Bacca marca, Milan bate Lazio e mantém tabu de 26 anos

Com o triunfo por 2 a 0, time rossonero segue sem perder para os romanos em casa em jogos pela Serie A

Bacca marca, Milan bate Lazio e mantém tabu de 26 anos
Foto: Marco Luzzani/Getty Images
Milan
2 0
Lazio
Milan: Donnarumma; Calabria, Paletta, Romagnoli, De Sciglio; Kucka, Montolivo, Bonaventura (Honda, min. 82); Suso (Locatelli, min. 68), Bacca (Gómez, min. 87), Niang. Técnico: Vincenzo Montella.
Lazio: Strakosha; Bastos (Keita, min. 46), De Vrij, Radu; Basta, Parolo, Cataldi (Luis Alberto, min. 77), Milinkovic, Lulic; Djordjevic (Felipe Anderson, min. 46), Immobile. Técnico: Simone Inzaghi.
Placar: 1-0, min. 37, Bacca. 2-0, min. 74, Niang.
ÁRBITRO: Davide Massa (ITA). Cartões amarelos: Bastos (min. 46), Calabria (min. 62), De Vrij (min. 76).
INCIDENCIAS: Partida válida pela quinta rodada da Serie A, realizada no estádio San Siro, em Milão, na Itália.

O Milan venceu a Lazio, por 2 a 0, nesta terça-feira (20), em jogo que abriu a quinta rodada da Serie A. Os atacantes Carlos Bacca e M’Baye Niang marcaram os gols do duelo, no San Siro, em Milão. A vitória mantém um tabu de 26 anos a favor do Diavolo: desde 1990 que os rossoneri não sabem o que é perder para a equipe da capital jogando em seus domínios pela liga italiana.

Com o resultado, o Milan galga sete posições e dorme esta terça-feira na terceira colocação, com sete pontos – fica atrás apenas de Napoli (10) e Juventus (9), que jogam amanhã (21). Já a Lazio segue com sete pontos, mas cai para o sétimo lugar na classificação.

Na próxima rodada, o Milan terá um difícil compromisso contra a Fiorentina, em Florença, às 15h45 de domingo (25). A Lazio, por sua vez, recebe o Empoli, no Olímpico, também no domingo, mas às 10h. Ambos os jogos serão válidos pela sexta rodada da Serie A.

Bacca põe o Milan na frente

Embora estivesse desfalcada de Lucas Biglia, volante responsável por construir as jogadas no meio-campo, a Lazio foi quem ofereceu mais perigo no início de jogo. Logo aos dois minutos, Immobile fez o papel de pivô e escorou para Djordjevic pegar de primeira, mas Donnarumma defendeu. Depois, Milinkovic cabeceou firme e novamente o goleiro milanista fez a defesa.

O Milan, assim como nos últimos jogos, tinha dificuldades para criar oportunidades de gol. Porém, em saída de bola errada da Lazio, os rossoneri tiraram o zero do placar. Kucka interceptou passe no meio de campo, lançou Bacca e o atacante, de frente para o goleiro, não perdoou. Quinto gol do camisa 70 em cinco jogos – média de um tento por partida.

Antes do intervalo, Bonaventura teve duas chances de ampliar a vantagem do Milan. Na primeira, o meio-campista finalizou de canhota após boa jogada de Niang, mas parou nas mãos de Strakosha. Depois, foi a vez de a defesa evitar o gol do camisa 5 milanista.

Niang amplia e Milan consegue segunda vitória consecultiva

Na volta do intervalo, o técnico da Lazio, Simone Inzaghi, promoveu duas alterações na equipe para deixá-la mais ofensiva: saíram Djordjevic e Bastos; entraram Felipe Anderson e Keita, respectivamente. Com isso, a Lazio abdicou do 3-5-2 e passou a jogar no 4-2-3-1.

Jogando mais avançados, os visitantes tiveram a primeira boa chance no segundo tempo com Immobile, que arrematou de fora da área e a bola rumou à linha de fundo. O Milan respondeu com Niang, em boa finalização de fora da área, mas Strakosha segurou.

Aos 74 minutos, entretanto, o Milan marcou o segundo. Niang converteu penalidade – Radu colocou a mão na bola dentro da área – e ampliou a vantagem rossonera. Não fosse o goleiro Strakosha, os comandados de Vincenzo Montella teriam guardado o terceiro, minutos depois do gol de Niang. É que Kucka soltou um foguete em cobrança de falta e o arqueiro laziele se esticou todo para defender.

A Lazio ainda tentou reagir nos minutos finais com Keita. O atacante que entrou no início da segunda etapa buscava espaço e se movimentava bastante, mas parava em Donnarumma ou mandava a bola para fora. Immobile também perdeu um gol feito no último lance do duelo. No fim das contas, Milan venceu por 2 a 0 e conseguiu a segunda vitória seguida na Serie A.

Niang comemora após converter o pênalti (Foto: Marco Luzzani/Getty Images)
Niang comemora após converter cobrança de pênalti (Foto: Marco Luzzani/Getty Images)