Decisivo em triunfo do Milan, Bacca minimiza polêmica com Montella: "Respeito suas escolhas"

Atacante começou jogo contra a Sampdoria no banco, mas entrou no segundo tempo e marcou o gol da vitória

Decisivo em triunfo do Milan, Bacca minimiza polêmica com Montella: "Respeito suas escolhas"
Montella brinca com Bacca após o triunfo ante a Sampdoria, no estádio Luigi Ferraris, em Gênova (Foto: Divulgação/Milan)

Destaque do Milan, o atacante Carlos Bacca teria entrado em atrito com o técnico Vincenzo Montella durante o treino da última quarta-feira (14), no centro de treinamento Milanello. Segundo a emissora Sky Sports Italia, o comandante estava exigindo que o jogador se movimentasse mais em campo para receber passes. Insatisfeito com o desempenho do camisa 70 durante a atividade, Montella iniciou o jogo contra a Sampdoria, nessa sexta-feira (16), em Gênova, pela quarta rodada da Serie A, com o colombiano no banco.

Bacca, porém, entrou no segundo tempo da partida, substituindo Gianluca Lapadula, e mostrou seu faro artilheiro: aos 85 minutos, recebeu de Suso e bateu de bico, no canto esquerdo do goleiro Viviano. O tento deu a vitória e os três pontos ao Milan. Após a partida, o atacante fugiu de polêmicas e tratou de colocar panos quentes no imbróglio com Montella.

Antes do treino, o técnico falou comigo e disse que Lapadula jogaria. Eu aceito e respeito suas escolhas”, minimizou Bacca, em entrevista à Milan TV. “Estou muito feliz pelo gol. Entrei para dar o meu melhor. Estou muito feliz de como iniciei [a temporada]”, celebrou o colombiano, que contabiliza quatro gols em quatro partidas nesta Serie A.

Bacca comemora o gol que fez o Milan voltar a vencer depois de revés para Napoli e Udinese (Foto: Divulgação/Milan)
Bacca comemora o gol que fez o Milan voltar a vencer depois de revés para Napoli e Udinese
(Foto: Divulgação/Milan)

Também à Milan TV, o técnico Montella exaltou atuação de Bacca e avisou que dará oportunidades a todos os atletas no decorrer da temporada. “Ele foi bem depois de saiu da reserva, assim como nas outras ocasiões que jogou bem desde o início. [Deixá-lo no banco] foi apenas opção. Meu objetivo é fazer todos os jogadores atuarem o máximo possível”, afirmou após o duelo com a Samp.

O Milan volta campo na terça-feira (20), às 15h45, para enfrentar a Lazio, no San Siro, em Milão, pela quinta rodada da liga italiana.