Hamsík admite que Napoli sente falta de Milik: "É um jogador de classe mundial"

Ídolo do clube italiano falou sobre os recentes resultados ruins que a equipe vem conquistando, e lamentou a ausência do polonês

Hamsík admite que Napoli sente falta de Milik: "É um jogador de classe mundial"
Foto: Getty Images

O capitão do Napoli e da seleção Eslovaca, Marek Hamsík, concedeu entrevista coletiva após o treino de sua seleção para a data Fifa. O ídolo partenopeo falou da ausência que o polonês Arkadiusz Milik e de como ela vem prejudicando o Napoli.

“Definitivamente sentimos muita falta dele. Ele é um jogador de classe mundial. No entanto, todos os jogos tiveram sete ou oito oportunidades de gol que não aproveitamos. Temos de fazer melhor e ser mais precisos”, disse.

O atacante rompeu o ligamento cruzado do joelho na última data Fifa, jogando por sua seleção, e desde então quem vem lhe substituindo são o centroavante Manolo Gabbiadini, em má fase, e o ponta Dries Mertes, que pode também atuar como 'falso 9'. O Napoli passa por uma fase conturbada na Serie A, ocupando a sexta posição: "Nossos resultados recentes não foram os melhores, mas jogamos bem. Para as apresentações que fizemos, merecíamos mais pontos”.

Se o aproveitamento no campeonato italiano vem decaindo, a vaga na próxima fase da Uefa Champions League está bem encaminhada. A equipe do sul da Itália é líder do Grupo B, com se te pontos ganhos, e pode garantir a classificação na próxima rodada, mesmo sem Milik. A previsão de volta do atacante é apenas para o ano que vem, devido à gravidade da lesão.

Desde sua chegada, o polonês fez apenas nova partidas, sete pela Serie A e duas pela Champions League. Balançou as redes sete vezes e dividia, na época da lesão, a artilharia do clube na temporada com o espanhol José Maria Callejón.