Goleiro do Bologna, Mirante vence problema cardíaco e está liberado para jogar

Aos 33 anos, arqueiro sofreu uma arritmia cardíaca, ficando fora dos gramados por quase três meses

Goleiro do Bologna, Mirante vence problema cardíaco e está liberado para jogar
Foto: Divulgação/Bologna

No mês de agosto, o experiente goleiro Antonio Mirante, de 33 anos, passou pelo pior momento de sua carreira. O departamento médico do Bologna identificou uma arritmia cardíaca no jogador, que o afastou dos gramados por dois meses e meio. Porém, o arqueiro venceu a batalha e está pronto para voltar a defender o clube rossoblù novamente.

Em entrevista ao site TuttoBolognaWeb, Mirante comentou como foi o processo de recuperação, além de ter agradecido todo o apoio dos torcedores e de sua família. “Sim, é o fim de um pesadelo, um período anormal", desabafou Mirante. “Eu senti o amor dos fãs e o apoio do clube. Daí, eu imediatamente embarquei no caminho do otimismo, graças à ajuda das pessoas que estavam perto de mim. Obrigado por todas as mensagens, elas me deram força. Eu não caí em desespero, foi ótimo para receber tais palavras dos meus companheiros de equipe”.

O goleiro ainda explicou como foi duro passar todo esse tempo sem treinar: “Eu queria voltar mais cedo, queria ficar perto da equipe. Foi uma dor não treinar e tem adrenalina correndo através de mim. Hoje, estou feliz e podemos fechar este capítulo feio na minha vida”, relembrou Mirante, que continuou ao falar de todo o processo de voltar aos poucos a treinar.

Eu tive que fazer a preparação, eu não podia correr ou fazer trabalho de ginásio. Eu tive que reiniciar o meu corpo, por tanto, eu ainda não estou 100%, mas eu não posso pensar nisso, porque domingo é outra coisa completamente”, avaliou.

Por fim, Mirante disse que seu foco está no Bologna e se colocou à disposição do treinador Roberto Donadoni: “Agora, estou à disposição do treinador. Vamos ver como nos sentimos, mas não há nenhum problema. A coisa mais importante é o Bologna”, concluiu.

O Bologna volta a campo neste próximo domingo (20), em partida válida pela 13ª rodada da Serie A, quando irá enfrentar no estádio Renato Dall’Ara, o Palermo, que está na zona de rebaixamento. Há sete jogos sem vencer, o Bologna é o 15º colocado, com 13 pontos.