Napoli sai na frente do placar, leva susto do Bologna, mas Milik decide novamente

Napolitanos saem na frente, tomam empate e Milik sai do banco para dar a vitória no segundo tempo

Napoli sai na frente do placar, leva susto do Bologna, mas Milik decide novamente
(Foto: Getty Images)
Napoli
3 1
Bologna
Napoli: Reina; Hysaj, Albiol, Koulibaly, Strinic (Ghoulam); Zielinski, Jorginho (Allan), Hamsík; Callejón, Gabbiadini (Milik), Insigne.
Bologna: Da Costa; Kraft, Oikonomou, Gastaldello, Torosidis (Masina); Taider, Nagy (Donsah) , Dzemaili; Di Francesco, Verdi, Krejci (Rizzo).
Placar: 1-0, min. 14, Callejón. 1-1, min. 56, Verdi. 2-1, min. 67, Milik. 3-1, min. 78, Milik.
ÁRBITRO: Daniele Doveri (ITA) Cartões amarelos para: Taider (B) Cartões vermelhos para: Krafth (B)

Neste sábado (17), pela quarta rodada da Serie A, o Napoli venceu o Bologna por 3 a 1, inicialmente saindo na frente com Callejón, posteriormente tomando um susto com o empate de Verdi, e depois, com a entrada de Milik, veio a virada com dois gols do atacante polonês.

Com o resultado, o Napoli dorme na liderança da Serie A com dez pontos, dependendo dos resultados de Juventus e Roma, que jogam neste domingo (18), contra Inter e Fiorentina, respectivamente, para continuar nela. Já o Bologna permanece na nona posição, com seis pontos. Na próxima rodada, o Napoli vai ao Luigi Ferraris enfrentar o Genoa. Enquanto o Bologna receberá a Sampdoria em seus domínios.

Napoli joga futebol de qualidade e sai na frente com Callejón

O jogo começou com o Napoli propondo jogo, mas a primeira grande chance da partida foi do Bologna aos quatro minutos, quando Verdi aproveitou um rebote da defesa napolitana e chutou, mas Reina colocou pra escanteio. A partir daquele momento, só deu Napoli na partida. 

A primeira grande chance foi em chute de fora de Insigne, que passou perto e foi pra fora, aos 12 minutos. Mas em seguida, aos 14, Insigne tiraria um passe da cartola, e da esquerda, invertera o jogo para a direita, dentro da área, onde Callejón estava para cabecear e abrir o marcador para os napolitanos na partida.

Depois do gol, o Napoli praticamente não finalizou ao gol defendido por Da Costa, era só tocar a bola e controlar a posse da mesma, como se tivessem esperando o tempo passar, e fora assim até o apito final da primeira etapa.

Bologna assusta, mas Milik sai do banco e decide

No segundo tempo, o Napoli começou mais relaxado, enquanto o Bologna adiantou as linhas de marcação e procurou ir mais ao ataque. E deu resultado, quando aos 11 minutos, Verdi chutou forte de fora da área e marcou um belo gol, contando com a colaboração de Reina para empatar a partida para os comandados de Roberto Donadoni.

Isso fez Maurizio Sarri sacar suas armas do banco: colocou Milik no jogo. E logo aos 22 minutos, seis após entrar em campo, em seu primeiro toque na bola, dentro da área, mandou na saída do goleiro Da Costa, após receber passe longo de Hamsík, para colocar de novo os napolitanos na frente do marcador.

O Bologna tentava arriscar o empate, mas parava na defesa napolitana, e em um contra-ataque, aos 33 minutos, Milik recebeu de Allan, que havia acabado de entrar, e chutou da entrada da área com força, sem chances para o goleiro, e marcar o gol da vitória. O seu sexto em gol em cinco jogos na temporada pelos azzurri partenopei.

A vitória azzurra seria mais assegurada ainda com a expulsão de Krafth, zagueiro rossoblù que recebeu o cartão vermelho do árbitro Daniele Doveri aos 38 minutos, após fazer falta em Zielinski sendo o último homem da defesa. Com o apito final, festa da torcida napolitana pela liderança provisória da Serie A.