezes. Eu li que o Napoli tem duas equipes, mas neste momento temos muito pouca oportunidade para rodar jogadores”.

Sarri também comentou sobre o treinador estreante, De Zerbi: "Vai ser um teste para ver se crescemos em um nível mental. De Zerbi parece ser um treinador com ideias que vão mandar sua equipe para o jogo com grande desejo, e nós temos que estar prontos para isso. Vai ser um desafio perigoso”, concluiu o técnico.