Allegri desabafa e diz que goleada diante do Cagliari foi uma resposta às 'críticas excessivas'

Imprensa italiana não economizou ao comentar os últimos tropeços da Velha Senhora, pela UCL e no clássico perante a Internazionale

Allegri desabafa e diz que goleada diante do Cagliari foi uma resposta às 'críticas excessivas'
Allegri estava na mira da crítica esportiva local (Foto: Marco Bertorello/Getty Images)

Não demorou muito para a Velha Senhora retomar o caminho das vitórias. Em confronto válido pela quinta rodada da Serie A, a Juventus assumiu a liderança da competição em grande estilo, ao golear por 4 a 0 o recém-promovido Cagliari. Rugani, Daniel Alves, Higuaín e Lemina contra marcaram os tentos no Juventus Stadium.

Para Massimiliano Allegri, o resultado foi o suficiente para dar uma resposta às críticas exageradas relacionadas ao futebol da atual pentacampeã italiana, que havia tropeçado diante do Sevilla na estreia da fase de grupos da Uefa Champions League e no clássico contra a Internazionale, no último final de semana. 

"Fiquei satisfeito de voltar ao topo da classificação, e fizemos por merecer isso. Os rapazes fizeram uma partida praticamente perfeita, embora eles tenham diminuido o ritmo após abrir dois gols de diferença, em vez de buscar com um pouco mais de pressa o terceiro tento. Ainda assim, foi uma boa resposta as críticas em relação ao nosso desempenho contra a Inter, considerei muito exagerada as afirmações equivocadas que fizeram sobre o nosso time", declarou à Sky Sport Italia.

Substituído no intervalo, Allegri tranquilizou a todos ao falar da situação do goleiro Gianluigi Buffon, dizendo que o mesmo sofreu apenas 'uma batida'. Por fim, também citou sobre o início de temporada de Paulo Dybala. Artilheiro do time na jornada passada, a promessa argentina ainda não balançou as redes. "Substituto" de Pogba no setor de meio-campo, Miralem Pjanic foi elogiado por seu comandante.

"É preciso um pouco de tempo, não vamos tentar fingir que Pjanic só pode substituir Paul Pogba, eles são jogadores completamente diferentes com características físicas também distintas. Miralem perdeu nossas duas primeiras partidas, mas podem fazer muito bem esta função de um camisa 10 à moda antiga. E Dybala vem bem tecnicamente, só falta realmente marcar o primeiro gol para se soltar ainda mais. Mesmo assim estou contente com seu desempenho até então", concluiu.

De volta à primeira colocação da liga italiana, a Juventus defende sua posição no próximo sábado (24), quando visita o Palermo, no estádio Renzo Barbera.