Nas graças da torcida do Milan, jovem Locatelli prega humildade: "Preciso melhorar muito"

Revelação das categorias de base rossonera, atleta de 18 anos já conquistou os torcedores com belas atuações e dois gols, mas não se ilude com boa fase

Nas graças da torcida do Milan, jovem Locatelli prega humildade: "Preciso melhorar muito"
Locatelli comemora gol marcado contra a Juventus, no San Siro (Foto: Marco Luzzani/Getty Images)

A grande revelação do Milan nesta temporada, Manuel Locatelli, concedeu uma entrevista, nesta sexta-feira (18), ao jornal italiano Gazzetta dello Sport e contou como está sua vida pessoal depois de passar do anonimato ao estrelato em pouquíssimo tempo. Após a grave lesão do capitão Riccardo Montolivo, o meio-campista de 18 anos assumiu o posto de titular da equipe e se tornou um dos queridinhos da torcida rossonera.

Locatelli revelou que o apoio de sua família é essencial para ele manter o equilíbrio. "Devo dizer obrigado à minha família, porque são eles que não me deixam perder a humildade. Quando eu era menor, não conseguia jogar sem o meu irmão que hoje joga na Série D. Além disso, tem a minha irmã que sempre me manda mensagens emocionantes que me motivam bastante", declarou. 

Locatelli contou também como foi inserido dentro do elenco e que o tão criticado Montolivo foi de muita importância na sua experiência. "A gestão de Montella comigo foi ótima, porque, primeiro, ele me convocou para alguns jogos, depois me deixou entrar em alguns jogos e a lesão do Montolivo só acelerou tudo. Ele só me diz pra fazer o que sei. Montolivo, para mim, foi um exemplo e modelo, assim como Pirlo. Objetivos? Pessoalmente, quero continuar assim e fazer com que o Milan volte à Europa", afirmou.  

O jovem do Milan destacou ainda a sua amizade com o outro fenômeno do time, o goleiro Gianluigi Donnarumma, com quem vem atuando desde as categorias de base. "Nos conhecemos bem jovens, somos amigos de verdade. Ele é um fenômeno. Juntos, trabalhamos e brincamos, pois temos muitas coisas em comum", ressaltou.

Por fim, Locatelli revelou que Silvio Berlusconi, que está para deixar a presidência do Milan após a oficialização dos chineses, o elogiou quando ainda estava na equipe de base e analisou friamente as suas atuações. "Berlusconi me impressionou mesmo. Quando estava no time juvenil, me elogiou depois de um jogo. Estou vivendo um sonho de verdade, mas existem diversas coisas em que posso melhorar. Por exemplo, todos falam bastante dos meus gols, mas contra a Juventus, cometi alguns erros que não poderia. Posso e devo melhorar fisicamente e na gestão da bola", concluiu.